Bolinhas Tailandesas: Saiba como usar

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Bolinhas Tailandesas: Saiba como usar

As bolinhas tailandesas foram os primeiros acessórios sexuais criados pela humanidade.

A origem da criação é oriental, mas hoje, por conta dos diversos benefícios, tanto para a sexualidade, quanto para a saúde, as bolinhas tailandesas são um sucesso em todo o mundo.

Antes de mais nada é importante explicar a diferença entra o ben wa e o colar tailandês. Os dois são conhecidos como bolinhas tailandesas, mas cada um tem uma função distinta.

A diferença entre o colar tailandês e o ben wa

Nesse vídeo eu ensino como usar as bolinhas tailandesas e qual são as diferenças entre o ben wa e o colar tailandês.

Porque eu não recomendo o uso do colar tailandês para o pompoarismo

Nesse vídeo eu explico qual foi a função original do colar tailandês, e porque eu não recomendo o seu uso na prática do pompoarismo, contrariando a maioria dos métodos tradicionais, que na maioria das vezes geram um resultado muito mais demorado ou até mesmo algum efeito negativo durante a prática.

Como usar as bolinhas tailandesas

No meu curso de pompoarismo, antes de ensinar qualquer exercício com os acessórios, eu ensino a dinâmica dos movimentos, a identificação da musculatura, o ganho de força e coordenação motora, para só depois de desse treino inicial, ir aos poucos introduzindo os acessórios.

Bolinhas Tailandesas

Em cada etapa dos exercícios, a mulher deve contrair apenas a musculatura do assoalho pélvico, ou então apenas os músculos abdominais. O ben wa proporciona um treinamento de coordenação motora incrível, fazendo a mulher aprender a diferenciar de forma realmente eficaz a ação destes dois grupos musculares tão distintos.

Utilizado de maneira certa, o ben wa permite o fortalecimento da musculatura íntima da mulher, além de melhorar a sensibilidade vaginal e percepção da contração e relaxamento dos músculos da vagina.

Melhorar a coordenação motora e a força da musculatura íntima, significa melhorar o desempenho sexual da mulher. Aumentar a força de contração da musculatura do períneo, na prática, é melhorar o poder de “contração da vagina” ao redor do pênis, aumentando a consciência vaginal e a sensibilidade, tanto da mulher quanto do parceiro no momento do ato sexual.

Com força e coordenação motora, a mulher vai conseguir”contrair a vagina” conscientemente (para aquelas que ainda não sabem contrair), e melhorar a qualidade desta contração, que fica mais intensa e permiti tipos diferentes de movimentos – rápidos, lentos, alternados, enfim, é uma loucura…

Se você tiver interesse em conhecer mais sobre o meu curso de pompoarismo, as vagas para a nova turma estão abertas, você só precisar clicar o link abaixo para saber mais.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhuma avaliação)