Como descobrir se eu tenho candidíase?

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Como descobrir se eu tenho candidíase?

Eu recebi um e-mail muito interessante de uma leitora semana passada e ela me contou que teve uma doença em pleno verão. Ela relatou alguns incômodos na vagina como coceira, ardência e até mesmo dificuldade em ter relações sexuais…

Mas o que será que era? DSTs? Endometriose?

Nada disso! Depois de 7 dias de incômodo, ela resolveu ir ao hospital ver o que estava acontecendo e adivinha? Era a candidíase vaginal!

Como eu sei que nesse período do verão esse tipo de coisa acontece com mais frequência, resolvi escrever esse post para ajudar outras mulheres que podem estar passando pelo mesmo problema.

Como descobrir se eu tenho candidíase? Quais são os sintomas?

Além da clássica coceira e uma possível inflamação na região, você vai notar um corrimento na calcinha, normalmente esbranquiçado ou amarelado, sempre com a consistência de “leite coalhado”.

Mas nem só de coceira “vive” a candidíase. Outros sintomas bem comuns como irritação vaginal, vermelhidão na vulva, relação sexual dolorida e desconforto ao urinar estão entre os sintomas.

Ela pode surgir a qualquer momento, mas costuma ser bem mais comum no verão e eu vou te explicar o porquê.

O fungo que provoca essa doença precisa de um ambiente escuro e quente para proliferar. Quando não encontra essas condições, pode existir em pouca quantidade, sem causar problemas. Em contrapartida, nas situações de muito calor, transpiração excessiva e dificuldade de arejar a pele, ele encontra um ambiente ideal para multiplicação.

Aí você se pergunta: onde foi que eu peguei esse fungo?

mulher com candidíase

Calma, você não pegou de nenhum lugar! Ele vive normalmente no intestino, mas pode aparecer no estômago, bexiga e vagina. Quando algo muda nesses ambientes e favorece a multiplicação dele, acontece a infecção.

Então já sabe, né? Sentiu alguma coceira, irritação ou percebeu algum corrimento diferente não perca tempo e procure o médico mais próximo. O diagnóstico da candidíase é feito por meio de exame clínico, bem rápido.

Os tratamentos mais comuns são com pomadas vaginais ou medicamento antifúngicos, mas sabia que você pode evitar a candidíase?

É isso mesmo, e aqui em off, é muito melhor prevenir do que chegar a ter aquele péssimo desconforto, não é mesmo?

Esse outro tratamento é o pompoarismo. Ele é ótimo para mulheres que tem candidíase. A ginástica íntima é importante pelo seguinte motivo: os exercícios vaginais melhoram a circulação sanguínea da região pélvica.

Com isso, toda a saúde íntima da mulher fica regulada, evitando as chances de infecção, diminuindo cólicas e melhorando até mesmo o funcionamento do intestino. Ficou interessada? Então Clique aqui para saber mais sobre o curso de pompoarismo.

Gostou do artigo?! Então compartilha com suas amigas que vão passar as férias em um lugar que tenha praia, cachoeira, piscina ou até mesmo pra mantê-las por dentro do assunto, assim você pode ajuda-las a estarem sempre informadas sobre essa doença chatinha!

Se você tiver algum comentário bacana ou quiser compartilhar alguma experiência, comente aqui !

Faça o download do meu ebook de Pompoarismo e aprenda um passo a passo o exercício hoje mesmo.

Neste guia que virou febre entre as mulheres e já tem mais de 200 mil downloads.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhuma avaliação)