Se você gostou desse Blog clique no +1:

Como fica a vagina depois do parto? Você não vai acreditar!

Tem muita mulher que ainda nem engravidou e já está pensando em como fica a vagina depois do parto. Ao mesmo tempo, alguns homens até forçam a parceira a escolher pela cesariana porque não querem que a vagina da mulher fique diferente. O medo do alargamento vaginal depois do parto natural é uma preocupação para você também?

Neste artigo, vou falar sobre este grande mito a respeito de como fica a vagina depois do parto, recomendando também algumas práticas que ajudam a preparar sua musculatura para esse momento tão importante. Boa leitura!

vagina depois do parto

Para acabar com suas dúvidas e inquietações sobre como fica a vagina depois do parto, neste artigo vou falar sobre os seguintes temas:

  • Como fica a vagina depois do parto
  • Alargamento vaginal pós-parto
  • Sexo depois do parto normal
  • Como a ginástica íntima ajuda a preparar a vagina para o parto

Espero que, depois dessa leitura, você fique muito mais tranquila para aproveitar sua gravidez com tranquilidade, sem se preocupar em ficar com a vagina frouxa depois de conceber seu bebê.

Como fica a vagina depois do parto

Quando a gente ainda não teve filho ou não assistiu a um parto natural, parece mesmo impossível que um bebê passe pelo espaço da sua vagina sem causar um grande estrago.

A verdade é que, na maioria das vezes, o parto não altera de fato o tamanho da vagina, como muitos pensam, pois a musculatura volta ao normal algum tempo depois.

É claro, em alguns casos, porém, os nervos e musculatura da região podem sim se danificar, alargando o canal vaginal. Isso acontece principalmente com mulheres que tiveram mais de uma gestação com parto normal.

Mas sabia que esse não é o único motivo para o alargamento da musculatura vaginal? Como qualquer outro músculo de nosso corpo, ele perde elasticidade ao longo do tempo, tornando-se mais flácido. Ou seja, mesmo que nunca tenha filhos, você pode ficar com a “vagina frouxa”.

Eu sou uma grande defensora do parto normal, acho que esta deve ser a escolha das mulheres sempre que não houver risco para si mesma ou para o bebê. O parto normal é muito mais saudável e natural, com recuperação mais fácil e também menos riscos. E, se você está preocupada com o alargamento vaginal, fique tranquila, ao fim deste artigo vou ensiná-la como preveni-lo!

Não desista de ter parto normal apenas pelo medo de como ficará sua vagina depois dele. Esta é uma decisão que precisa ser tomada pensando no que é melhor para a saúde do seu bebê! Existem técnicas que a ajudam a prevenir a flacidez vaginal e ainda a ter um parto mais tranquilo.

Alargamento vaginal pós-parto

vagina larga parto

Para entender melhor como fica a vagina depois do parto e porque pode haver alargamento vaginal, é preciso saber um pouco mais sobre essa musculatura, chamada de assoalho pélvico.

Como falei, essa musculatura é igual à de qualquer outra parte de nosso corpo, sofrendo efeitos do tempo, da idade e da falta de exercício. A flacidez do assoalho pélvico traz alguns problemas para nossa saúde como mulher, como a incontinência urinária (bexiga solta), a dor durante a relação sexual ou até mesmo a aparência diferente.

Na gestação, além do parto em si, esses músculos sofrem o efeito de outros elementos, que independem se o bebê nascerá por parto natural ou cesariana. A mudança hormonal e o aumento de peso são os principais impactos, que sobrecarregam o assoalho pélvico, podendo prejudicar sua elasticidade.

Além do parto normal, são vários os motivos pelos quais a musculatura vaginal pode ficar flácida e se alargar. É preciso conhecê-los para tentar prevenir que isso aconteça.

Sexo depois do parto normal

sexo depois da gravidez

O principal motivo para as mulheres quererem saber como fica a vagina depois do parto está relacionado à vida sexual. Afinal, principalmente depois da primeira gestação, abre-se um mundo diferente para mulher, já que seu corpo muda e ela passa por uma série de adaptações em sua vida.

Vale lembrar que, após o parto, a mulher deve se resguardar do sexo por um período de 30 a 40 dias, sempre com acompanhamento médico. Isso porque existem riscos de infecções e de desconforto, uma vez que a região ainda está em recuperação.

Passado esse tempo, você e seu parceiro precisam conversar e estar prontos para lidar com diferentes situações, como a diminuição da libido, a ansiedade e, até mesmo, a possibilidade do alargamento vaginal. De qualquer forma, não há porque ter medo do sexo depois do parto!

Lembre-se que esta é uma nova fase em sua vida, que pode exigir adaptações. Isso não significa, porém, que sua vida sexual irá mudar. Com diálogo e paixão, o clima da relação voltará a esquentar depois de tanto tempo de gestação e de resguardo!

Como a ginástica íntima ajuda a preparar a vagina para o parto

Talvez você tenha chegado a esta parte do artigo um pouco assustada, pensando que não é possível fugir do alargamento da vagina depois do parto e que sua vida sexual será diferente depois de ter filhos.

Nada de pensar assim, você precisa se informar e tomar uma atitude positiva para passar por este momento tão importante e especial!

É possível que já tenha se informado e descoberto a respeito de cirurgias de reconstrução vaginal, que alguns médicos recomendam e muitas mulheres fazem após um intervalo de cerca de seis meses após o parto. Mas por que você pensaria em passar por uma intervenção cirúrgica sem antes tentar algo muito menos agressivo e mais positivo para seu bem-estar?

Como qualquer mudança que acontece em nosso corpo, o melhor é sempre prevenir do que remediar, o mesmo acontece em relação ao alargamento vaginal. E, para evitá-lo, o que médicos e fisioterapeutas mais recomendam é uma prática sobre a qual sempre falo por aqui: a ginástica íntima, também conhecida como pompoarismo ou exercícios de Kegel.

Os exercícios vaginais trazem uma série de benefícios para o corpo, como melhor funcionamento do intestino, prevenção de infecções vaginais, diminuição dos efeitos da menopausa e maior prazer durante o sexo.

Na gravidez, a ginástica íntima ajuda a preparar e fortalecer a musculatura para a hora do parto, prevenindo o alargamento da vagina e também tornando este momento mais fácil para a mulher, que saberá dosar a força que deve fazer a cada momento.

O recomendado é começar a prática a partir do 4° mês de gestação, continuando depois da recuperação do parto. Minha dica é, inclusive, que você adote a prática para o resto da sua vida, aproveitando todos os benefícios para sua saúde e vida sexual!

como fica a vagina depois do parto

Sua gestação não precisa ser tomada de preocupações sobre como fica a vagina depois do parto. Se você começar a se cuidar com antecedência, apostando na ginástica íntima, não há motivos para se preocupar com o alargamento vaginal. Aproveite esta fase com tranquilidade!


Você está se preparando para ter um bebê e ainda tem dúvidas sobre os cuidados a tomar para preparar sua musculatura vaginal para o parto? Deixe sua pergunta aqui nos comentários deste artigo!

E não esqueça de compartilhar este conteúdo com as suas amigas que possam ter interesse sobre o assunto também!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

  • samara

    Estou de 7 meses, posso começar o curso de pompoarismo agora?

    • Oi, Samara! Não tem problema nenhum você começar a a fazer o curso agora, apenas evite o uso dos acessórios. Super beijo!

  • Marjory Calefe

    Tive dois partos normais, onde o segundo optei por não fazer episio e tive laceração de segundo grau…com isso senti que minha vagina ficou mais flácida. Fazia os exercícios lá mas acho que não eram suficientes. Agora, 5 meses depois do parto, se eu pegar firme nos exercícios tenho como fortalecer a musculatura novamente ou só a cirurgia pra consertar mesmo?