Se você gostou desse Blog clique no +1:

Tipos de pênis e como tirar o melhor proveito de cada formato

Nesse post eu vou explicar quais são os tipos de pênis mais comuns e como você pode tirar o melhor proveito de cada formato.

Você vai ver que algumas posições favorecem alguns formatos  de pênis e que o casal pode sentir muito mais prazer com apenas alguns ajustes simples na hora do sexo, ou até mesmo evitar dores e desconfortos causados por aqueles modelos mais avantajados.

tipos-penis

Eu resolvi escrever esse artigo porque sei que é importante que você conheça e entenda como funciona a anatomia do pênis, assim você vai poder ensinar seu parceiro a utilizar seu “instrumento” da melhor maneira possível.

E se você não é uma mulher muito experiente e só conheceu poucos modelos, hoje você vai ser apresentada aos 10 tipos de pênis mais comuns entre os homens de todo o mundo. Eu até resolvi gravar um vídeo para falar mais detalhadamente sobre cada um deles. A se você gostou desse artigo, eu acho que você também vai se interessar em assistir o vídeo sobre os 10 tipos de vagina, quando terminar de ler esse aqui, passa lá passa assistir.

Tipos de pênis – Estética Íntima do Homem

Além de conhecer a anatomia do corpo do seu parceiro, também é muito importante que você conheça a anatomia do seu próprio corpo, então também vale a pena parar para assistir o vídeo que eu gravei sobre os tipos de vagina, tenho certeza que vai te ajudar.

Pênis Bastão

É um pênis grande, do tipo exagerado. Lembra até um bastão de baseball. É pesado e imponente, podendo ser de moderado a extremamente longo. Em geral, (lembrando que toda regra há uma exceção), há dois tipos de reações a esse pênis: extremo prazer ou extrema dor. Homens com pênis bastão mostram-se auto-confiantes devido ao tamanho do amigão, mas também enfrentam situações constrangedoras quando têm uma ereção inesperada em público ou mesmo durante a relação sexual. Até o sexo oral torna-se difícil devido ao tamanho desse pênis, que atinge em média os 22cm.

Curiosidade: o maior pênis do mundo tem 48cm e o dono tem uma vida sexual super caída.

Tipos de Penis

Pênis Bumerangue

É aquele pênis que faz uma curva para a direita ou para a esquerda. Geralmente as mulheres têm dúvidas sobre o sexo com um homem de pênis bumerangue. “Ele só consegue fazer de um lado? As posições devem ser limitadíssimas!”… Nada disso, meninas! Lembrem-se que o cara com esse tipo de dote nasceu assim, portanto, ele saberá como usá-lo. Caberá a vocês encontrar as melhores posições para encaixes prazerosos! Alerta: se a curvatura do seu parceiro for grande (cerca de 90 graus) ele pode ter uma doença chamada Peyronie, que impede que o pênis fique ereto. Neste caso, o recomendável é procurar um médico.

penis-bumerangue

Pênis Encapuzado

Quando o homem tem uma espécie de capuz na glande (cabeça do pênis), ou seja, sem aquela aparência de cogumelo, é porque ele não foi circuncisado quando era bebê. A operação consiste no corte do prepúcio (a tal pelinha). A cirurgia é comum em vários países e, imposta em algumas culturas como a judaica e a mulçumana.  Há mulheres que relatam um prazer intenso devido à pele ao redor da cabeça do pênis, como um “algo a mais” para se esfregar. Outras, contam que tiveram dificuldade para interagir com o parceiro, principalmente na hora do sexo oral. Há homens não circuncidados que sentem dor intensa durante a transa e acabam recorrendo à cirurgia na fase adulta. Outros, vivem normalmente com o dito-cujo guardadinho no capuz. Importante: uma pesquisa da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore (EUA) revelou que homens que não são circuncidados têm oito vezes mais chances de contrair o vírus da Aids.

Pênis Beringela

É o tipo de pênis que tem uma base fina e a ponta, chamada glande, bem grossa. A principal questão sobre o pênis beringela deve-se ao sexo oral. A diferenciação de tamanho ao longo do pênis exige habilidade para uma performance sem incidentes que prejudicam o parceiro, como mordidas indesejáveis.

Pênis Cenoura

É o oposto do beringela, ou seja, tem uma ponta fina e uma base grossa. A relação sexual com um homem de pênis cenoura pode ser bem interessante para algumas mulheres, já que a penetração torna-se mais intensa quando o parceiro introduz toda a extensão do pênis na vagina.

Pênis Grand Canyon

Alguns homens têm o pênis com veias mais à mostra do que outros. É a espessura da pele que provoca essa diferenciação. O pênis Grand Canyon é aquele com pele mais fina e mais rugosidades. Quando excitado, as veias ficam ainda mais evidentes. Isso tem a ver com o fluxo sanguíneo, que ajuda o pênis a ficar ereto.

Pênis Pequeno Cogumelo

É um pênis menor do que a média, que segundo um estudo do BJU International é de 13,24 cm quando ereto. O pênis cogumelo além de ser pequeno possui uma glande (cabeça) avantajada, lembrando de fato um pequeno cogumelo. A maioria dos homens possui uma sensibilidade prazerosa logo abaixo dessa glande. Eles agradecem quando as parceiras se dedicam à essa área durante o sexo oral ou mesmo durante a estimulação manual.

Pênis Ovo de Páscoa

Mais comum em homens acima do peso, esse pênis fica quase que escondido em meio ao excesso de gordura. Ele parece estar preso no “ninho”, é pequeno e precisa ser explorado para a descoberta do prazer. Geralmente, a penetração por trás é a que dá mais satisfação ao casal.

Pênis Baguete

É um pênis fino e longo. Homens com esse perfil devem contar sempre com uma dose extra de lubrificação para evitar lesões durante a transa. A sorte do pênis baguete é a flexibilidade vaginal da mulher, que pode aumentar de largura e profundidade, garantindo uma boa aceitação deste formato de pênis. Se o seu parceiro tem esse formato, os exercícios de pompoarismo podem incrementar ainda mais o prazer de vocês.

Pênis Indeciso

É o pênis com a curvatura iniciada para um dos lados, mas que termina para o outro. É também chamado de parafuso ou “S”. Assim como os nascidos com o pênis bumerangue, os homens dotados deste tipo de pênis desenvolveram ao longo do tempo uma habilidade peculiar para guiar sua ferramenta. O casal deve investir em posições na qual o homem se favoreça da curvatura de modo a tocar o ponto G da parceira.

Agora que você já conhece os tipos de pênis mais comuns, se liga na dica mais importante!

O segredo para conhecer o tipo do pênis do seu parceiro é observá-lo, admirá-lo e explorá-lo, claro, com aquele toque especial.

Para melhorar ainda mais o sexo, eu sempre recomendo o pompoarismo, pois eu pratico há algum tempo e isso faz toda a diferença na hora do sexo e também para a minha saúde.

O exercício é muito simples, você precisa apenas de alguns minutos diários e pode praticar em qualquer lugar, já que ninguém irá perceber. Além disso, os exercícios aparecem em pouco tempo. Eu tenho um curso de pompoarismo online e tenho milhares de alunas que contam como suas vidas mudaram depois de começarem com a ginástica íntima e melhoraram sua autoestima e seu relacionamento. Clique abaixo no botão para saber mais sobre pompoarismo e as aulas!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

  • Muito legal a matéria!!! É fantástico podermos reconhecer as singularidades e admirá-las. Que tal uma matérias sobre os diferentes tipos de vulvas?! 🙂

    • Gostei da sugestão e criei uma matéria sobre tipos de vulva, dá só uma olhada:
      http://www.mulheresbemresolvidas.com.br/tipos-de-vagina/

      • davi

        Catia, tenho o penis coberto e não sinto desconforto não, creio que isso seja um caso de cada pessoa como dois amigos meus que operaram. Eu não opero meu hulk de heito nenhum rsrs. ele é todo coberto na glande e tenho duas vantagens, a masturbação acho bem gostosa pois a pele que recobre ele, ipede que eu tenha contado direto da minha mão com as extremidades da glande e durante o sexo, acho que se não fosse coberto, seria mais rápido a ejacução. Tanto é que de certa forma consigo controlar a ejaculação e só gozo quando minha parceira goza. Outra coisa… Quando tiro coloco a cabeça toda pra fora na hora de gozar o jato sai extremamente mais forte kkkkkkkk geralmente rimos muito! fica a dica aew

  • Carlos

    Ri muito aqui com a matéria.
    Mulher bem-humorada é tudo de bom…rs

  • Yuu-chan Yagami

    Eu tnho ple em volta do meu pênis há cso deu pgr uma aids ?

  • ricardo francisco

    Oi boa tarde como identificar o nome do meu penis alguem sabe dizer

  • Leão

    Gostei desta matéria, tenho 25 anos, o pênis é o que diz o grande canyon, mas por vezes tenho receio de magoar a parceira e sinto-me mal por isso. Daí, eu adaptar posições como a de lado, que sei que lhe dá grande prazer. Obrigado

  • Elcio

    quanto ao tamanho, meu penis tem aproximadamente 23 cm e é razoavelmente grosso e tenho dificuldade na ereção. Quando estou totalmente com o penis ereto a parceira fica com receio, algumas ja me deixaram literalmente de pau duro e foram embora. quais as posições mais conforaveis pra vcs no caso de homens com penis mais avantajados? Eu gosto das posiçoes de 4 e o que aqui na minha região chamam de frango assado, mas ja causei sangramento em uma namorada e tenho receio de realizar estas posições.

  • Rafael

    Cátia, aos 3:16 do seu vídeo você fala que o excesso de pele dificulta o prazer. Isso não foi comprovado cientificamente. É mito.
    A remoção apenas diminui os riscos de contaminação de DST. Isso depende da amostra em análise, e no caso os estudos foram feitos em regiões da África.
    Se não há motivo religioso, a circuncisão não é regra e também não será sempre recomendada pelos médicos. E outra coisa, circuncisão e fimose são duas coisas diferentes. Porque desde os tempos antigos alguns homens fazem circuncisão mesmo sem ter fimose (só por tradição). Eu acho que você quis falar postectomia. Só queria esclarecer esses pontos, porque é como dizer que um pênis grande dá mais prazer…isso também é mito.
    Abraço, tudo de bom.
    Fontes: http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/postectomia-os-mitos-e-verdades-sobre-sua-influencia-na-vida-sexual.htm
    http://www.uropedjf.com.br/artigos/fimose_-_perguntas_mais_frequentes
    http://www.mdsaude.com/2011/05/circuncisao.html
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2013/01/03/interna_ciencia_saude,342167/cirurgia-de-retirada-do-prepucio-fecha-uma-porta-de-entrada-para-doencas.shtml