Você sabe o que é períneo? Alguns exercícios podem evitar a cirurgia!

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Você sabe o que é períneo? Alguns exercícios podem evitar a cirurgia!

Você já ouviu falar do períneo? Sabe para que ele serve? O períneo, também chamado de assoalho pélvico, não é algo novo porém, dificilmente, em algum momento de nossas vidas, paramos para pensar sobre sua importância. Infelizmente, ainda há muita ignorância sobre o assunto e , por isso, mitos e tabus ainda são generalizados. Você sabia que se o períneo não for exercitado, a mulher pode sofrer problemas no futuro e precisar enfrentar uma cirurgia? Para que isso não aconteça com você, eu trouxe alguns  exercícios para você praticar e evitar a cirurgia do períneo.

perineo-catia-damasceno

O períneo é uma parte fundamental do nosso corpo e ainda assim, como já disse antes, é um grande desconhecido. Poucas mulheres (e ainda menos homens) sabem onde está localizado, quais são suas funções e o que elas podem fazer para controlar esses músculos. Independentemente de termos tido filhos ou não, se estamos grávidas ou na menopausa, é importante sabermos mais sobre o períneo. Afinal, ele desempenha um papel fundamental em muitas de nossas funções vitais, embora você não esteja ciente disso.

No texto de hoje vamos falar sobre:

  • O que é o períneo
  • Funções do períneo
  • Períneo x gravidez
  • O que acontece quando a musculatura perineal fica debilitada?
  • Cirurgia do Períneo ou Perineoplastia
  • Como evitar a cirurgia do períneo
  • Comece agora

O que é o períneo?

O assoalho pélvico ou perineal é o conjunto de músculos que alinha a parte inferior da pélvis. Sim, exatamente, os músculos que se encontram entre o púbis e o cóccix, em torno da vulva e do ânus, e que se encontram em dois planos:

  • Um superficial cuja função mais importante é a sexual, embora também ajude a apoiar os órgãos pélvicos.
  • E outro mais profundo, chamado períneo profundo ou posterior, formado pelos músculos que efetivamente mantêm esses órgãos, controlam os esfíncteres e melhoram a qualidade da relação sexual.

Funções do períneo

Muitas vezes, não estamos conscientes do verdadeiro valor das coisas até pararem de funcionar. Se você não teve sintomas que indicam qualquer alteração do seu assoalho pélvico, você pode não estar consciente de como ele é importante para o seu cotidiano.Veja algumas funções do períneo:

  • O assoalho pélvico controla os esfíncteres para urinar e defecar adequadamente.
  • Os músculos perineais tonificados melhoram a qualidade da relação sexual.
  • O períneo é  muito importante na hora do parto, pois ajuda a cabeça do bebê a girar e produz uma contração reflexa no útero (reflexo expulsivo) que faz com que a mulher grávida deseje empurrar.
  • O períneo tem a função de apoiar a bexiga, útero, vagina e reto.

Períneo x Gravidez

Cuidar do períneo durante a gravidez pode reduzir a dor perineal durante o parto e proteger as mães do trauma perineal (possíveis lesões que podem ocorrer nas genitais durante o parto) especialmente episiotomias, isto é, o corte que é feito nos tecidos do períneo que cercam a vagina, realizada por muitos médicos durante o parto. Por essa razão, as parteiras recomendam que, durante a gravidez, as mulheres devem realizar massagens perineais.

perineo-catia-damasceno

O que acontece quando a musculatura perineal fica debilitada?

Assim como ocorre com outros músculos do corpo, a musculatura do assoalho pélvico sofre traumas durante a gestação, o parto e certas cirurgias. No caso das mulheres, a menopausa bloqueia a liberação de hormônios, como o estrogênio, o que também contribui para a enfraquecimento da região. Há também um processo de envelhecimento natural das fibras musculares que leva à perda do tônus e da capacidade de contração e isso acarreta vários problemas, que geram desconforto e minam a autoestima. Quando existe um desequilíbrio na musculatura perineal, podem ocorrer patologias e desconforto, tais como:

  • Incontinência fecal e urinária: é a incapacidade de controlar a eliminação de fezes.
  • Prolapsos de órgãos: também conhecida como bexiga caída, é a exteriorização de órgãos pelo canal vaginal ou anal. Acontece devido ao enfraquecimento da musculatura do assoalho pélvico e dos ligamentos que têm o papel de sustentar esses órgãos.
  • Disfunção sexual: dor na relação sexual e  dificuldade de chegar ao orgasmo.
  • Gestação e parto: durante a gravidez, os músculos do assoalho pélvico sofrem uma maior pressão porque sustentam, além dos órgãos pélvicos, o bebê e os anexos embrionários.
  • Flacidez vaginal.

Cirurgia do Períneo ou Perineoplastia

Quando as lesões no períneo são muito graves, é feita a perineoplastia, uma intervenção cirúrgica que visa reconstituir os músculos do períneo, localizado na zona íntima feminina. Na maior parte das vezes, a laceração da musculatura é provocada por partos normais consecutivos. Na hora do nascimento, os médicos obstetras podem cortar alguns músculos do períneo para o bebé sair com mais facilidade.

Por causa desse procedimento, a vagina fica um pouco mais alargada, ocasionando perda de sensibilidade por atrito e,  flatos vaginais durante o ato sexual; e dificultando o orgasmo na mulher. A laceração da musculatura da vagina também pode ser provocada pela velhice.

As queixas mais comuns das pacientes que sofrem de insuficiência perineal são a diminuição do prazer durante a penetração e a saída de ar ou urina durante ou logo após o coito, além de dor eventual consequente da penetração.

A perineoplastia é, assim, uma cirurgia plástica realizada na parte externa da vagina, fazendo com que o músculo volte a exercer as suas funções normais. Em determinadas situações, a perineoplastia pode ser utilizada para «apertar» a vagina e aumentar o prazer sexual do parceiro.

Por que exercitar o períneo?

Os exercícios de períneo são vitais para uma pessoa e podem ser feitos discretamente a qualquer hora, em qualquer lugar. Esses exercícios são importantes para aumentar o controle sobre a bexiga e o intestino e fortalecem o assoalho pélvico, que suporta a vagina, o útero e o intestino. É por isso que manter o assoalho pélvico em bom estado de funcionamento é tão valioso para as mulheres, não importa sua idade ou estágio de vida.

Se feito corretamente e rotineiramente, os exercícios  podem ajudar a prevenir a perda de urina enquanto você está grávida e depois que o bebê nasce. Outro grande benefício dos músculos do assoalho pélvico mais fortes é que você experimentará orgasmos mais agradáveis, que levam a uma vida sexual mais satisfatória.

períneo

Como evitar a cirurgia do períneo

Por ser um procedimento invasivo, a cirurgia deve ser sempre considerada em último caso. Mas como evitar os problemas no períneo e um posterior procedimento cirúrgico? Simples: prevenindo-se. E quando falamos de prevenção, não estamos citando apenas as gestantes ou mulheres que estão na menopausa, mas todas as mulheres que querem (e devem) conhecer o próprio corpo e evitar problemas futuros.

Massagem perineal

Em regiões do Oriente, é realizada por adolescentes desde a primeira menstruação como forma de conhecer o próprio corpo. Já no Ocidente, é indicada especialmente para gestantes, mulheres na menopausa e mulheres que sofrem com o ressecamento vaginal.

No caso das gestantes, é recomendável que a massagem seja feita a partir da 34ª semana de gestação e diariamente. O objetivo é aumentar a adaptabilidade das estruturas perineais para facilitar a passagem do bebê com o menor prejuízo perineal possível. Também ajuda na percepção perineal e no relaxamento do mesmo, que é tão importante no momento da expulsão do bebê. Sua prática diminui a episiotomia.

A massagem pode ser feita por doulas, fisioterapeutas ou pela própria mulher, em casa, nos meses que antecedem o parto. Além dos exercícios feitos com o dedo, é possível contar com a ajuda de um aparelho, chamado Epi-No. O objeto é como uma bexiga que infla dentro da vagina e pode chegar até o tamanho da cabeça de um bebê. Além de fortalecer a região e diminuir as chances de laceração natural, o aparelho ainda dá segurança à mãe sobre sua capacidade de dilatação e força.

Pompoarismo

O pompoarismo, também conhecido como ginástica íntima ou exercício de Kegel, nada mais é do que o movimento controlado dos músculos do assoalho pélvico e do canal vaginal. Essas contrações consistem em “apertar” e “soltar” o músculo repetidas vezes até você ganhar força suficiente para controlar voluntariamente seu canal vaginal. Depois de um tempo de prática e conforme a mulher vai ganhando força, ela começa a fazer o pompoarismo com acessórios, como as bolas Ben-wa, o cone e o mini-vibrador.

Ao exercitar o períneo, o pompoarismo também traz uma série de benefícios sexuais. Dentre eles estão: o aumento da libido e da lubrificação no canal vaginal, a sensação de que a mulher está mais “apertadinha”, pois a gente consegue controlar o músculo como queremos, ajuda no tratamento de anorgasmia (dificuldade em chegar ao orgasmo), orgasmos múltiplos e ajuda a retardar a ejaculação do parceiro.

perineo-catia-damasceno

Fisioterapia Pélvica

Muito parecido com o pompoarismo, o tratamento da fisioterapia pélvica consiste em promover a capacidade de contrair e relaxar adequadamente os músculos do assoalho pélvico, fortalecendo essa musculatura com o intuito de recuperar as funções de continência urinária e fecal. Melhora da atividade sexual e sustentação dos órgãos pélvicos.

Os exercícios podem ser feitos com acessórios, como os cones vaginais ou o ben wa – bolinha do pompoarismo – (coordenação motora e propriocepção). Assim também como massagens perineais, recursos de eletroterapia, eletroestimulação e biofeedback. A duração do tratamento varia de acordo com o paciente e suas respostas fisiológicas, assim como a disfunção que ele possui.

Exercícios de períneo para fazer em casa

O exercício do períneo  pode ser implementado em sua vida cotidiana, e pode ser feito em qualquer lugar e a qualquer hora. É um exercício suave, mas muito eficaz. Como qualquer forma de exercício, é melhor tentar métodos diferentes para que todos os músculos do períneo funcionem. Veja alguns deles.

Como posso encontrar meus músculos do assoalho pélvico?

  • Método 1 – Parando o fluxo – O primeiro passo na realização de exercícios musculares do assoalho pélvico é identificar os músculos corretos. Existem várias maneiras que podem ajudá-la a identificar corretamente as diferentes partes dos músculos do assoalho pélvico. Uma maneira é tentar parar ou retardar o fluxo de urina no meio do esvaziamento da bexiga. Parar o fluxo de urina repetidamente no banheiro não é um exercício, mas uma maneira de identificar os músculos do períneo.
  • Método 2 – Visualização- Outro método para identificar os músculos do assoalho pélvico ou períneo é imaginar parar o fluxo de urina e segurar a flatulência (vento) ao mesmo tempo. Isso pode ser feito deitada, sentada ou em pé com as pernas na largura dos ombros..

Ponte

Deite-se de costas com os joelhos flexionados e os pés apoiados no chão, afastados na largura do quadril. Inale, envolva o assoalho pélvico e levante os quadris. Mantenha por até 10 segundos (continue respirando!). Abaixe os quadris para baixo e solte o assoalho pélvico. Faça 10 repetições.

Agachamento de parede

Fique em pé contra uma parede, com os pés afastados na largura do quadril. Inale, envolva seu assoalho pélvico e abaixe-se em um agachamento como se estivesse sentado em uma cadeira. Mantenha por 10 segundos. Levante-se de pé e solte o assoalho pélvico. Descanse por 10 segundos. Faça 10 repetições

Jumping Jack

Comece com as pernas juntas. Contraia os músculos do assoalho pélvico enquanto você salta e traga os braços para cima. Solte o seu assoalho pélvico enquanto salta com as pernas para trás. Repita por 30 a 60 segundos.

Trituração de insetos

Deite de costas e estenda os braços para o teto. Inale, envolva o assoalho pélvico e estenda o braço direito para cima e aperna direita para a frente. Solte o assoalho pélvico e mova o braço e a perna de volta à posição inicial. Repita com o braço e a perna esquerdos. Faça 10 repetições de cada lado.

Lento

Aperte os músculos do assoalho pélvico puxando-os para cima. Tente contraí-los e  mantê-los assim enquanto você conta até 5 respirando suavemente. Em seguida, relaxe-os por mais 5 segundos e repita a série 10 vezes.

Tente aumentar progressivamente o tempo de contração e relaxamento. Comece por 5 segundos em cada caso até chegar a 20. Quanto mais tempo você conseguir segurar a contração muscular, mais forte será feita.

O rápido

Contraia e relaxe os músculos o mais rápido possível até se cansar ou cerca de 2 ou 3 minutos (o que ocorrer primeiro). Comece com 10 repetições quatro vezes ao dia até chegar a 50 repetições por dia.

Cones Vaginais

Uma outra forma de fortalecer o períneo é provocar uma sobrecarga nele. Exercícios com pesos, como os halteres de academia, são a forma mais eficiente de fortalecer uma musculatura. Há uma espécie de “halter” para o exercício do períneo. São os chamados cones vaginais, cápsula pesadas e de formato anatômico, específicas para introdução vaginal e encaixe perfeito, permitindo que estes músculos sejam exercitados com carga.
Você pode utilizar o cone em diversos momentos no dia, lavando louça ou fazendo alguma tarefa doméstica. A ideia é sustentar o cone, sem deixá-lo cair.

Bolinhas Ben Wa

O ben wa, também conhecido como bolinhas tailandesas, é uma ótima opção para fortelecer o períneo. O exercício é realizado em duas etapas: a introdução das bolinhas uma a uma na vagina utilizando-se, na medida do possível, apenas a força de contração; e a expulsão das bolinhas da vagina utilizando principalmente o relaxamento.

bolinhas ben wa

Comece agora

Como eu disse antes, a melhor forma de evitar futuros problemas é a prevenção. Não espere aparecer um problema no seu corpo para você procurar ajuda. Pratique os exercícios indicados para fortalecer o períneo o quanto antes e desfrute dos benefícios que eles trarão para a sua vida. Além da melhora para a sua saúde, você sentirá uma melhora na sua vida sexual e na sua autoestima.

Faça o download do meu ebook de Pompoarismo e aprenda um passo a passo o exercício hoje mesmo.

Neste guia que virou febre entre as mulheres e já tem mais de 200 mil downloads.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhuma avaliação)