O tutorial completo para um sexo anal sem traumas! - Mulheres Bem Resolvidas

Se você gostou desse Blog clique no +1:

O tutorial completo para um sexo anal sem traumas!

Você tem muitas dúvidas sobre sexo anal? Tem vontade de praticar, mas fica com medo de pôr em prática seus desejos?

Afinal, o sexo anal é doloroso ou muito prazeroso?

A resposta é: depende. O que você irá sentir na hora H depende totalmente da sua abordagem da situação. Por isso, estou aqui para dar todas as informações sobre sexo anal que você estava com muito medo de perguntar.

O texto de hoje é voltado para qualquer um que queira experimentar pela primeira vez ou qualquer pessoa que queira um sexo anal sem traumas. Vamos lá?

Afinal, o sexo anal é doloroso ou muito prazeroso? 

Mitos a serem quebrados

Pode haver muito medo em torno do sexo anal, e depois há os mitos que devem ser quebrados. Os filmes pornôs fazem um trabalho ruim sobre a prática, além de criarem falsas expectativas.

Nem todo mundo vai gostar de ter um pênis em sua primeira sessão anal. E não vou comentar sobre alguns outros extremos que são muitas vezes ridículos e irreais.

Por isso, se o sexo anal te intriga, então siga um passo a passo e vá muito devagar no começo. Eu tive experiências terríveis, bem como experiências anais maravilhosas que me levaram ao orgasmo. Por isso é possível experimentar algo fantástico quando se trata de sexo anal.

Algumas coisas que você precisa saber para ter um sexo anal sem traumas

A vantagem do anal para homens é a estimulação da próstata, uma zona erógena que se enche de fluido durante a excitação e, quando devidamente estimulada, pode aumentar e até mesmo precipitar um orgasmo. Algumas mulheres dizem que podem experimentar orgasmos de estimulação anal, porém, a maioria precisa de estimulação do clitóris.

Aliás, a pressão dentro do reto pode estimular as extremidades internas dos nervos clitorianos em algumas mulheres, levando-as ao clímax. Para outras, a excitação de explorar um novo território, além das reais sensações internas ou externas, podem ajudar a empurrá-las para a “beira do abismo”. 

Um estudo da Universidade de Indiana descobriu que as pessoas têm mais probabilidade de ter um orgasmo experimentando diferentes atos sexuais, incluindo sexo anal.

Para ter sexo anal sem traumas, é importante que você conheça seu próprio corpo.

O sexo anal pode ser mais divertido do que você imagina!

Antes de descartá-lo completamente, você deve saber que o ânus é uma zona erógena e, embora você possa pensar que não é natural, isso não é verdade.

Esta parte do corpo tem terminações nervosas suficientes para rivalizar com a vagina e o pênis. Estimular o ânus corretamente pode resultar em tanto prazer quanto os genitais.

Mas não será bagunçado?

Na primeira vez que você faz sexo anal, é comum se preocupar com a possibilidade de sofrer um acidente durante o processo. No entanto, desde que você tenha ido ao banheiro nas últimas 3 a 5 horas, pode presumir que seu reto ficará limpo.

E esses rumores sobre o jogo de bumbum fazendo você perder o controle de suas entranhas?

Não é verdade, pelo menos não há provas médicas de que isso aconteça.

No entanto, como todas as atividades que envolvem a troca de fluidos corporais, a higiene é de extrema importância. Por exemplo, sabão e água devem ser suficientes para lavar a pele do seu traseiro.

Dicas extras de higiene

Uma vez que o tempo de brincadeira rola ao redor, é aconselhável usar toalha escura em qualquer superfície que você vai fazer sexo anal. É crucial manter alguns lenços umedecidos ou uma toalha de papel molhado ao alcance.

Contanto que você tenha ido ao banheiro, limpado depois e não tenha feito nenhuma mudança radical em sua dieta nas últimas 24 horas, você provavelmente não terá nenhum acidente.

Todavia, se o sexo anal começar a ser uma parte regular do seu repertório, mais cedo ou mais tarde, isso pode acontecer. Afinal de contas, corpos são imprevisíveis. É por esse motivo que é importante ter anal apenas com alguém em quem você confia e com quem se pode comunicar.

Agora a parte divertida

Antes de inserir qualquer coisa – dedos, brinquedos sexuais, um pênis – no ânus, é recomendável pelo menos 10 a 15 minutos de preliminares. Pense: boquetes, relações sexuais, vibradores ou outros brinquedos.

A princípio faça algo que já é familiar e você sabe que ambos gostam. Quanto mais excitados estamos, mais relaxados ficam os músculos ao redor do ânus. Isso ajuda a ter um sexo anal sem traumas.

Toque, reproduza e aprenda

Para ter sexo anal sem traumas, é importante que você conheça seu próprio corpo. Antes de tudo, explore a área por conta própria, toque nela e experimente o terreno. Isso facilitará a penetração e também ajudará você a saber o que solicitar ao seu parceiro para obter o máximo prazer.

Para ter sexo anal sem traumas, é importante que você conheça seu próprio corpo.

Você pode não ter orgasmos da primeira vez

Tenha em mente que o objetivo de suas primeiras tentativas de ter sexo anal não deve ser sobre atingir o orgasmo (embora, se isso acontecer, melhor ainda).

Em vez disso, deve ser sobre experimentar, estabelecer confiança e garantir que todos estejam confortáveis.

Pare quando quiser, e lembre-se de que, aconteça o que acontecer, você nunca mais terá que fazer sexo anal se decidir que não é sua praia.

Não vai “esticar você”

Algumas pessoas se preocupam com o fato de que o sexo anal vai levar à incontinência, o que não é o caso. O ânus vai esticar para acomodar um pênis ou brinquedo sexual que entra e, em seguida, vai voltar ao normal.

Use preservativos

Mesmo se você estiver em um relacionamento monogâmico, os preservativos são uma boa ideia quando se trata de sexo anal. Por quê? Primeiramente, eles reduzem o atrito para fornecer uma entrada mais suave.

Segundo, uma vez que o tecido anal é frágil e suscetível à lesões microscópicas, fazer sexo anal sem preservativo pode fazer com que as bactérias que já estão no canal anal entrem na corrente sanguínea – o que não é bom. Use um preservativo separado para cada ato sexual (como se você estivesse indo do sexo vaginal para o sexo anal).

Tente um brinquedo

Os brinquedos podem ser uma ótima maneira de explorar a brincadeira anal. Mas não insira qualquer tipo de brinquedo! O Manual de Saúde Sexual Anal recomenda que, se você for inserir um objeto no ânus, certifique-se de que a forma é especialmente indicada para essa área.  

A ponta do brinquedo deve ser redonda e a base mais larga que o resto, como cones anais. Ao contrário do canal vaginal, que está fechado, o canal anal está aberto, e um brinquedo pode ficar preso em seu corpo! Não é algo que você queira explicar ao seu médico, né?

Experimentar um pequeno plug anal pode deixar seu corpo acostumado com a sensação de plenitude e deixar você determinar se é ou não prazeroso para você.

Sexo anal sem traumas: o guia definitivo! Tem vontade de praticar, mas fica com medo dos seus desejos? Esse tutorial vai te ajudar!

Lubrifique

Algo muito importante para saber sobre o seu ânus é que, ao contrário da sua vagina, ele não é autolubrificante. Todo aquele líquido escorregadio que reveste sua vagina quando você está excitada e faz o sexo ser ótimo, enquanto protege suas paredes vaginais, não está naturalmente presente durante o sexo anal.

Por isso, nunca subestime o poder da lubrificação, especialmente quando se trata de sexo anal. É por isso que é tão importante ter lubrificante para que o pênis deslize mais facilmente, proporcionando uma melhor experiência.

Tenha muito lubrificante à mão ao experimentar o sexo anal – mesmo se você estiver usando implementos menores, como brinquedos ou dedos. Isso fará com que tudo pareça muito melhor e seja muito mais seguro para o seu corpo. Apenas certifique-se, se você estiver usando preservativos, de que seu lubrificante é à base de água e não à base de óleo, que degrada o látex.

A posição é tudo

A posição sexual pode te ajudar a ter um sexo anal sem traumas. Tente uma posição que lhe dê tanto controle quanto possível – como sentar no colo do seu parceiro.

Muitos especialistas recomendam começar deitados de lado, viu?

Aliás, o estilo cachorrinho pode ser o mais fácil para a inserção, mas se seu parceiro não puder ver seu rosto, ele não será capaz de ver suas reações e avaliar como você está; e você não terá controle sobre a velocidade e profundidade de penetração.

Infecções vaginais

Outra coisa a prestar atenção é a obtenção de bactérias do seu reto em sua vagina. Há muitas bactérias que vivem na região, em um equilíbrio simbiótico, mas tênue.

Interromper o equilíbrio pode levar a infecções fúngicas. Além disso, bactérias anais em sua vagina podem resultar em uma infecção do trato urinário, que pode ser dolorosa e desagradável.

Em função disso, para garantir que você não compartilhe bactérias entre suas partes íntimas, limpe o implemento de inserção (dedo, pênis, brinquedo) entre os usos ou apenas troque os preservativos.

Sexo anal sem traumas: o guia definitivo! Tem vontade de praticar, mas fica com medo dos seus desejos? Esse tutorial vai te ajudar!

Sim, é possível ter orgasmos através do sexo anal

Anatomicamente falando, você pode ter um orgasmo tão intenso através do sexo anal quanto através do sexo vaginal. Durante a penetração anal, não apenas a próstata (no caso dos homens) é estimulada, mas também os nervos perineais e pudendos (que se conectam com o clitóris no caso das mulheres).

Sexo anal não faz mal se você fizer certo

Você deve estar relaxada! Isso é essencial para ajudar os músculos anais e o esfíncter a relaxar. O mais importante é ter certeza de que você quer fazer isso de antemão e não se sentir pressionada a fazê-lo.

Com toda a certeza, a masturbação, o uso de preservativos, lubrificantes e o uso de alguns brinquedos especiais ajudarão a ter um sexo anal sem traumas (e mais seguro).

Se causar dor, duas coisas podem estar acontecendo: ou você está muito tensa, ou há uma lesão dentro do ânus ou reto. Nesse caso, é melhor ficar calma, pedir para o parceiro retirar o pênis ou o brinquedo e tentar novamente em outro momento.

Vá lentamente

Primeiramente comece com o toque. Se a sensação não te incomodar, peça que seu parceiro continue inserindo um dedo pouco a pouco.

Por exemplo, um brinquedo como um plug anal pode ser um bom acessório para experimentar a sensação de algo maior antes de inserir o pênis.

Uma vez que você está acostumada com a sensação, peça que ele insira cuidadosamente o pênis. Evite ir muito rápido na primeira vez para não causar dor. Se isso acontecer, permaneça calma e peça para ele retirá-lo lentamente.

Se você se sentir à vontade para repetir a experiência, descobrirá que ela se tornará gradualmente mais fácil, já que, em última análise, tudo se resume a se acostumar com a sensação e treinar o músculo. Com isso, você terá um sexo anal sem traumas.

Sexo anal sem traumas: o guia definitivo! Tem vontade de praticar, mas fica com medo dos seus desejos? Esse tutorial vai te ajudar!

Se doer, pare! 

Algumas novas sensações são esperadas – muitas mulheres dizem que parece que precisam fazer cocô, ou como um sentimento primal de pressão. Entretanto, como qualquer outro ato sexual, se as coisas começarem a doer de um jeito que não seja mais divertido, você deve parar.

Lesões do sexo anal são possíveis, mas super raras.

A dor geralmente vem de fissuras anais ou pequenas lágrimas no tecido ao redor do ânus, que é muito fino e delicado. Uma boa maneira de remediar isso é usar muitos lubrificantes e começar com objetos menores, em vez de grandes.

Você pode sangrar um pouco 

Se você está sangrando profusamente ou persistentemente (por mais de uma hora), você deve ligar para um médico. Mas um pouco de sangue durante a brincadeira anal ou sexo não é anormal.

O motivo mais comum para o sangramento depois do sexo anal são as lágrimas anais, pequenas fissuras no delicado tecido do canal anal.

Antes que você surte com o pensamento de “lágrimas anais”, saiba que a maioria delas é tão pequena que você nem vai senti-las, e muitas delas não produzem sangue algum. Mas, como flocos de neve, não há duas lágrimas anais iguais, então a sua pode sangrar um pouco. Elas devem se curar dentro de alguns dias, e podem causar um leve desconforto.

Outra causa muito comum é uma hemorroida que você não sabia que tinha. Isso é um pouco mais alarmante, porque uma hemorroida contém um monte de sangue dentro dela. Você provavelmente sentirá algum nível de desconforto ou dor se você tiver uma; e se ela explodir, você definitivamente verá algum sangramento que deve desaparecer dentro de alguns dias.

Você vai querer ser vocal durante este processo

Mesmo que você seja normalmente muito quieto durante o sexo, este é um momento em que você vai querer falar – especialmente a primeira vez que você o experimenta com um novo parceiro.

Diga-lhe se estiver indo muito rápido ou muito devagar, se você sentir que está prestes a fazer cocô, ou se estiver sentindo dor/ desconforto. Além disso, diga-lhe se é bom! Se você está se sentindo nervosa, é provável que seu parceiro também esteja.

Para ter sexo anal sem traumas, é importante que você conheça seu próprio corpo.

Lance outra estimulação na mistura

Os fabricantes não fazem aqueles brinquedos sexuais de aparência selvagem e tridimensionais para nada. Uma vez que você esteja no ritmo das coisas, acrescente alguma estimulação do clitóris, alguma estimulação vaginal, ou todos os três.

Além do mais, algumas mulheres dizem que esta combinação parece superestimular da melhor maneira.

Em qualquer caso, a maioria das mulheres precisar de alguma combinação de estimulação ao orgasmo é totalmente subjetiva. Mas não é divertido aprender coisas novas sobre seus próprios orgasmos?

Sobre higiene

Sempre tente lavar antes do sexo anal (tanto o pênis quanto o ânus). Use sabão para a área genital e evite usar perfumes, pois eles podem secar a área e promover infecções!

Algumas pessoas preferem se preparar melhor, o que pode envolver duchas anais, enemas e esvaziamento do reto. Esvaziar os intestinos, usar um ducha ou enema e ter lenços à mão são apenas algumas maneiras de tornar o sexo anal um pouco mais limpo.

Uma dieta melhor pode fazer toda a diferença no sexo anal

Uma dieta rica em fibras não apenas melhorará os movimentos intestinais, como também manterá a área mais limpa.

Evite comer alimentos que possam causar dor ao ir ao banheiro ou durante a penetração.A comida leva de 16 a 30 horas para chegar ao final do trato digestivo, então você pode evitar certos alimentos por um dia ou mais antes do ato.

O sexo anal deve ser consensual

A boa comunicação e a confiança estabelecida entre os parceiros ajudarão a ter um sexo anal sem traumas, tão bom e prazeroso quanto qualquer outro ato sexual. Se você não gostar, conte ao seu parceiro e descubra o que realmente satisfaz os dois!

Sexo anal sem traumas: o guia definitivo!

Cuidados 

O sexo anal não é restrito apenas a inserir um pênis no reto de alguém. Ele engloba uma variedade de comportamentos potencialmente prazerosos, desde massagens até contato oral ou apenas pressão manual externa.

Se a brincadeira anal é algo que você quer tentar, converse com seu parceiro em um ambiente sobre como começar – e use essas dicas como um guia. Se você não estiver envolvida, não se sinta pressionada.

Lembre-se sempre de se comunicar claramente com o seu parceiro e nunca diga sim a qualquer coisa que você não queira fazer, mesmo que seja algo que você tenha tentado no passado.

A prática pode ser altamente prazerosa se for feita com muito cuidado e ritmo adequado.

Tenha a coragem de falar sobre isso com o seu parceiro, use muito lubrificante e divirta-se experimentando! Você pode ter um sexo anal sem traumas e encontrar um tesouro de orgasmos anais esperando por você!

Gostou das dicas? Que tal colocá-las em prática? Ficou com mais alguma dúvida? Então fique ligada no blog e leia outros textos sobre sexo, autoestima e relacionamentos.

Beijo!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 avaliações, média: 5,00 de 5)