Hemorroida e pompoarismo: descubra os sintomas e o tratamento

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Hemorroida e pompoarismo: descubra os sintomas e o tratamento

Você provavelmente já ouviu falar sobre a hemorroida, não é mesmo? É um problema muito comum que atinge grande parte dos brasileiros e que causa bastante desconforto. Apesar do aparente incômodo que a doença traz, muitas pessoas demoram a procurar um médico por vergonha, piorando a situação e retardando um tratamento que poderia ser simples. Porém, você sabia que a hemorroida pode ser prevenida com medidas simples como exercícios de pompoarismo? Ficou curiosa? Então leia o texto até o final que eu vou falar um pouco sobre esse problema, os sintomas e como a ginástica íntima pode ajudar a evitar essa doença. Vamos lá?

hemorroida

No texto de hoje vamos falar sobre:

O que é hemorroida

A hemorroida é a inflamação das veias na área do reto e do ânus. Essas veias atuam como almofadas do canal anal e têm a função de manter o esfíncter fechado e, portanto, conter as fezes. Quando há aumento na pressão nas veias, elas se dilatam excessivamente e aí que surge o problema.

Tipos e graus de hemorroida

Existem dois tipos de hemorroidas: as externas e internas.

  • Externas – Assemelham-se às varizes ou a pelotas de sangue e são visíveis na borda do ânus.
  • Internas – Localizam-se acima do esfíncter anal e causam sintomas mais agudos. Podem causar hemorragias.

As hemorroidas internas podem ser divididas em quatro graus, dependendo da sua gravidade:

  • Grau I: As hemorroidas estão ligeiramente inflamadas, mas não são visíveis do lado de fora do ânus. Na maioria dos casos, não causa desconforto, embora, ao defecar, possa sair sangue.
  • Grau II: A inflamação é maior, e tendem a sair do ânus durante a evacuação, embora voltem a entrar depois.
  • Grau III: Neste grau já existem prolapsos, isto é, as hemorroidas saem do ânus após a evacuação ou espontaneamente, e só podem ser reintroduzidas manualmente, empurrando com o dedo.
  • Grau IV: É o grau mais elevado, e as hemorroidas estão constantemente fora do ânus. Isso faz com que alguns tecidos do ânus, como o tecido mucoso, também se movam para fora.

Causas

As hemorroidas aparecem devido a altas e repetidas pressões das veias do reto e do ânus.

A causa mais comum é a constipação, porque um grande esforço é feito na área anal e pode dificultar o processo de drenagem do sangue e provocar a formação da hemorroida. Além disso, devido a constipação o material fecal se acumula no reto e que pressiona as veias. A diarreia também favorece o aparecimento de hemorroidas porque as fezes líquidas irritam as veias, caso as evacuações deste tipo forem continuadas.

A doença pode aparecer em qualquer pessoa, em qualquer idade, no entanto, há uma série de fatores que favorecem o aparecimento das hemorroidas. Algumas delas são:

  • gravidez: em virtude da pressão que o feto exerce sobre as veias da parte inferior do abdome;
  • obesidade: o excesso de peso também aumenta a pressão nas veias abdominais;
  • vida sedentária: diminui o estímulo para a digestão dos alimentos e a irrigação sanguínea do ânus;
  • componente genético: casos de hemorroidas na família podem indicar predisposição para desenvolver a doença, porém, é possível o seu desenvolvimento sem que haja precedentes familiares;
  • dieta pobre em fibras e pouca ingestão de líquidos;
  • sexo anal: pode produzir fissuras numa região que tem muitos vasos sanguíneos.
hemorroida-catia-damasceno

Sintomas

Os sintomas de hemorroidas externas são: dor, irritação, coceira e sangramento. Nas hemorroidas internas, os sintomas dependem do grau, aumentando a intensidade e o desconforto à medida que o grau aumenta.

O sangramento do ânus ou sangramento retal é comum. O sangue é muito brilhante e aparece no exterior das fezes e muitas vezes esse sintoma é percebido devido a manchas no papel higiênico e gotas de sangue que caem no banheiro. As hemorroidas são a causa mais comum de sangramento retal, no entanto, ele é mínimo. Se o sangramento for abundante, você deve consultar um médico.

Nas hemorroidas de terceiro e quarto graus ocorre o prolapso. Isso significa que eles se movem para o exterior, embora naqueles de grau III possam ser reintroduzidos no ânus. Isso faz com que o paciente sinta uma constante de necessidade de evacuação e grande desconforto. Eles também são acompanhados por secreção de muco, umidade e sujidade da roupa interior, o que aumenta a irritação. Finalmente, as hemorroidas de grau IV causam dor aguda.

Quando você tem hemorroidas, ir ao banheiro torna-se um momento irritante e desconfortável, e é por isso que você tenta evitá-lo. No entanto, isso aumenta a pressão sobre as veias e piora a situação, tornando-se um círculo vicioso.

Tratamento

Quando as hemorroidas são externas ou estão no primeiro e segundo grau, existem várias pomadas ou cremes disponíveis nas farmácias para aliviar os sintomas, que podem ser comprados sem receita médica. No entanto, se for a primeira vez que você sofre desse problema, é aconselhável ir ao médico para indicar o mais apropriado para o seu caso específico. Além disso, esse medicamentos não podem ser aplicados por mais tempo do que o necessário, pois podem causar efeitos colaterais.

Esses cremes geralmente contêm entre seus ingredientes corticoides, anestésicos locais, anti-sépticos, entre outros, que servem para reduzir a inflamação, aliviar a coceira, irritação e dor, e também prevenir infecções. Protetores de pele que aliviam a irritação e previne a perda de umidade na pele, analgésicos orais para aliviar a dor ou anti-inflamatórios orais para reduzir inflamação e dor também são usados.

Em casos leves, ao iniciar um tratamento farmacológico para aliviar os sintomas das hemorroidas, é necessário incluir mudanças urgentes na dieta para favorecer a evacuação correta das fezes. Portanto, é necessário aumentar o consumo de fibras, que se encontra em leguminosas, cereais ou farelo, nozes, frutas e vegetais, além de beber muita água,entre 1,5 e 2 litros por dia.

Casos graves

Em casos avançados, onde os remédios não surtem efeito, o médico especialista pode indicar o uso de uma liga elástica, técnica que consiste no estrangulamento da veia afetada. Em mais graves será necessária a cirurgia, para retirada das veias doentes. Por vezes, apenas a punção do coágulo que entope o vaso hemorroidário pode resolver o problema sem cirurgia.

hemorroida

Pompoarismo e hemorroida

Muitas vezes a hemorroida é causada por hábitos nocivos à nossa saúde e algumas mudanças podem ajudar na prevenção da patologia. Além de uma nova alimentação, algumas exercícios físicos são excelentes para evitar o problema e dentre eles, um dos mais eficazes é o pompoarismo, também conhecido como exercícios de Kegel. Porém, como eles podem ajudar?

O que é pompoarismo?

O pompoarismo é uma técnica milenar que teve origem na Índia e foi aperfeiçoada na Tailândia. Na maioria dos países, a ginástica íntima é mais conhecida como “exercícios de Kegel”, que é o nome do médico responsável por fazer uma série de pesquisas sobre o musculatura pélvica, o médico Arnold Kegel.

Os exercícios do pompoarismo foram criados para fortalecer os músculos da área pélvica, especialmente aqueles localizados no chamado assoalho pélvico, isto é, na área que mantém o útero, no caso das mulheres, da bexiga e do reto, por isso são recomendados para pessoas que sofrem de incontinência intestinal ou urinária.

No Brasil, o pompoarismo é muita utilizado por mulheres que querem melhorar sua vida sexual, mas existem outros benefícios, como o aumento da libido e desejo sexual, facilidade no orgasmo, na flacidez vaginal (fazendo com que a mulher se sinta mais apertadinha), ajuda na questão da lubrificação vaginal, reduz os sintomas da menopausa, entre outros Enfim, a prática regula toda a sua saúde íntima.

Como pode ajudar na prevenção da hemorroida?

No entanto, foi provado que que os exercícios de pompoarismo podem ser uma solução indolor para problemas hemorróticos. Os exercícios aumentam a circulação sanguínea local e com isso melhora ou previne o surgimento de novas hemorroidas. Ao mesmo tempo, eles fortalecem a musculatura da área anal, evitando o prolapso de possíveis hemorroidas.

Este tipo de exercícios pode ser praticado sem qualquer risco por parte de qualquer pessoa, já que eles foram criados para serem realizados por mulheres grávidas, para ajudá-las no parto.

hemorroida-catia-damasceno

Comece hoje

Como você pode ver, os exercícios de pompoarismo são um método eficaz e indolor de prevenir e até mesmo ajudar no tratamento das hemorroidas. Além de melhorar a sua saúde, você ainda se beneficiará com os efeitos secundários, como melhora na sua vida sexual. Por isso, não perca tempo, experimente os exercícios de pompoarismo e veja as mudanças que ele pode trazer para a sua saúde.

E você, já se inscreveu na Semana da Mulher Bem Resolvida? Milhares de mulheres que me seguem  sabem que eu criei a Semana da Mulher Bem Resolvida, uma semana que nós discutimos todos os assuntos do universo feminino (sensualidade, sexualidade, pompoarismo, relacionamento, autoestima…) para ter um contato direto e passar o melhor do meu conteúdo para vocês. É uma semana incrível, cheia de exercícios e que você vai poder falar comigo e tirar todas as suas dúvidas! Para participar, é só se inscrever no link abaixo. O evento é 100% online e gratuito. Não fique de fora!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhuma avaliação)