Como lidar com a rejeição amorosa: é possível com essas 12 dicas - Mulheres Bem Resolvidas

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Como lidar com a rejeição amorosa: é possível com essas 12 dicas

Provavelmente quase todo mundo já passou por essa situação.

Você tem uma queda enorme por alguém, mas tem medo de dizer qualquer coisa porque não quer se machucar.

Então, quando finalmente tem coragem para confessar os sentimentos, é exatamente isso que acontece – se machuca!

Rejeição realmente não é divertido. Quanto mais você gosta de alguém e mais constrói o relacionamento de fantasia em sua mente, mais difícil é superar.

De alguma forma, você esperava que ele gostasse de você, mas agora que sabe que isso não vai acontecer, tudo o que você quer fazer é ficar na cama, lamentando sua dor.

Então, a boa notícia é que você pode superar isso! Olha, sua dor e sofrimento são apenas temporários – na maioria dos casos – e todo esse sofrimento é devido a fatores que estão sob seu controle, viu?

Por isso, no texto de hoje, eu vou dar algumas dicas  de como lidar com a rejeição.

Vamos abordar os seguintes tópicos:

  • A rejeição é o medo número um entre os seres humanos;
  • Ser rejeitada no amor;
  • As várias formas de rejeição;
  • A tendência é se culpar;
  • A ciência explica o medo da rejeição ;
  • Como lidar com a rejeição – dicas práticas;
  • Siga em frente.
Como lidar com a rejeição - uma das necessidades mais profundas dos seres humanos é a necessidade de pertencer e ser aceito.

A rejeição é o medo número um entre os seres humanos

Uma das necessidades mais profundas dos seres humanos é a necessidade de pertencer e ser aceito. Quando você é rejeitado de uma maneira ou de outra, falha em satisfazer essa importante necessidade.

Alguns desejos comuns, como o sucesso, e medos, como o fracasso, não parecem estar ligados ao medo de rejeição à primeira vista.

No entanto, quando você os olhar mais de perto, verá que o sucesso geralmente pode ser interpretado como uma forma de aceitação; e o fracasso pode ser visto como uma forma de ser rejeitada.

Ser rejeitada no amor

É muito difícil lidar com a rejeição amorosa.

O sofrimento que vem com esse tipo de rejeição é consideravelmente mais difícil do que na maioria dos outros tipos.

Curiosamente, muitas pessoas tendem a amar e desejar aqueles que não são tão apaixonados por eles.

Parecer ser rejeitada ou apenas o medo de ser rejeitada nos torna mais apaixonadas pelo que não podemos ter, nos fazendo sofrer ainda mais. Quando você perceber que é a primeira vez que está sendo rejeitada, poderá não conseguir falar e se sentir fisicamente doente. Sintomas físicos e psicológicos – como não conseguir dormir, trabalhar e se concentrar – podem persistir por várias semanas.

Embora a intensidade de suas emoções negativas desapareça gradualmente, você continuará tendo bons e maus dias. Pouco a pouco, você saberá como lidar com a rejeição e aprenderá a aproveitar sua vida novamente e começará a perceber outras oportunidades.

As várias formas de rejeição

A rejeição pode ocorrer fora e dentro dos relacionamentos.

Há formas óbvias, como recusar um encontro, ou quando um namorado termina um relacionamento de muitos anos. Mesmo se você é a única que termina com alguém, você pode se sentir rejeitada se seu parceiro não lutar por você.

Mas em um relacionamento, também é possível experimentar todos os tipos de rejeição do parceiro.

Essas formas menos óbvias podem incluir a rejeição por sexo ou intimidade, quando um parceiro escolhe constantemente a academia ou os amigos. Por exemplo, pode ser gastando muito tempo nas mídias sociais quando você está sentada ao lado dele, ou mesmo quando ele é crítico.

Como lidar com a rejeição - independentemente da forma que a rejeição possa ocorrer, ouvir que alguém não quer ficar com você pode fazer você se sentir como se não fosse boa o suficiente.

A tendência é se culpar

Independentemente da forma que a rejeição possa ocorrer, ouvir que alguém não quer ficar com você pode fazer você se sentir como se não fosse boa o suficiente.

Então você começa a questionar seu próprio valor! Quando ouvimos ‘não’, nos perguntamos o que há de errado conosco. Embora seja difícil, é importante tentar não levar a rejeição para  o lado pessoal, especialmente dentro de um relacionamento.

A rejeição pode não ter nada a ver com você e ser mais relacionada a questões como insegurança ou medo do outro. Saber disso é uma das primeiras dicas de como lidar com a rejeição.

A ciência explica o medo da rejeição

Um estudo da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, descobriu que a rejeição realmente ativa as mesmas partes do cérebro que a dor física!

Isso sugere uma vantagem evolutiva em experimentar a rejeição como dor, de acordo com Guy Winch, psicólogo e autor do livro Como curar suas feridas emocionais – Primeiros socorros para a rejeição, a culpa, a solidão, o fracasso e a baixa autoestima.

Esse fenômeno é um legado de nosso passado de caçadores-coletores, quando vivíamos em tribos nômades. Quando uma pessoa não podia sobreviver sozinha sem sua tribo, a rejeição servia como um sistema de alerta precoce que nos alertava que corríamos o risco de sermos excluídos.

Aqueles que experimentaram-na como mais dolorosa prestaram mais atenção na correção de seu comportamento do que aqueles que não o fizeram. Assim, eles foram capazes de permanecer na tribo e proteger suas vidas (e as de sua futura descendência). Ao longo de muitas gerações, experimentar a rejeição como dolorosa teve uma vantagem de sobrevivência, e nosso cérebro ficou ligado a essa resposta padrão.

Como lidar com a rejeição - talvez você tenha aprendido que sua paixão não era mútua ou seu amigo parou de aceitar suas ligações.

Como lidar com a rejeição – dicas práticas

A seguir, separei algumas dicas simples de como lidar com a rejeição e começar uma nova etapa  na sua vida. Confira!

1. Permita-se viver o luto

Você teve suas esperanças frustradas.

Talvez você tenha aprendido que sua paixão não era mútua ou seu amigo parou de aceitar suas ligações.

Isso pode resultar em um nó complicado de sentimentos, e identificar cada um pode iniciar o processo de recuperação.

Aceite o fato de que você é um ser humano com emoções e dê tempo para sentir o que está sentindo.

Às vezes, permitir-se ter esses sentimentos reduz lentamente a intensidade. Permita-se viver o luto!

Embora odiar a nós mesmos seja um desperdício de tempo, tentar cortar ou afastar nossos sentimentos geralmente não nos serve quando vivenciamos um evento doloroso em nossas vidas.

Dessa forma, é importante nos permitir sentir a tristeza ou a raiva que desperta em nós quando nos sentimos rejeitadas.

2. Cure seu ego machucado elevando sua autoestima

A coisa mais importante que precisamos fazer para curar a ferida emocional causada pela rejeição é focar na nossa autoestima, concentrando-se no que nos torna únicas.

À vista disso, fazer uma lista de qualidades positivas que você sabe que já possui pode restringir o diálogo interno negativo após o golpe da rejeição e ajuda a se recuperar mais cedo.

Alem do psicológico, cuide também do exterior. Vá a um cabeleireiro, a uma manicure, compre uma roupa nova, mude o visual. Essas pequenas ações dão um up na nossa alto estima.

3. Não olhe para trás com óculos cor de rosa

Quando experimentamos uma rejeição, geralmente estamos mais inclinadas a melhorar quem quer que esteja nos rejeitando.

Aliás, os trabalhos podem começar a soar melhor quando não os obtemos. Os encontros podem parecer mais atraentes depois que eles não ligam novamente. E relacionamentos que eram difíceis ou que nos tornavam infelizes podem começar a parecer ótimos quando terminam.

Por isso, lidar com uma rejeição é muito mais difícil quando estamos de luto por algo que realmente não existia da maneira como nos lembramos.

Geralmente, quando um parceiro decide terminar o relacionamento, a outra pessoa fica de luto, não apenas do relacionamento, mas da fantasia que ela criou de estarem conectados ao outro. Ela esquece ou ignora a maneira como brigavam, as partes que não se encaixavam tão bem com a outra pessoa e as qualidades que não gostava no parceiro ou no relacionamento.

Como lidar com a rejeição - muita dor vem do fato de você ter se concentrado demais em uma pessoa.

4. Seu interesse não é a única pessoa no universo

Muita dor vem do fato de você ter se concentrado demais em uma pessoa.

Você coloca todos os seus ovos emocionais em uma cesta. Eles podem parecer que são os únicos para você agora, mas a verdade é que eles não são.

Olha, existem aproximadamente 7 bilhões de pessoas no planeta no momento em que você esteja lendo esse texto, e as chances são de que pelo menos duas ou três delas sejam boas para você.

Mais do que provável: existem milhares de pessoas pelas quais você pode se apaixonar. O melhor de tudo é que algumas dessas pessoas podem retribuir!

5. Enxergue além

Eu sei. É difícil ver além da única pessoa que você ama no momento. Mas o amor é algo que também podemos cultivar, viu?

Olhe para todas as pessoas ao seu redor. Tente encontrar algo que você ama em cada uma delas, mesmo quando não estiver interessada romanticamente. Este é um bom exercício mental para lembrá-la de que as características pelas quais você é atraída pelo seu interesse amoroso também existe em outras pessoas.

Aliás, o principal é perceber que seu pretenso amante não é o detentor exclusivo de todas as coisas que você acha atraentes neste mundo. Essa é uma das dicas mais certeiras de como lidar com a rejeição.

6. Se o seu interesse amoroso não a ama, então vocês não são bons um para o outro

Muitas pessoas gostam de argumentar que “seríamos perfeitos um para o outro!” quando são rejeitados por alguém que amam.

A verdade é que você não é perfeita para o outro. Se você fosse, então vocês estariam juntos. Você nunca sabe realmente se é “perfeita” para alguém até que esteja com ele por algum tempo, de qualquer maneira.

Como você sabe que não ficaria doente depois de algumas semanas? Nas fantasias da sua mente, você provavelmente construiu esse relacionamento imaginário que era tão perfeito e cheio de unicórnios e borboletas, mas a verdade pode ser muito diferente dessa fantasia.

Portanto, não há razão para lamentar melancolicamente o que “poderia ter sido”.

7. Aprenda algo novo, faça uma viagem

Aprender uma nova habilidade pode ser desafiador.

Além dos benefícios óbvios, nos ajuda a curar, mantendo-nas ocupadas e focadas. Para tornar as coisas ainda melhores, aprender uma nova habilidade pode ajudar a descobrir novas oportunidades ou conhecer novas pessoas.

Além disso, novos lugares sempre são divertidos de explorar e, assim como as sugestões acima, eles desviam sua atenção dos pensamentos negativos e aumentam a emoção de sua vida.

8. Evite uma mentalidade de vítima

Embora seja muito importante reconhecer e sentir nossos verdadeiros sentimentos, não serve para nada nos sentir vitimadas pelas circunstâncias.

Após uma rejeição, pode ser tentador ceder excessivamente à raiva ou refletir sobre as circunstâncias, mas isso pode levar a uma mentalidade vitimizada, ao sofrimento e nos deixar com a sensação de que não temos muito poder. É importante ter um senso de integridade em nossas ações, mesmo quando nos sentimos mais feridas e vulneráveis.

Embora a prática da autocompaixão seja recomendada, devemos reconhecer que isso é muito diferente de se sentir ou agir como vítima.

Desenvolva uma personalidade atraente, cuide da sua autoestima e aprenda com os erros para seguir em frente e ir em busca do próximo relacionamento da maneira correta!

Tudo isso no meu curso! Confira!

Descubra como criar uma personalidade envolvente e conquiste o homem que você quiser!

Se você acha que está pronta para aprender mais sobre os princípios da atração, aqui está sua chance!

9. Abrace sua individualidade

Após uma rejeição, é fácil surgir insegurança e ter menos certeza de nós mesmas.

Se terminarmos com alguém, podemos nos sentir deslocadas. Pode ser doloroso revisitar certos lugares, pessoas ou atividades por um tempo. No entanto, este momento no tempo apresenta uma oportunidade de realmente conectar-se à nossa individualidade.

Seja o que for que nos ilumine e nos torne quem somos, devemos perseguir, sejam velhos amigos, lugares e atividades, ou novos. Tentar coisas novas pode nos mostrar de maneiras grandes e pequenas que existem novas oportunidades. Podemos descobrir novas partes de nós mesmas. Manter velhas conexões que são importantes para nós mostra que temos uma vida inteira fora de qualquer rejeição que experimentamos e que a vida continuará.

10. Converse com um amigo

Guardar para si a rejeição pode fazer com que ela pareça muito pior do que realmente é.

Conversar com um amigo ou membro da família pode ajudá-la a liberar suas emoções reprimidas e começar a ver a situação com olhos claros e sóbrios. Apenas desabafar pode permitir que você comece a descobrir o que aconteceu e o que você pode fazer para seguir adiante.

E se você preferir, seu amigo poderá oferecer conselhos de sua própria vida e vocês dois descobrirão pelo menos o início de um plano de como seguir em frente!

11. Não pense que é tudo sobre você

Como dissemos lá em cima, é fácil cair na armadilha de pensar que há algo errado com você, por exemplo, se não conseguir um segundo encontro.

Mas não é assim que a vida funciona.

A outra pessoa pode ter suas próprias dúvidas. Ou coisas do passado que ele ou ela ainda não mudou. Ou essa pessoa pode simplesmente estar procurando por algo ou alguém além de você.

É assim que a vida é. Portanto, veja se você pode aprender algo com a situação, mas não coloque tudo o que acontece em si mesma. E isso obviamente se aplica além do namoro quando, por exemplo, você lida com a rejeição de amigos ou quando tenta lidar com uma rejeição no trabalho.

12. Lembre-se: isso é temporário, não permanente

Quando você for rejeitada, poderá começar a pensar que isso é permanente, que a dor sempre estará lá.

E que você sempre falhará nesta área da vida e será empurrada para longe. Não se deixe seduzir por um pensamento tão destrutivo. Em vez disso, lembre-se destas duas coisas:

Só porque você foi rejeitada hoje em um encontro ou em uma entrevista de emprego não significa que será rejeitada em uma situação semelhante na próxima semana – mesmo que possa parecer assim agora.

A verdade é que isso é apenas uma situação temporária e não vai durar o resto da sua vida. Se você seguir em frente, passo a passo, continuar aprendendo e não rotular-se como uma fracassada. Por isso, não coloque esse rótulo em si mesma.

Siga em frente

Siga essas dicas de como lidar com a rejeição e você verá como todo o processo se tornará mais fácil.

Lembre-se: se ele não quer você e não sabe o quão boa você é, não há necessidade de convencê-lo.

Há alguém esperando lá fora que vai abraçar e aceitar você; então deixe-os ir e abra espaço para que novos amores cheguem. Processe o que aconteceu, aprenda o que puder, mas não deixe a rejeição tomar conta da sua vida por muito tempo. Não deixe ficar presa por semanas ou meses.

Liberte-se, mesmo que seja aos poucos no início.

Daqui a algum tempo, você vai olhar para trás e rir de toda essa situação.

Bônus Vídeo – Outras Dicas de como lidar com a rejeição amorosa!

Fiz esse pequeno vídeo para meu canal com algumas outras dicas e técnicas de como lidar com a rejeição. Confira!

Gostou do texto? Quer saber mais sobre outros assuntos? Acompanhe sempre o blog MBR e confira novos artigos toda a semana!

Beijo!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhuma avaliação)