Você tem dificuldades para chegar ao clímax? Ou tem até facilidade, mas quer dar um up nessa sensação maravilhosa, seja sozinha ou acompanhada? Então este post é perfeito, pois vou falar exatamente como melhorar o orgasmo com pompoarismo.

A ginástica íntima, seja feita com acessórios ou praticada com o parceiro, traz inúmeros benefícios para a saúde e para o sexo.

Já falamos inclusive desses assuntos aqui no blog.  E hoje vou contar pra você dicas específicas de como melhorar o orgasmo com os movimentos do pompoar.

Preparada?

Então não pare a leitura e confira como melhorar ainda mais o seu prazer!

benefícios pomporarismo

Muitas mulheres têm dificuldade em chegar ao clímax ou até de saber como isso acontece com o próprio corpo. Seja por bloqueio emocional, traumas passados, dor na hora da relação ou mesmo falta de concentração na hora do ato, é possível que se fique dispersa, pensando em outras coisas que não em seu próprio prazer.

No post de hoje, você vai entender ainda mais sobre como funciona o seu corpo e aprender como melhorar o orgasmo com pompoarismo. Vamos responder as seguintes perguntas:

  • Como eu sei que tive um orgasmo?
  • Quais são os tipos de orgasmo feminino?
  • Como os movimentos do pompoarismo vão melhorar o meu orgasmo?

Não saia daí e intensifique o seu prazer usando a ginástica íntima a seu favor!

Como eu sei que tive um orgasmo?

Antes de mais nada, você sabe mesmo se já teve um orgasmo? Você pode até não acreditar, mas é comprovado por pesquisas que em torno de 50% das brasileiras não consegue alcançar o orgasmo, seja durante o ato sexual ou se masturbando.

como ter orgasmo

A anorgasmia em geral acontece por falta de conhecimento do próprio corpo, vergonha ou traumas. Contudo, fazer um caminho para dentro de si — literalmente e na mente — pode fazer com que você curta momentos incríveis.

A vagina e o clitóris são áreas repletas de terminações nervosas que, se estimuladas da maneira correta, podem provocar muito prazer e consequentemente o orgasmo feminino. Tudo começa ainda com a excitação, que é provocada na hora das preliminares.

Com isso, o corpo começa a aumentar a irrigação sanguínea para toda a região pélvica e a vagina inicia a lubrificação.

É nesse momento que o coração bate mais forte, os seios enrijecem e o canal vaginal fica mais estreito.

A tensão segue aumentando conforme se eleva o grau de excitação e, então, os seus órgãos genitais, nádegas, coxas, quadris e todo o corpo passa a ter contrações involuntárias que trazem prazer intenso: você chegou ao orgasmo.

Quais são os tipos de orgasmo feminino?

#1 Orgasmo clitoriano

O orgasmo clitoriano acontece com a estimulação do clitóris, e não necessariamente ocorre durante a penetração. Mesmo assim, é possível ocorrer dessa forma, principalmente se o parceiro estimulá-lo com a pélvis ou com as mãos durante o ato sexual.

orgasmo clitoriano

Por ser uma área externa e mais exposta, o clitóris é mais facilmente estimulado, pois logo pode ser “encontrado”, em especial se a mulher estiver bem excitada. Além disso, esse é um ponto erógeno de extrema sensibilidade no corpo feminino.

A masturbação é outra prática que estimula com facilidade o local e, consequentemente, auxilia que muitas mulheres tenham orgasmo dessa forma.

Como ter um orgasmo clitoriano: a estimulação com os dedos ou um sexo oral bem-feito nunca falham na hora de querer atingir esse tipo de orgasmo.

#2 Orgasmo vaginal

A vagina é um ponto interno da mulher que ainda não é totalmente explorado e conhecido. Por esse motivo, o orgasmo vaginal é um dos mais complicados de serem alcançados. Porém, algumas mulheres relatam que ele é definitivamente o mais intenso.

O orgasmo vaginal ocorre com a fricção do pênis na vagina, o que faz algumas mulheres preferirem que seus parceiros tenham o pênis ou mais comprido ou mais grosso. Mas isso depende de cada uma, pois há mulheres que são mais sensíveis no canal vaginal e outras no colo do útero.

Como ter um orgasmo vaginal: a mulher por cima do homem é uma boa posição para se alcançá-lo, pois ela consegue controlar a intensidade e a velocidade da penetração e saberá exatamente o que mais lhe dá prazer em cada movimento.

#3 Ponto G

O Ponto G já foi alvo de muitas polêmicas.

De todo modo, sua existência foi comprovada. Os pesquisadores relataram que é um ponto do corpo feminino do tamanho de uma moeda de 10 centavos, localizado abaixo do osso púbico.

como melhorar o orgasmo

Somente é possível estimular o Ponto G por meio de penetração.

Para a mulher ter prazer dessa forma, o movimento deve ser firme. Caso contrário, pode ser incômodo. Como ter um orgasmo estimulando o Ponto G: usar os dedos costuma funcionar bem.

É possível alcançar o orgasmo no ponto G com o parceiro em pé e você deitada.

Você sabia que existe o Pompoarismo Masculino?

O Pompoarismo também faz maravilhas pelo homem — e ele não precisa de nenhum instrumento para começar!

Como os movimentos do pompoarismo vão melhorar o meu orgasmo?

A ginástica íntima virou febre exatamente por melhorar o desempenho da mulher na hora do orgasmo.

Com a prática dos exercícios a gente consegue ter, inclusive, orgasmos múltiplos!

E agora que você sabe mais sobre aquilo que somos capazes de sentir, vamos a algumas dicas práticas sobre como os movimentos do pompoarismo vão melhorar o seu orgasmo!

#1 Contrair e relaxar

O orgasmo, na prática e de forma mais crua, é a contração ritmada de todos os músculos de nossa área pélvica. Ou seja, sua vagina contrai e relaxa, repetidas vezes, em intervalos que costumam durar em torno de 0,8 segundos.

Os movimentos do pompoarismo auxiliam a melhorar a qualidade do seu orgasmo porque você consegue contrair de forma mais intensa ou ritmar, conforme aumente sua sensação de prazer.

Sobre o orgasmo, uma coisa é certa: a mulher precisa relaxar.

Não adianta a gente ficar pensando no que vai preparar para o almoço de amanhã, se alguém vai aparecer de repente, nas coisas que têm que arrumar em casa… O homem só consegue entrar no clima mais rápido porque, normalmente, ele se desliga de tudo. Então, por que não nos permitimos isso também?

#2 Controle sobre a musculatura do canal vaginal

Ao assumir o controle sobre o canal vaginal, você consegue se estimular mesmo antes da relação sexual.

Isso significa mais tempo de preliminares!

Afinal, nós mulheres precisamos de um período bem maior para cumprir o caminho desejo-excitação até estarmos no ponto certo para alcançarmos o orgasmo.

mulher orgasmo

Como isso é diferente para os homens, que se excitam rápido mas também perdem logo o pique, iniciar movimentos de pompoarismo ainda preparando o jantar, sem ninguém perceber, pode potencializar e muito o prazer feminino, fazendo com que ela atinja orgasmo de forma mais intensa, inclusive.

#3 Ficar mais “apertadinha” e com maior fluxo sanguíneo

Aqui nesse ponto temos duas vantagens para o orgasmo da mulher: o primeiro é o maior fluxo sanguíneo, que deixa toda a área muito mais sensível, aumentando o nível de prazer. O segundo, ficando mais “apertadinha”, é possível retardar a ejaculação do parceiro, exercendo pressão na base do pênis.

Ou seja, os movimentos do pompoarismo podem tanto aumentar o tempo de preliminares, como falamos no item anterior, como também ampliar o período do ato sexual. E isso vai elevar o prazer de ambos, viu?

#4 Melhora da fricção entre o canal vaginal e o pênis do parceiro

Como a mulher consegue contrair e até massagear o pênis do parceiro, existirá uma maior fricção no canal da vagina.

Com isso, o orgasmo vaginal, que já falamos ser intenso, fica ainda mais próximo de ser uma realidade, melhorando a qualidade do prazer feminino.

#5 Intensificação das preliminares, melhorando a libido

As preliminares com o seu parceiro também podem ser intensificadas por meio dos movimentos do pompoarismo.

Use o que aprender durante os exercícios como uma brincadeira antes da penetração, por exemplo, deixando que seu parceiro toque sua genitália para sentir o que você aprendeu. Essa é uma forma divertida de também apimentar a relação.

melhorar a libido

Além disso, a própria ginástica íntima melhora a libido a curto, médio e longo prazos.

Isso ocorre por conta tanto do estímulo para produção de substâncias que trazem bem-estar ao cérebro quanto pela melhora que se promove na autoestima da mulher.

Uma vez que a mulher se sente mais dona de si, com controle sobre o próprio prazer, elevando sua autoestima, ela consegue alcançar mais facilmente o orgasmo, pois sua libido estará a mil!

#6 Maior consciência do próprio corpo

Todos os exercícios, seja para contrair e relaxar a musculatura, seja de respiração ou em prol do autoconhecimento, trazem a consciência do próprio corpo.

Isso tem como resultado saber o que exatamente pode proporcionar mais prazer, fazendo com que mulher fique mais solta para conseguir alcançar o orgasmo, escolhendo até qual tipo: clitoriano, vaginal ou ponto G.

# Aceitação do próprio prazer

Por mais que muito tenha se falado e superado quanto aos tabus acerca do prazer feminino, ainda há muito caminho a percorrer.

Buscar saber como melhorar o orgasmo com pompoarismo já é um grande passo para aceitar que é possível, sim, ser feliz com uma vida sexual plena.

Conhecer o próprio corpo, exercitar a musculatura da vagina com as contrações voluntárias da ginástica íntima e unir isso tudo ao fato de aceitar que pode sentir prazer e que isso é maravilhoso: definitivamente a mulher alcançará seu orgasmo — e múltiplos!

Gostou do post? Escreva um comentário. Vou adorar saber as suas experiências!
Beijo!

Faça o download do meu ebook de Pompoarismo e aprenda um passo a passo o exercício hoje mesmo.

Neste guia que virou febre entre as mulheres e já tem mais de 200 mil downloads.