X

Sexualidade e seus tabus

A sexualidade,  embora esse termo possa parecer algo incógnito, cheio de preconceitos, de moralismo, de dúvidas, de informações incorretas, é muito importante na vida do indivíduo e está presente em todas as fases do desenvolvimento.

Relacionada com a busca do prazer e não se limita apenas aos atos sexuais, mas também tem a ver com a nossa razão, com a vida, sensações, sentimentos e emoções relacionados ao prazer.

Como envolve diversas dimensões humanas, é um tema muitas vezes difícil de ser tratado repleto de estereótipos e tabus e é sobre isso que vamos conversar hoje.

Sexualidade sem julgamento

Aprenda mais sobre sexualidade sem tabu clicando aqui

O desenvolvimento da sexualidade

Você sabe me responder qual a é a fonte do prazer? Freud foi a primeira pessoa a descrever a sexualidade. Para ele, todos os impulsos e atividades prazerosas são sexuais.

As crianças, por exemplo, de forma curiosa descobrem as sensações, o prazer que podem sentir com cada parte de seu corpo. É nesse momento que elas começam a perceber as diferenças entre homem e mulher e a construir sua identidade sexual.

Para Freud a busca do prazer é a maneira que temos para dar vazão ao forte impulso sexual que chamamos de libido. Nesse momento acaba a curiosidade é despertada e perguntas como onde vem os bebês? E várias outras, acabam surgindo e todas elas devem ser respondidas com naturalidade e transparência.

Sexualidade e a liberdade sexual

A sexualidade deve ser vivenciada sem tabus ou preconceitos e infelizmente, a nossa sociedade tem uma moral sexual repressiva.

Não abordamos o tema com naturalidade e abertamente como deveríamos, e quando isso acontece, no mínimo, você é taxada de “pervertida” ou algo do tipo.   Por isso é importante que os pais conversem abertamente com os seus filhos, sobre todo e qualquer assunto.

Principalmente sobre sexualidade, para que eles possam se conhecer, aprender a respeitar seu corpo e compreender os seus desejos da maneira correta, porque o corpo pode estar preparado, mas o psicológico pode não estar e para uma sexualidade sadia é necessário amadurecimento e conhecimento para poder vivenciá-la sem culpa.

Sexualidade na adolescência

Do latim ADOLESCERE, adolescência significa: fazer-se homem/mulher ou crescer na maturidade. A sexualidade nessa fase traz transformações corporais e psicológicas, período bastante intenso na vida dos jovens, onde muita coisa acontece ao mesmo tempo, e os hormônios estão à flor da pele.

Transformações que podem trazer medo e insegurança, por isso a orientação sexual se faz tão importante nessa fase, porque a maturidade ainda está sendo desenvolvida.

Educar, orientar e ensinar não é papel apenas dos professores:

Essa não é uma função apenas dos professores, os pais também são responsáveis por ensinar os filhos e conversarem sobre sexo, sexualidade e sobre a responsabilidade que é ter relações sexuais e todas essas mudanças que ocorrem nesse período.

Coisas que parecem ser simples, mas que devem ser ensinadas como a importância do jovem se proteger durante as relações sexuais, e não só os jovens, mas todos nós.

Assim, evitando uma gravidez precoce ou indesejada, se prevenindo de doenças, tendo responsabilidade afetiva em suas relações, entre outros assuntos relacionados a sexualidade que devem gerar dúvidas e devem ser colocados na mesa e de hipótese alguma devem ser reprimidos.

Nessa fase o adolescente acaba vivenciando vários lutos, dentre eles está o luto do corpo infantil. Onde eles terão que lidar com sua nova imagem, se preparando para a fase adulta.

A não aceitação dessas mudanças e a não elaboração do luto do corpo infantil pode levar o jovem a ter conflitos internos que fazem com que eles busquem aceitação de alguma forma. Por isso é tão comum jovens buscarem se encontrar experimentando novas experiências como tatuagens, piercings e modas irreverentes do momento.

Essa cultura do corpo se apresentará também nos grupos/tribos que o adolescente pertence. Sua forma de se vestir, de cortar o cabelo, de andar o levará a pertencer a um determinado grupo social. É a fase, e as fases passam e contribuem bastante a nível desenvolvimento pessoal.

Sexualidade, paixão, amizade e sexo

Quem nunca investiu a energia sexual em alguém ou algum brinquedinho erótico?

A questão é que temos uma imagem formada do nosso objeto de desejo, que é aquilo tudo que vem satisfazer o nosso impulso, muitas vezes inconsciente. Procuramos e identificamos algo que se assemelha a ele, e investimos o nosso desejo, a nossa libido e o amamos. A paixão em si é a ampliação do desejo.

Paixão: que é o estado do estar amando, é o extremo do investimento libidinal no objeto de desejo. É a entrega total ao outro sem o enriquecimento do eu, o indivíduo faz tudo o que outro deseja.

Amizade: a sexualidade na amizade é uma relação afetiva sem finalidade sexual, em que  através de identificação enriquecemos e formamos nossa própria personalidade. É como se “recolhêssemos parte” da pessoa e trouxéssemos para dentro do nosso psiquismo trazendo assim para nossa personalidade.

Sexo: nós seres humanos somos curiosos por natureza, a descoberta nos move e se relacionar com pessoas do mesmo sexo ou do oposto para saber o que realmente nos nos atrai é totalmente normal. Nesse momento, sua energia sexual passa a ser direcionada para um objeto de desejo (o outro) seja quem ele for, posto que são sentimentos que se misturam.

Liberdade e sexualidade: Cada um tem a sua

Liberdade consiste no exercício de uma sexualidade liberada e liberta. Isso porque ela integra a própria condição humana, e, ninguém pode realizar-se nesta vida se não tiver assegurado o respeito ao exercício da sexualidade, conceito que compreende a liberdade sexual, visando a liberdade da livre orientação sexual.

Tendo sempre em mente a ciência da importância da responsabilidade sexual que precisamos nos cuidar não só pensando na gravidez, mas também na questão de transmissão de infecções sexualmente transmissíveis, como Aids, sífilis, HPV, gonorreia, entre outras IST. Todos devemos ser responsáveis pelas ações que cometemos em todos os âmbitos da vida.

Espero que você tenha gostado do conteúdo e caso precise de alguém para conversar sobre sexualidade ou sentimentos, estou aqui para te ajudar.

Rosana Calicchio

Certificação: 39122021
Este texto foi escrito por uma profissional MasterLove certificada. Para acessar o perfil da Rosana Calicchio na plataforma e agendar a sua sessão de atendimento com ela, clique no botão abaixo:

Artigos Relativos