Orgasmo Vaginal e Orgasmo Clitoriano: Qual é a diferença?

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Orgasmo Vaginal e Orgasmo Clitoriano: Qual é a diferença?

Muitas mulheres não sabem, mas, na hora do sexo, existem duas formas de atingir o ápice do prazer, ou seja, dois tipos de orgasmo: o orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal. A diferença está na parte do seu corpo que será estimulada na hora da relação, o clitóris ou a vagina. Seja pela estimulação clitoriana ou pela penetração vaginal, chegar ao orgasmo é sempre um momento importante para o casal e, principalmente, para você!

Por isso, gravei o vídeo abaixo, no qual explico as diferentes reações do orgasmo vaginal e clitoriano no seu organismo e, de quebra, dou um belo recado para os homens, que muitas vezes “cobram” o orgasmo vaginal da mulher.

Clique aqui para aprender os exercícios que estimulam o autoconhecimento e aumentam as chances de um orgasmo vaginal.

A diferença entre orgasmo clitoriano e vaginal

Apesar de existirem dois tipos de orgasmo, o clitoriano é muito mais comum, levando, inclusive, muitas pessoas a duvidar que o orgasmo vaginal de fato exista. A boa notícia é que o orgasmo pela penetração vaginal existe (e é maravilhoso)! Mas qual a diferença entre ele e o orgasmo clitoriano?

A melhor explicação que já li sobre o assunto foi no livro Amor e Orgasmo, de Alexander Lowen. O livro revela uma pesquisa em que mulheres relatavam suas experiências com orgasmos vaginais e clitorianos.

A maioria delas explicou que o orgasmo vaginal atinge o corpo como um todo, é mais prolongado e profundo. No dia seguinte a um orgasmo vaginal, elas relataram um alívio, uma sensação de tranquilidade e plenitude, enquanto que, no dia seguinte a um clitoriano, disseram se sentir ansiosas e agitadas.

O orgasmo clitoriano, portanto, seria um pico de prazer, mais local e agudo, porém com uma sensação de esvaziamento (que explicaria a ansiedade e agitação do dia seguinte).

O que é orgasmo vaginal e por que é mais difícil atingi-lo?

orgasmo vaginal

O orgasmo vaginal é aquele provocado pela estimulação causada pela penetração do pênis na vagina. Assim como o orgasmo clitoriano, ele causa contrações involuntárias e rítmicas na musculatura vaginal, responsáveis por dar a você a sensação de prazer.

Do ponto de vista fisiológico, os dois tipos de orgasmo acontecem de forma semelhante. Tanto a vagina quanto o clitoris são áreas repletas de terminações nervosas que, se estimuladas da maneira correta, podem provocar muito prazer e, consequentemente, o orgasmo feminino.

Mas por que, então, é mais difícil chegar ao orgasmo vaginal? Em primeiro lugar, porque o clitóris fica mais exposto, sendo mais fácil para você mesma ou seu parceiro o estimularem até o orgasmo.

Existe, entretanto, também um fator relativo ao conhecimento do próprio corpo. A maioria das mulheres aprende a se masturbar apenas com a estimulação clitoriana (isso quando o fazem), deixando de lado o conhecimento da estimulação vaginal, feito através da penetração.

Essa facilidade de chegar ao prazer pela fricção do clitóris acaba deixando a mulher acostumada a essa mesma forma de estímulo, não buscando o orgasmo vaginal – afinal de contas, ele é mais “difícil”.

Não é incomum, inclusive, eu ouvir relatos de mulheres que, depois de alguns anos, só conseguem sentir o orgasmo em uma posição específica e com um estímulo específico. Isso acontece porque o corpo se acostumou ao longo do tempo apenas com aquela situação.

Quando falamos de sexo, porém, o interessante é fazer exatamente o contrário, experimentando novas sensações e arriscando coisas diferentes.

orgasmo clitoriano e orgasmo vaginal

Como ter orgasmo vaginal?

Assim como para chegar ao orgasmo clitoriano, não existe uma fórmula ou receita de bolo para atingir o orgasmo vaginal. Você e seu parceiro terão que descobrir juntos o que causa mais prazer, testando diferentes posições ou formas de estímulo.

Existem, porém, algumas dicas que vão ajudá-la a chegar até o orgasmo vaginal. Veja quais são:

Descubra do que gosta

Chegar ao orgasmo vaginal não é um processo que começa apenas na hora do sexo. Como mulher, você deve saber o que dá mais prazer a você, quais são as posições que mais a estimulam e as partes do corpo mais sensíveis às carícias. Para isso, a masturbação, utilizando ou não acessórios, deve ser uma rotina íntima de prazer, não um tabu!

Comunique-se com seu parceiro

De nada adianta saber o que dá prazer a você se o seu parceiro não souber. Comunique-se com ele na hora do sexo, mostrando ou guiando os movimentos em direção a forma de penetração mais estimulante.

Aposte nas preliminares

Fica mais fácil chegar ao orgasmo vaginal se, quando seu parceiro penetrá-la, você já estiver bastante excitada. As preliminares são podem ser ignoradas, tanto para o seu prazer quanto para do seu parceiro.

preliminares no sexo

Aposte nos acessórios

Brinquedos eróticos ajudam a estimular e acelerar a excitação. Além disso, você também pode utilizar acessórios para treinar e praticar os exercícios de Pompoarismo.

Conheça os melhores produtos eróticos na Caixa Oculta!

A Caixa Oculta é o clube de assinatura do desejo, mistério, paixão. Todo mês chega uma caixa com surpresas na sua casa!

Sua compra é entregue em uma embalagem discreta e segura.

Aproveite o orgasmo vaginal!

Demora-se mais para chegar ao orgasmo vaginal do que ao clitoriano, mas vale a pena esperar! Na hora da relação sexual, não tenha pressa e ansiedade em atingi-lo. Aproveite cada posição, toque ou carícia de seu parceiro, concentrando-se unicamente no prazer de vocês dois.

Agora quero saber a sua opinião. Você concorda que devemos buscar novas experiências e sensações para atingir o orgasmo vaginal? Deixe sua opinião nos comentários aqui embaixo.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 avaliações, média: 3,20 de 5)

9 respostas para “Orgasmo Vaginal e Orgasmo Clitoriano: Qual é a diferença?”

  1. Avatar Denise disse:

    Maravilha!!!!!

  2. Avatar Camila disse:

    Por incrível que pareça só consigo atingir o orgasmo com o ar condicionado ligado, mesmo no frio! Já até comprei vários modelos de ar condicionado portatil para deixar na cozinha, na lavanderia, no banheiro… Acho que preciso ser estudada!!

  3. Avatar Luana disse:

    Olá, boa tarde. Cátia, gostaria de saber onde e como adquirir seu curso de pompoarismo.

  4. Avatar Eliene Santos disse:

    há pouco tempo descobri que há esses dois tipos de orgasmo e não sabia que há diferença entre ambos. Sou feliz porque sou realizada das duas maneiras e não tive problemas de reclamação do meu esposo por causa de um ou do outro, para nós o que importa é ambos sairmos satisfeitos depois da relação.. Obrigada pelo esclarecimento. Parabéns pelo vídeo e sucesso. Beijos.

  5. Avatar Janete Barbosa disse:

    Ótimo texto, vídeo melhor ainda… Parabens pelo otimo trabalho Catia.

  6. Avatar Paulo disse:

    Eu tenho uma duvida minha namorada so consegue chegar ao orgasmo quando utiliza vibrador na parte do clitoris para estimular.. o que fazer ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.