O que é pompoarismo, de onde ele surgiu e como praticar os exercícios? Hoje você vai ter as respostas destas perguntas e muito mais.

Aqui você vai ter acesso a um guia completo com tudo o que você precisa saber para começar a praticar os exercícios da ginástica íntima do jeito certo, fortalecer a sua região íntima e ter muito mais prazer na cama e ainda colher todos os benefícios que esta prática pode trazer para a sua saúde. Confira!

Aula de Pompoarismo para Iniciantes

Saiba como ter mais prazer na cama e surpreenda o seu parceiro. Clique aqui!

Nesse artigo você vai aprender:

  • O que é Pompoarismo?
    • Como Funciona o Pompoarismo?
    • Exercícios de Kegel
  • 18 Benefícios do Pompoarismo para o Prazer Seuxual e a Saúde da Mulher
    • Benefícios do pompoarismo para a saúde
    • Benefícios do pompoarismo para o sexo
  • Livro de pompoarismo
  • Como fazer pompoarismo?
    • Técnicas De Pompoarismo Para Fazer Em 15 Minutos
    • Movimentos do pompoarismo na hora do sexo
    • Exercícios para praticar em casa
      Respiração
    • Acessórios para os exercícios de Pompoarismo
  • Mitos e verdades
  • Pompoarismo e a Flacidez vaginal
  • Músculo pubococcígeo e o Pompoarismo (Ginástica Íntima)
  • Por que é importante praticar Pompoarismo (Ginástica Íntima)?
  • Quem pode praticar Pompoarismo (Ginástica Íntima)?
  • Perinoplastia e pompoar
  • Vídeos de Pompoarismo
  • Origem do pompoarismo e pompoarismo no Brasil
  • Como participar do curso de Pompoarismo da Cátia Damasceno

O que é Pompoarismo?

O pompoarismo, também conhecido como ginástica íntima ou Exercícios de Kegel,  é uma técnica de exercícios com contração e relaxamento do canal vaginal que proporciona o fortalecimento da musculatura pélvica e traz diversos benefícios para a mulher.

Os músculos exercitados são os do assoalho pélvico, que sustentam alguns órgãos internos do baixo ventre, como a bexiga, a uretra, o útero e o reto. O canal vaginal é um músculo e, como qualquer outro do nosso corpo, tem o fluxo sanguíneo estimulado no local quando exercitado. A ginástica íntima funciona assim: você contrai e relaxa o músculo do canal vaginal em movimentos repetidos por um tempo determinado.

A maioria das mulheres procura o pompoarismo exatamente em busca da melhora no desempenho sexual.

Entretanto, existem outros benefícios como: aumenta a libido e desejo; facilita o orgasmo, tanto para mulheres que sentem dificuldade como para aquelas que relatam que nunca tiveram um orgasmo; evita a flacidez vaginal, fazendo com que a mulher se sinta mais apertadinha; ajuda na questão da lubrificação vaginal; reduz os sintomas da menopausa; ameniza as cólicas menstruais e até mesmo o período menstrual.

Além de tratar e prevenir problemas ginecológicos como: infecções, incontinência urinária, vaginismo… Enfim, a prática regula toda a sua saúde íntima.

Eu recomendo a prática do pompoarismo para todas as mulheres, desde o início da vida sexual até após a menopausa. Como praticante desta técnica, vi melhorias importantes na minha saúde e, principalmente, na minha sexualidade. Minha vida mudou com o pompoarismo, você está pronta para mudar a sua?

Como Funciona o Pompoarismo?

Agora, você deve estar curiosíssima para saber como fazer pompoarismo de fato, acertei? Neste ponto, preciso fazer um alerta muito importante: tome cuidado para aprender técnicas apenas com profissionais que realmente entendam sobre o assunto.

Eu, por exemplo, sou fisioterapeuta e estudei sobre anatomia e fisiologia humana, portanto, sou capaz de indicar exercícios que vão fazer bem de verdade à sua saúde.

Infelizmente, vemos por aí muitas pessoas dando indicações até mesmo erradas, que podem prejudicar seu corpo e fazer você perder sua confiança nesta prática que pode ser tão importante. O mais recomendado, inclusive, é que você faça um curso de pompoarismo, para aprender tudo certinho. Mas, para que você possa começar a testar alguns exercícios em casa, vou indicar um passo a passo para iniciantes, sem a utilização de acessórios. 

Pompoarismo: Exercícios de Kegel

Os “exercícios de Kegel” e pompoarismo (ou ginástica íntima) são a mesma coisa. Também é conhecido com este nome por causa do ginecologista americano Arnold Kegel, que descobriu os benefícios de aplicar a técnica para várias questões da saúde da mulher, ele criou uma série de exercícios específicos e bem detalhados na década de 1940 com o objetivo de diminuir as cirurgias associadas à flacidez dos músculos do assoalho pélvico.

A técnica, hoje também conhecida como pompoarismo, consiste em contração e relaxamento repetitivo dos músculos da região pélvica feminina.

Mais a frente, vou ensinar alguns exercícios fáceis para você colocar essa prática na sua rotina!

Eu recomendo a prática do pompoarismo para todas as mulheres, desde o início da vida sexual até após a menopausa. Como praticante desta técnica, vi melhorias importantes na minha saúde e, principalmente, na minha sexualidade. Minha vida mudou com o pompoarismo, você está pronta para mudar a sua?

pompoarismo

18 Benefícios do Pompoarismo para a Saúde da Mulher

Se você é pompoarista assim como eu, você já deve ter uma listinha pronta bem extensa de benefícios do pompoarismo para exibir por aí.  Porque só quem pratica os exercícios de ginástica íntima sabe o tanto de coisa boa que ele trás para nossa saúde, vida sexual e autoestima.

É um exercício maravilhoso, que você pode fazer em qualquer hora e em qualquer local, sem precisar de muito espaço e nem roupa específica, você só precisa de você mesma confortável e relaxadinha para alguns minutinhos de treino. É ou não é maravilhoso?

E, ainda tem mulher que consegue arranjar desculpas para não acrescentar à sua rotina os exercícios de pompoarismo.

Se você faz parte do grupo das procrastinadoras, que fica deixando para depois o que pode ser feito hoje e agora, aposto que você vai mudar depois dessa leitura. Vou te mostrar um monte de benefícios bacanas, que com certeza vai acabar despertando a sua curiosidade.

Só não se exercita quem realmente não quer, eu amo, pratico diariamente  e recomendo de olhos fechados para todas as mulheres os exercícios de pompoarismo.

1. Reduz as cólicas e o período menstrual

As cólicas menstruais são contrações involuntárias para expulsar a camada interna do útero que não teve o óvulo fecundado. Com os exercícios, a mulher consegue diminuir a intensidade da cólica, pois consegue ter um controle maior sobre as contrações, além disso, com o períneo altamente irrigado por causa da ginástica íntima, a quantidade de sangue que “necessita” sair durante a menstruação diminui, consequentemente diminuindo os dias do período menstrual. 

2. Ajuda no tratamento de anorgasmia 

Muitas mulheres têm dificuldade em alcançar o orgasmo – anorgasmia, seja por fatores psicológicos ou fisiológicos.  E, a ginástica íntima auxilia a trabalhar as terminações nervosas que existem na vagina, além de a mulher conseguir contrair quando quiser o músculo, o que aumenta a fricção entre as genitálias e, consequentemente, aumenta o prazer para o casal. 

3. Prevenção das infecções urinárias

Ao fortalecer os músculos do assoalho pélvico através de exercícios específicos, o pompoarismo ajuda a melhorar o controle da bexiga e a manter a uretra fechada. Isso impede que bactérias ascendam pelo trato urinário, reduzindo significativamente o risco de infecções. Além disso, os exercícios de ginástica íntima aumentam a circulação sanguínea na região pélvica, o que facilita o transporte de células imunológicas para combater infecções. Esse aumento da circulação também promove uma melhor saúde geral da área, ajudando a esvaziar a bexiga completamente durante a micção e prevenindo o acúmulo de urina que pode levar a infecções.

4. Auxilia no tratamento de vaginismo 

A contração involuntária da musculatura vaginal e dor na relação sexual: vaginismo, é a dor durante a relação sexual de origem psicológica. A mulher, por vergonha, medo, traumas ou estresse, “trava” o músculo na hora da relação e não consegue ser penetrada. Como os exercícios auxiliam na contração voluntária, a mulher consegue ter controle sobre seu músculo e deixa de travá-lo inconscientemente. Diminui os sintomas da menopausa 

5. Ameniza os sintomas da menopausa

A menopausa é quando o ovário deixa de produzir óvulos e há um desequilíbrio hormonal por conta deste fato. Os principais sintomas que a ginástica íntima trata são: secura vaginal, redução da libido e dispareunia (dor durante o ato sexual). 

6. Benefícios do pompoarismo: ajuda no pré e pós-parto

Ajuda no pré e pós-parto A mulher que pratica pompoarismo tem vantagens na hora do parto por conta também das contrações voluntárias. Como ela adquire força conforme pratica os exercícios, na hora do parto normal, a força que ela fará será muito mais potente e a contração mais forte, facilitando a saída do bebê.  Já após o parto, como a mulher tem a musculatura trabalhada, é mais rápida a recuperação. Melhora o funcionamento do intestino O treino trabalha também a musculatura abdominal e aumenta os movimentos peristálticos, que são os que fazem com que o intestino funcione normalmente. Trata a incontinência urinária O períneo é a região muscular que, dentre outras coisas, controla a saída de urina e fezes. 

7. Incontinência urinária

Os exercícios de pompoarismo têm um papel significativo no controle e prevenção da incontinência urinária, uma condição que muitas mulheres podem enfrentar, especialmente com o avançar da idade. Ao fortalecer e tonificar os músculos do assoalho pélvico, esses movimentos específicos ajudam a melhorar a capacidade de controlar a liberação de urina, proporcionando um maior domínio sobre esses músculos essenciais. A prática regular pode reduzir significativamente os episódios de incontinência, melhorando a qualidade de vida e aumentando a confiança. Além de combater a incontinência, o pompoarismo também ajuda a prevenir a flacidez dos músculos vaginais, uma questão comum à medida que as mulheres envelhecem. A tonificação desses músculos não apenas contribui para uma melhor saúde íntima, mas também reforça a estrutura pélvica, combatendo os sintomas da flacidez e mantendo a função e a saúde vaginal em ótimas condições. Este fortalecimento muscular é essencial não só para a saúde sexual e urinária, mas também para a autoestima e o bem-estar geral.

8. Funcionamento do Intestino

O pompoarismo proporciona o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico,  por meio dos exercícios. Isso garante maior controle sobre os movimentos peristálticos do intestino, favorecendo assim melhor regularidade na hora de fazer o número dois. Além disso, a prática também pode auxiliar no tratamento e prevenção da incontinência fecal, já que permite um controle mais efetivo sobre a musculatura envolvida no processo 

9. Regulação Hormonal

A prática regular da ginástica íntima pode aumentar a liberação de estrogênio, um hormônio essencial que influencia várias funções no corpo feminino. O aumento nos níveis de estrogênio ajuda a melhorar a qualidade da pele e do cabelo e das unhas, contribuindo para uma aparência mais jovem e saudável, o que, por sua vez, pode elevar a autoestima da mulher. Além de melhorar aspectos estéticos, o estrogênio influencia o humor e o bem-estar geral, tornando o pompoarismo uma prática benéfica não apenas para a saúde íntima, mas para a saúde integral da mulher. Ao integrar esses exercícios na rotina, as mulheres podem experimentar uma melhoria abrangente não só em sua saúde física, mas também em seu equilíbrio emocional e psicológico.

10. Prevenção de Infecções Vaginais

A prática do pompoarismo pode ajudar a aumentar a circulação sanguínea na região pélvica, o que contribui para uma melhor saúde vaginal, garantindo o funcionamento saudável dos tecidos e órgãos da região. Um aumento na circulação sanguínea pode ajudar a fortalecer os tecidos da vagina e a aumentar a produção de muco cervical, que é uma parte importante do sistema de defesa natural do corpo contra infecções. Além disso, uma circulação sanguínea melhorada pode ajudar a acelerar a cicatrização de pequenas lesões ou irritações na área vaginal, reduzindo assim o risco de infecções.

Benefícios do pompoarismo em sua vida sexual 

Como você viu, os benefícios para a saúde são muitos, mas você quer saber por que as mulheres procuram tanto saber o que é pompoarismo e como encontrar cursos de ginástica íntima? Os benefícios sexuais certamente são uma das respostas! 

No meu curso online de pompoarismo feminino eu ouço muitos relatos de alunas falando sobre os benefícios do pompoarismo notados não só por elas, mas pelos seus parceiros também. 

Agora eu te faço a seguinte pergunta: será que existe algo mais instigante e prazeroso ao mesmo tempo, que é saber que você manda bem pra caramba na cama, consegue ter orgasmos maravilhosos  e ainda deixa seu parceiro babando pedindo mais? Será que tem?

A solução para esse fogo todo eu já te dei, pratique ginástica íntima e se delicie com os benefícios do pompoarismo depois, meu amor!

pompoarismo

11. Orgasmos múltiplos e mais intensos 

Uma das vantagens do pompoarismo é a capacidade de proporcionar orgasmos múltiplos e mais intensos para as mulheres que o praticam. Ao desenvolver o controle dos músculos do assoalho pélvico, é possível experimentar uma maior sensibilidade e prazer durante a atividade sexual. Isso permite que as mulheres alcancem não apenas um, mas vários orgasmos em uma única sessão, elevando significativamente a qualidade e a intensidade das experiências sexuais.

12. Controle corporal

Os benefícios do pompoarismo não são só para a mulher, o seu parceiro também sai ganhando bastante com a prática. 

A partir de um certo tempo de prática consegue-se ter controle total da musculatura do assoalho pélvico, sendo possível realizar movimentos que intensificam a contração da vagina e aumentam a fricção entre as genitálias, dominando a situação.

13. Ajuda a retardar a ejaculação

Um dos benefícios do pompoarismo é que a mulherada com toda certeza adora é esse! A ginástica íntima ajuda a retardar a ejaculação do seu parceiro. 

Isso acontece porque a mulher consegue alcançar consciência corporal e força suficiente para apertar a base do pênis do parceiro com o períneo e retardar a ejaculação dele. Conseguindo fazer  com que o seu parceiro te satisfaça por mais tempo!

14. A mulher fica mais “apertadinha” e consegue simular virgindade

 Com a força que adquire com os exercícios, a mulher consegue contrair totalmente o seu músculo, simulando o rompimento do hímen novamente, ou deixar apertado o suficiente para que o casal possa aproveitar mais a sensação. 

Para alcançar esses benefícios, basta que você faça os exercícios regularmente e da forma correta. Com uma orientação precisa e responsabilidade, os resultados serão satisfatórios!

15. Facilidade em atingir o orgasmo

Por ter um maior domínio da musculatura da vagina, a mulher consegue atingir o orgasmo de forma mais fácil e eficaz. O pompoarismo, ao fortalecer os músculos do assoalho pélvico, proporciona um maior controle sobre as sensações durante a atividade sexual. Isso significa que a mulher pode intensificar a estimulação em áreas específicas, aumentando assim sua excitação e facilitando a chegada ao clímax. Além disso, o fortalecimento dos músculos pélvicos também pode contribuir para uma melhor circulação sanguínea na região genital, aumentando a sensibilidade e a resposta aos estímulos sexuais.

16. Melhora da autoestima

Quando a mulher pratica o pompoarismo, ela não apenas fortalece os músculos do assoalho pélvico, mas também desenvolve uma maior consciência e controle sobre seu próprio corpo. Esse aumento da consciência corporal e controle muscular não só contribui para melhorar a saúde íntima, mas também aumenta a confiança e autoestima da mulher. Ao se sentir mais confortável e confiante em sua capacidade de realizar os movimentos do pompoarismo, a mulher naturalmente irradia uma aura de sensualidade. Ela se torna mais consciente de seus próprios desejos e sensações, o que por sua vez a torna mais receptiva e envolvente durante o sexo. Essa maior sensualidade não só enriquece a vida sexual da mulher, mas também fortalece sua conexão emocional e física com seu parceiro.

17. Prevenção do rompimento do Saco de Douglas

O Saco de Douglas é uma área situada atrás do útero, na cavidade pélvica. O fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico através do pompoarismo é essencial para a saúde dessa região, pois ajuda a prevenir lesões ou rupturas que podem ocorrer durante atividades físicas intensas ou traumas. Durante o ato sexual, a pressão intensa ou movimentos bruscos podem causar desconforto ou danos ao Saco de Douglas se a musculatura pélvica não estiver bem fortalecida. O pompoarismo, ao exercitar e fortalecer esses músculos, atua como uma forma de prevenção, garantindo que o suporte ao útero e aos órgãos circundantes seja mantido, reduzindo o risco de lesões.

18. Regula o ciclo menstrual

Embora o pompoarismo possa ter vários benefícios para a saúde pélvica e sexual da mulher, não há evidências científicas que comprovem sua capacidade de acelerar menstruações atrasadas ou regular o ciclo menstrual. A regularidade do ciclo menstrual é influenciada por uma variedade de fatores hormonais, metabólicos e ambientais, e exercícios específicos de fortalecimento do assoalho pélvico podem não ter um impacto direto nesse aspecto.

No entanto, é importante ressaltar que manter um estilo de vida saudável, incluindo uma dieta equilibrada, prática regular de exercícios físicos e gerenciamento do estresse, pode contribuir para a regulação do ciclo menstrual em algumas mulheres.

Livro PDF de Pompoarismo

Faça o download gratuito do meu livro em PDF de Pompoarismo, ou como eu, Catia Damasceno, autora, chamo: Aperta & Solta. Nele você vai aprender mais sobre a anatomia e estética íntima feminina, como funciona o orgasmo, quais são os 5 principais erros que você não pode cometer na prática da ginástica íntima e tirar todas as suas dúvidas sobre a prática.

Não enviamos SPAM. Ao se cadastrar você autoriza receber newsletters e informações da Cátia Damasceno.

Como Fazer Pompoarismo – Passo a Passo Completo

Agora, você deve estar curiosíssima para saber como fazer pompoarismo de fato, acertei? Neste ponto, preciso fazer um alerta muito importante: tome cuidado para aprender técnicas apenas com profissionais que realmente entendam sobre o assunto.

Eu, por exemplo, sou fisioterapeuta e estudei sobre anatomia e fisiologia humana e me especializei na área ginecológica, portanto, sou capaz de indicar exercícios que vão fazer bem de verdade à sua saúde.

Infelizmente, vemos por aí muitas pessoas dando indicações até mesmo erradas, que podem prejudicar seu corpo e fazer você perder sua confiança nesta prática que pode ser tão importante.

O mais recomendado, inclusive, é que você faça um curso de pompoarismo, para aprender tudo certinho.

Técnicas de Pompoarismo Para Fazer em 15 minutos

Agora vou te apresentar algumas técnicas de pompoarismo que você pode aplicar no seu dia-a-dia para trabalhar de forma eficiente a musculatura íntima e trazer benefícios para a sua saúde. Esses exercícios não irão precisar de nenhum equipamento específico, apenas o seu corpo. Eles podem ser realizados em qualquer horário, posição ou lugar, mas tente manter uma rotina para conseguir adquirir o hábito de fazer essa prática regularmente.

Antes de mais nada esvazie a bexiga para que na hora dos exercícios não saia nenhuma gota de xixi. Contraia bem de leve a musculatura da vagina, como se estivesse segurando a urina, mas bem devagarzinho. Depois de contrair levemente, force o relaxamento de forma bem intensa, simulando como se estivesse fazendo força para urinar. Faça esse movimento por dez vezes seguidas e descanse por 20 segundos, depois faça mais uma série com 10 movimentos. 

No exercício anterior você realizou um forte relaxamento e uma contração de leve, nesse próximo exercício é o oposto. O relaxamento é leve e a contração é mais forte. Faça quatro séries de 25 repetições e descanse até 30 segundos de uma série a outra. No próximo exercício mantenha a contração pelo maior tempo que conseguir, conte quanto tempo consegue manter a contração e tente se superar a cada dia que tentar esse exercício. 

Nesse último exercício aconselho a fazer ele sentada. Caso não consiga, pode fazer em pé ou deitada, mas vai dificultar um pouquinho. Você vai movimentar o seu quadril para frente, para os lados e para trás o máximo que conseguir. Vai sentindo quando estiver mais a vontade com os movimentos e inicie contrações da vagina enquanto realiza os movimentos e procure sentir diferentes partes na região vaginal conforme for contraindo em posições diferentes do quadril. Faça os movimentos quantas vezes quiser!

Movimentos do Pompoarismo na Hora do Sexo

pompoarismo

A mulher que pratica a ginástica íntima consegue controlar a musculatura do assoalho pélvico e canal vaginal. Desta forma, ela realiza movimentos específicos e voluntários no pênis do parceiro. Segurar a ejaculação dele e simular movimentos de masturbação com a própria vagina são algumas das vantagens.

  • Chupitar: movimento que suga o pênis simulando o movimento de uma criança chupando a chupeta, por isso o nome;
  • Ordenhar: contrair a musculatura em sequência massageando o pênis;
  • Sugar: sugar a glande do parceiro; travar: contrair a vagina impedindo, assim, a saída o pênis;
  • Expulsar: expelir o pênis do parceiro, deixando apenas a glande;
  • Estrangular: movimento que aperta o pênis da base até a glande e segura a ejaculação do parceiro.

Exercícios para fazer em casa

A prática da ginástica íntima é fácil e pode ser praticada em qualquer lugar de forma discreta. Com uma rotina diária de 10 minutos de exercícios já é possível ver os primeiros efeitos após um mês. Eu tenho alunas que relataram mudanças na hora da relação com apenas uma semana de exercício!

Por isso, quero te ensinar aqui alguns exercícios simples que já vão te ajudar muito na hora de se descobrir.

Antes de começarmos o cronograma de exercícios (siga bem direitinho! Agora os resultados só vão depender de você) quero te ensinar um exercício de reconhecimento, para que você consiga identificar a área que vai exercitar, caso seja a primeira vez que esteja praticando.

É simples e eu quero que você preste bastante atenção nas minhas instruções:

Quando você for fazer xixi, faça o movimento de “segurar” o xixi e interromper a urina. Percebeu essa contração? Esse é o movimento que você irá fazer.

MAS ATENÇÃO: nunca faça os exercícios de bexiga cheia ou com vontade de fazer xixi. Estou demonstrando como deve ser feita a contração, mas fazer os exercícios sem esvaziar a bexiga pode causa infecções urinárias.

Este é o exercício mais básico e simples de ser feito. Sempre gosto de lembrar, aliás, que para praticar pompoarismo você não precisa marcar uma hora na sua agenda e ir até a academia. Dá para fazer ginástica íntima enquanto assiste TV, toma banho, cozinha e em pausas breves de sua rotina. Veja o passo a passo:

Passo a Passo do Pompoarismo

Passo 1

Sentada, com as pernas cruzadas ou não, contraia toda a musculatura da vagina e solte-a devagar. Repita esse movimento por 20 vezes seguidas e descanse. Repita por 10 minutos. Para garantir que você está fazendo o exercício corretamente, verifique se o seu bumbum também está contraindo e a sua barriga abaixando. Se sim, continue!

Passo 2

Em pé, flexione seus joelhos e abra levemente suas pernas. Contraia sua musculatura pélvica enquanto puxa o tronco para cima. Ao expirar, relaxe a musculatura. Não esqueça de manter o ombro e o pescoço relaxados. Faça vinte repetições deste exercício.

Passo 3

Deite-se e flexione o joelho até que eles fiquem apontados para cima. Comece inspirando e expirando o ar enquanto encolhe a barriga. Depois inspire e expire contraindo a musculatura da vagina. Repita essa dupla 20 vezes. Se você quiser forçar um pouco mais, levante as pernas até que a sua canela fique paralela ao chão. Coloque uma almofada entre as coxas e contraia o músculo. Conte até vinte e solte.

Passo 4

Esse exercício já exige um pouco mais de conhecimento do seu próprio corpo para fazer a contração da musculatura em três momentos diferentes. Antes de tudo, é importante comentar que a vagina possui três anéis principais – um na base, outro na metade do canal vaginal e um já mais próximo ao útero. Para essa prática você irá contrair cada um deles de forma lenta e elevatória. Você contrai o primeiro anel e mantendo-o contraído, contrai também o segundo e assim até o terceiro. Para relaxar, siga o mesmo padrão e vá soltando de cima para baixo. Repita o exercício três vezes e relaxe.

Você pode começar a aprender como fazer pompoarismo com esses exercícios simples que indiquei, reservando alguns minutos e treinando em sua própria casa. Em poucos dias já irá perceber as mudanças em seu corpo!

Respiração na prática do Pompoarismo

A respiração é uma das partes mais importantes de qualquer exercício, pois respirando da forma correta, você controla o tempo do exercício, ganha ritmo e não termina a ginástica exausta.

Na ginástica íntima é fundamental você inspirar pelo nariz quando fizer a contração e expirar pela boca quando relaxar o músculo.

Acessórios para os exercícios de Pompoarismo

Como qualquer outro exercício, a prática fica muito intensa quando você utiliza o aparelho ou o acessório correto. Com a ginástica íntima é a mesma coisa.

Você não precisa fazer os exercícios com acessórios obrigatoriamente – inclusive, algumas mulheres NÃO podem utilizá-los e eu vou explicar quais são esses casos, mas o uso dos acessórios junto à prática diária irá fazer com que você tenha um ganho de força e resistência muito mais rápido do que teria fazendo os exercícios sem nada.

Eu sempre indico 3 acessórios para as minhas alunas e vou explicar aqui para você também para que você entenda a função de cada um:

pompoarismo

1. Bolas Ben-wa

Elas podem fazer um verdadeiro milagre na sua vagina e, não vou mentir, no começo é um pouco difícil praticar com elas, mas quando você começa a ver os resultados, é realmente impressionante e você fica viciada no treino!

Antes de tudo, eu quero esclarecer que as bolas Ben-wa são DIFERENTES do colar tailandês e eu, inclusive, NÃO indico!

O Ben-wa é composto por duas bolinhas ligadas por um fio de silicone. Elas quase não pesam e o exercício consiste em colocá-las na entrada da vagina e, com os movimentos da ginástica íntima, conseguir “sugar” e depois “ expulsar” as bolinhas da vagina.

Esse exercício auxilia bastante no controle da região de períneo.

2. Vibrador

Calma, talvez você tenha uma imagem “errada” dos vibradores, mas eu digo para todas as mulheres que ele pode ser um dos seus melhores amigos!

Não somente para você descobrir seu próprio corpo e prazer, mas também para auxiliar na hora do treino de ginástica íntima.

O princípio é o mesmo das bolas Ben-wa: com um vibrador que tenha entre 12cm e 17cm respire pausadamente e faça uma sucção com a vagina até que ele seja levemente puxado.

Pause, expire e inspire novamente buscando contrair e faça outra sucção. Depois, faça o processo inverso e expulse o vibrador.

No início, utilize suas mãos para ajudar a posicionar o vibrador na entrada e dar um “empurrãozinho”.

Com o tempo, você conseguirá sugar todo o vibrador personal sem ajuda das mãos. você pode praticar esse exercício deitada ou em pé por cerca de 10 minutos por dia.

3. Cones vaginais

Com eles, você vai ganhar uma força que nem sabia que tinha e vai mostrar de uma vez por todas quem é que manda na cama!

Para você que nunca viu, eles se parecem com um absorvente interno e têm pesos diferentes e podem variar de 20 a 70 gramas.

Eu recomendo que você comece pelos mais leves, porque o exercício não é tão fácil e você não pode desanimar só porque não está conseguindo nos primeiros dias!

Faça esse exercício em pé. Coloque o cone até a altura que você coloca o absorvente interno, e contraia a musculatura várias vezes tentando segurar o cone lá dentro durante 10 minutos.

Acredite em mim: não adianta colocar o cone e sair andando por aí.

Você não estará fazendo exercício nenhum e ainda irá forçar/pesar seu músculo de um jeito errado, além disso, pode se lesionar.

Com os cones mais leves você vai ganhar resistência e rapidez, com os mais pesados, vai ganhar resistência.

Conforme for conseguindo segurar o cone sem muito esforço é hora de trocar para um mais pesado. Por isso, gravei um vídeo explicando com riqueza de detalhes como usar os acessórios durante os seus treinos.

Como usar os acessórios durante o treino:
cone, personal e ben-wa

Curso de ginástica íntima completo, com Cátia Damasceno. Clique aqui!

Você sabia que existe o Pompoarismo Masculino?

O Pompoarismo também faz maravilhas pelo homem — e ele não precisa de nenhum instrumento para começar!Clique aqui para saber mais

Mitos e verdades

  • Dá para apagar velas com a vagina?

Verdade! Na Tailândia é comum ver esse tipo de prática em alguns shows específicos.As mulheres também arremessam objetos, como dardos em um alvo, e abrem tampas de garrafas.

  • É um exercício feminino

Mito! Os homens também podem praticar pompoarismo levantando pesos com o órgão genital. Resolver problemas de ejaculação precoce é um dos benefícios.

  • Somente jovens podem praticar

Mito. O exercício pode ser praticado em qualquer idade, já que ajuda em diversas fases da vida: na diminuição das cólicas menstruais, a dar um up no casamento e a evitar a flacidez vaginal.

  • O pompoar só serve para mulheres que não são mais virgens

Mito! A prática do pompoar vai além dos benefícios sexuais. Ele auxilia na regulação hormonal, na diminuição das cólicas e do período menstrual.

Com a ginástica, você também irá fortalecer seus músculos para evitar uma futura flacidez vaginal e incontinência urinária.

Também preciso dizer que a prática está extremamente ligada ao autoconhecimento, empoderamento e amor próprio, tendo em vista que os estímulos neurais partem da vagina e ativam o cérebro.

Pompoarismo e a Flacidez Vaginal

Muita gente pensa que a flacidez vaginal só acontece com mulheres que passaram pelo parto vaginal.

Com certeza o parto vaginal vai causar uma sobrecarga maior na musculatura pélvica feminina, mas o fato é que o tempo e várias situações cotidianas como: tossir, espirrar, rir, fazer exercícios físicos e levantar peso, aumentam a pressão intra-abdominal e também acabam sobrecarregando a musculatura pélvica, e como qualquer músculo, se ele não estiver forte para responder a estes esforços, ele vai enfraquecer.

Nesse outro artigo eu explico porque a flacidez vaginal diminui a consciência vaginal e o prazer durante as relações sexuais.

De modo geral, a musculatura do assoalho pélvico feminino já começa a enfraquecer naturalmente a partir dos 25 anos de idade.

Músculo pubococcígeo e o Pompoarismo (Ginástica Íntima)

Este músculo, também chamado de musculatura do assoalho pélvico, é fundamental para o funcionamento correto da área genital tanto feminina quanto masculina.

Quando ele está flácido, pode gerar graves problemas. Dentre eles: incontinência urinária e fecal e enfraquecimento da sustentação dos órgãos pélvico, ocasionando a temida “bexiga caída”.

Com a musculatura desta região enfraquecida, sua área sexual também é afetada.

Como o músculo pubococcígeo é o que envolve as paredes da vagina, se ele enfraquece, sua força para contração é diminuída e sua sensação de orgasmo é quase nula.

Os exercícios de pompoarismo, também conhecidos como fisioterapia pélvica, auxiliam na recuperação do tônus muscular nesta região.

Por que é Importante Praticar Pompoarismo?

Se ainda não está convencida sobre a importância em saber como fazer pompoarismo, separei abaixo uma lista de benefícios que esta prática traz para a sua saúde e para a sua vida sexual. Leia com atenção, tenho certeza de que irá descobrir que a ginástica íntima pode melhorar muito seu dia a dia:

  • Facilidade em atingir o orgasmo, pelo maior domínio da musculatura vaginal;
  • Maior potencial de oferecer prazer ao parceiro durante o sexo, pois a penetração passa ser muito mais do que um “entra e sai”;
  • Melhora na lubrificação vaginal, auxiliando a penetração;
  • Auxílio no pré-parto, para que você consiga fazer a força certa e na hora certa;
  • Reforço da musculatura íntima, prevenindo a flacidez vaginal;
  • Diminuição dos sintomas da menopausa;
  • Alívio das cólicas vaginais;
  • Prevenção das infecções vaginais e urinárias, pelo aumento do fluxo sanguíneo na região;
  • Melhoria do funcionamento do intestino;
  • Elevação da autoestima.

Pompoarismo não traz apenas benefícios para a nossa saúde ou para nossa vida sexual, é uma verdadeira transformação na nossa autoestima!

Quem Pode Praticar Pompoarismo?

pompoarismo

É como eu falei, mulheres de todas as idades podem praticar, mas alguns cuidados são necessários em situações específicas.

Grávidas: é altamente recomendado que mulheres com até dois meses de gestação não pratiquem a fisioterapia pélvica. Os movimentos podem provocar contrações no útero e aborto.

Inflamações e infecções: é necessário tratar o problema antes de continuar o treino, seja uma infecção na vulva, útero ou urinária.

Endometriose: como os exercícios provocam um aumento de fluxo sanguíneo na região pélvica, é possível que quem tem endometriose tenha algum desconforto. Pergunte à sua médica quando começar a praticar.

Mioma: caso o mioma esteja em fase de crescimento não é recomendada a prática, porém, depois que ele para de crescer, não há problema nenhum.

Durante a menstruação: é ideal fazer os exercícios SEM os acessórios por conta de higiene e prevenção de infecções.

Quem tem DIU: a prática do pompoar nada interfere no DIU, isso porque o dispositivo intra-uterino é colocado no útero e os exercícios da ginástica utilizam a musculatura da vagina.

Minha ressalva é que você espere o tempo correto após o procedimento e tenha a autorização da sua ginecologista para voltar a praticar.

Perineoplastia e Pompoarismo

A perineoplastia é uma cirurgia que reconstitui os músculos da vagina quando a flacidez vaginal está em estágio avançado.

A cirurgia era também extremamente utilizada com o objetivo de “apertar” a vagina e, com isso, aumentar o prazer sexual da mulher.

Entretanto, com a difusão da técnica de pompoar, que não é invasivo, não tem custo e pode ser feito sem necessidade de procedimentos cirúrgicos, a perineoplastia praticamente deixou de ser realizada.

Ela somente é realizada quando há necessidade de correção de disfunção urinária ou fecal.

Vídeos de Pompoarismo

Eu falo muito sobre pompoar e ginástica íntima em vários vídeos em uma playlist sobre o assunto lá no meu canal no YouTube.

Nestes divertidos vídeos eu procuro tirar algumas das principais dúvidas de quem acompanha meu trabalho e quer entender mais sobre a ginástica íntima!

Origem do Pompoarismo e Como Surgiu no Brasil

Aqui no Brasil, a ginástica íntima se popularizou através do pompoarismo — técnica milenar, que teve origem indiana, mas foi aperfeiçoada na Tailândia.

Infelizmente, o termo ganhou uma conotação negativa durante alguns anos, talvez por conta dos famosos shows de malabarismo com a vagina, ou até mesmo por uma conotação sexual errada que acabou banalizando o conceito inicial do termo.

Na maioria dos países, a ginástica íntima é mais conhecida como “exercícios de Kegel”, que é o nome do médico responsável por fazer uma série de pesquisas sobre a musculatura pélvica, o médico Arnold Kegel.

O pompoarismo é recomendado até hoje por médicos ginecologistas, fisioterapeutas e até mesmo psicólogos como um exercício fundamental para a saúde, sexualidade e autoestima de toda mulher.

pompoarismo

Curso de Pompoarismo da Cátia Damasceno – Como Participar?

No link abaixo eu explico detalhadamente todas as informações sobre o meu curso online de ginástica íntima, o maior curso de pompoarismo online do país!

Nele eu explico, em 12 módulos, todos os benefícios da prática, te ensino o passo a passo para você identificar sua musculatura e como exercitá-la da forma correta. Ainda te acompanho em 4 semanas de treinos com intensidades e exercícios diferenciados. Além disso, ensino as melhores posições para você ter ainda mais prazer e os cuidados que deve ter com seus acessórios.

Resumo sobre Pompoarismo:

✅ O que é pompoarismo?

O pompoarismo é uma técnica de exercícios para o fortalecimento da musculatura vaginal que traz diversos benefícios para a mulher.

✅ Qual a origem do pompoarismo e como surgiu o pompoarismo no Brasil?

No Brasil, a ginástica íntima se popularizou através do pompoarismo, que é uma técnica milenar que teve origem na Índia e foi aperfeiçoada na Tailândia.

✅ Quais os benefícios da prática do pompoarismo?

Permite que a mulher supere problemas para ter orgasmos, diminui a dor na hora da penetração causada por vaginismo ou dispareunia, possibilita que a mulher tenha orgasmos múltiplos, retarda a ejaculação do parceiro com os movimentos, reduz as cólicas e o período menstrual, diminui os sintomas da menopausa, ajuda gestantes na preparação para o parto e auxilia a recuperação pós-parto, melhora o funcionamento do intestino, trata a incontinência urinária com movimentos do pompoarismo, combate a flacidez vaginal.

✅ Onde aprender?

Você pode aprender com o curso da especialista no assunto, Cátia Damasceno. No seu curso completo é possível aprender o passo a passo para realizar a prática com e sem os acessórios além dos movimentos de contração.

✅ Quais são os acessórios para praticar?

Basicamente são 3 os acessórios necessários para praticar o pompoarismo: Cone de 45g, Ben wa e um Personal de fino e pequeno. Na caixa oculta você consegue comprar todos eles.

Pronta para começar?

Ficou interessada em começar sua vida como pompoarista? O ideal é não perder tempo, conheça o curso online de pompoarismo da Cátia Damasceno e começe agora mesmo  exercitar-se de forma segura e saudável.

Em cerca de 15 dias, já é possível sentir os primeiros resultados, tanto para a saúde, quanto para a relação sexual. E não pense que saber como fazer pompoarismo é coisa apenas para mulheres casadas!

Pelo contrário, as solteiras encontram várias vantagens em praticar ginástica íntima. Entre elas, é claro, o fato de se tornarem irresistíveis para os homens que querem seduzir! 

Porém, lembre-se, que o pompoarismo é um exercício para você, nunca para o seu parceiro! Você merece ter prazer durante o sexo e cuidar de sua saúde, o homem é apenas o coadjuvante nesta sua busca por satisfação pessoal, combinado?

Não deixe de interagir comigo nas redes sociais me mandando a sua pergunta. Agora, partiu praticar ginástica íntima!

Texto de Cátia Damasceno

Cátia Damasceno é Fisioterapeuta especializada em uroginecologia, coach, palestrante e idealizadora do Programa Mulheres Bem Resolvidas.