Preguiça, dor de cabeça, um dia cheio no trabalho combinado com as tarefas de casa. Tem dias que até queríamos transar, contudo, parece que o tesão desaparece.

Se, muitas vezes, você prefere virar para o lado e dormir do que aproveitar uma noite gostosa com o seu parceiro, chegou ao lugar certo. Pensando na sua felicidade e no seu bem-estar, selecionamos dicas poderosas para você reacender o fogo e voltar a ter uma vida sexual ativa e feliz.

Nesse artigo, vamos mostrar como funciona o tesão feminino e como você pode usar a excitação a seu favor! Além disso, veja a importância da ginástica íntima em todo esse processo.

O que é o tesão feminino e como funciona?

Libido vem do latim e significa desejo. Conhecida também como tesão, a libido é bem diferente entre homens e mulheres.

O tesão feminino é responsivo, enquanto nos homens é espontâneo. Ou seja, o desejo sexual das mulheres vai muito além apenas da atração. É preciso que existam toques que promovam a excitação, que vai ocorrendo de forma gradual.

Isso acontece porque, fisiologicamente, ocorre a vascularização dos órgãos femininos. Eles vão se enchendo de sangue, provocando a lubrificação e aumentando o tamanho do clitóris. Ou seja, precisa de um auxílio para que o sangue chegue no lugar certo e as mulheres tenham vontade de ter relações sexuais. Além disso, quanto mais excitada, maior é a chance de ter orgasmos, inclusive múltiplos!

Abaixo, confira 4 dicas poderosas para aumentar o seu tesão e melhorar a sua vida sexual.

4 Dicas para aumentar o tesão das mulheres

Sexo é bom e faz bem. Isso todas nós sabemos. Contudo, nem sempre estamos com aquela vontade genuína de transar, certo?

Muitas vezes, preferimos ficar vendo uma série no streaming, ler um livro ou até mesmo dormir. Sabemos que tudo isso é uma delícia, todavia, não substituiu uma excelente noite quente com o seu amor.

O fogo está aí, falta acender! Siga nossas dicas e depois volte aqui para nos agradecer!

1. Aprenda a conhecer seu corpo: sinais de que você está com tesão

Aumento da frequência cardíaca, rubor facial, voz trêmula. Sua respiração fica mais acelerada e você sente uma umidificação vaginal. Essas são algumas das formas que o seu corpo demonstra que está ficando com tesão.

Quando isso acontecer com você, não fique assustada! Bem pelo contrário. Aproveite que, se bem utilizado, esse tesão pode se transformar em uma deliciosa noite de orgasmos múltiplos.

Inclusive, um dos sinais que mais auxiliam para que a relação sexual seja boa é e lubrificação vaginal. Essa é uma resposta fisiológica que prepara você para a hora H.

2. Mantenha o fogo sempre aceso! Por que o tesão vai reduzindo com o tempo?

Talvez quando você leu essa chamada, uma palavra apareceu na sua cabeça: rotina. Sim, a rotina atrapalha muito na hora de manter a chama acesa. Conciliar a vida profissional com a pessoal não é tarefa fácil. Filhos, casa, marido, compras, problemas no trabalho. Quando você chega em casa, está exausta.

Além disso, outros fatores, até mesmo de saúde, podem manter a sua libido em baixa. Alteração hormonal, por exemplo, se torna um grande fator. Afinal, anticoncepcional, pós-parto, amamentação e menopausa podem mexer muito com os seus hormônios e levar a libido lá para o dedinho do pé.

Fatores psicológicos como ansiedade e estresse e o uso de medicamentos como antidepressivos, por exemplo, fazem com que a sua libido desapareça. A dor e o desconforto durante a relação sexual são outros motivos para desestimular a vontade de ter relações sexuais.

tesao feminino

Para recuperar a sua libido, você precisa cuidar de você, em primeiro lugar. Pratique exercícios, durma bem e se alimente melhor. Afinal, nas mulheres, o principal hormônio sexual é o estrógeno. Para ele funcionar bem, precisa de vitamina D, ou seja, uma dieta bem regulada pode auxiliar muito nesse sentido. Dormir é essencial para que você tenha uma boa saúde, no geral. Contudo, falando em saúde sexual, uma mulher que dorme pela quantidade de horas adequadas tem mais desejo sexual em comparação às mulheres que dormem pouco.

Além disso, qual foi a última vez que você namorou o seu parceiro? Muitas vezes, deixamos a rotina atropelar nossas vidas, como falamos anteriormente. Então, tire um tempo para vocês namorarem, passarem um tempo de qualidade, deixando de lado as preocupações da vida e o estresse. Você pode, também, começar a anotar em sua agenda ou planner os dias que tem feito sexo. Essa é uma excelente forma de notar quanto a sua vida sexual está melhorando.

3. Tome a iniciativa: seja protagonista do seu prazer!

Não espere pelo outro para ter o seu prazer sexual! Tome iniciativa e as rédeas do seu próprio prazer. Para começar, você deve marcar encontros com o seu parceiro. Marque um evento inadiável com o seu companheiro, invista em uma boa lingerie e proponha novas experiências.

Nesse momento, pense em fantasias que você queira realizar. E deixe a vergonha de lado, afinal, ela não combina com a libido! Teste novas posições sexuais, transe em lugares diferentes e pense em brinquedos que podem apimentar ainda mais a sua noite. A inventividade pode ser a sua melhor aliada para renascer a chama dentro de você.

As preliminares são aliadas poderosas nesse momento. Toque, beijo e carícias, por exemplo, auxiliam no processo de estímulo para a lubrificação. Esses momentos, por exemplo, podem fazer parte do dia a dia de vocês. Uma ótima ideia é, antes de dormir, puxar seu parceiro para perto e fazer esses carinhos. Assim, vocês se conectam cada vez mais.

4. Aprenda Ginástica íntima e turbine seu prazer

Quando falamos em nos conhecermos, a ginástica íntima é uma grande aliada. Com ela, você diminui os sintomas causados pela menopausa e reduz a cólica, ajuda a combater a flacidez vaginal e previne e trata a incontinência urinária. Além disso, oferece uma vantagem muito maior: promove aumento da libido e da lubrificação.

Conhecida também como pompoarismo ou Exercícios de Kegel, essa é uma técnica poderosa que se baseia em exercícios com contração e relaxamento do canal vaginal. Dessa forma, você fortalece a musculatura pélvica, o que desencadeia em diversos benefícios para sua saúde sexual.

>>> Saiba tudo sobre Pompoarismo: aprenda o tutorial dos exercícios e comece a praticar hoje mesmo

Na prática, durante a ginástica íntima, os músculos exercitados são do assoalho pélvico, que sustentam alguns órgãos internos do baixo ventre como, por exemplo, a bexiga, a uretra, o útero e o retro. Ou seja, como o canal vaginal é um músculo, seu fluxo sanguíneo aumenta no local exercitado. Sendo assim, enquanto você contrai e relaxa o músculo, você está bombeando mais sangue para a região.

Benefícios da ginástica íntima na sua vida sexual:

  • aumenta a libido e o desejo
  • facilita o orgasmo, tanto para mulheres que sentem dificuldade quanto para as que nunca conseguiram “chegar lá”
  • evita a flacidez vaginal (sabe aquela sensação de estar mais apertadinha? Com o pompoarismo você consegue!)
  • controle corporal
  • orgasmos múltiplos e mais intensos

Do início da vida sexual à menopausa, o pompoarismo é seu grande aliado. Qualquer mulher que esteja disposta a melhorar sua vida sexual e aumentar sua autoestima pode praticar a ginástica íntima. E, quando você começar, vai ter a sensação que deveria ter iniciado antes!

Curso de Ginástica Íntima com Cátia Damasceno

No curso de ginástica íntima, ministrado por Cátia Damasceno, você vai se sentir mais solta, segura e confiante em relação à sua sexualidade. Com os exercícios focados em aumentar o seu prazer, você pode ter resultados dedicando apenas 5 minutos do seu dia durante 8 semanas.

O curso é oferecido em modalidade online, todavia, tem suporte especializado de uma fisioterapeuta pélvica para tirar todas as suas dúvidas. Além disso, por aqui, confiamos no material oferecido e damos a você 15 dias de garantia. Caso não obtenha o resultado esperado, devolvemos o seu dinheiro!

Aproveite as condições especiais e revolucione a sua vida sexual. Inscreva-se no curso de Ginástica Íntima Feminina clicando aqui.