Com certeza, em alguma roda de conversas, você já ouviu alguém reclamando de pegar o marido se masturbando, ou até mesmo o namorado. E, provavelmente, muitas ficarão assustadas de lerem sobre esse assunto, de forma tão direta, logo no início do artigo de hoje! Afinal, esse é um assunto tabu, mas de tabu nós entendemos bem, não é mesmo? Por isso, vamos abordar um tema ainda mais “escondido”, até mesmo entre nós: masturbação feminina.

Continue comigo até o final deste post e entenda por que é preciso falar que as mulheres se tocam. E, aquelas que ainda não fazem isso, devem começar a fazer é já! Acompanhe e entenda mais!

masturbação feminina

Falar que as mulheres se tocam é algo quase que proibido. A masturbação feminina, por muito tempo, vem sendo motivo para culpa de muitas mulheres, que acabam reprimindo seus desejos e não buscando entender suas formas de prazer.

Isso acontece de maneira diferente com os homens, que são malvistos justamente quando não praticam o “prazer solitário”, sendo estimulados desde cedo para descobrir o próprio corpo, enquanto meninas devem esconder o que sentem. Muitas delas, inclusive, nunca se tocam sem ser no banho, quanto mais para dar vazão à própria intimidade e imaginação!

Por isso, trouxe para vocês este post, para mostrar que as mulheres devem se tocar, sim! E dizer para todas que a masturbação pode ser algo libertador, sem falar que traz a possibilidade de melhorar tanto a autoestima quanto o relacionamento com o maridão ou namorido.

Então, veja o que te espera:

  • Por que muitas mulheres têm medo de se tocar?

  • Vamos falar (mais) de masturbação feminina!

  • Homens são sortudos por serem estimulados a se masturbarem?

  • Como as mulheres se tocam e o que isso pode trazer de bom?

  • Os benefícios da masturbação feminina para o corpo, para vida e para os relacionamentos!

 

Nem adianta sair correndo ou se esconder. Fique comigo e aprenda como é tão bom se tocar!

como se masturbar

Por que muitas mulheres têm medo de se tocar?

As pesquisas não nos deixam mentir. Segundo o Programa de Estudos em Sexualidade, 40% das mulheres entrevistadas declararam que nunca se masturbaram. Isso contra 3% dos homens. Aqui já constatamos como sempre houve uma maior liberdade para que o público masculino conseguisse o seu “sexo solitário”.

Já nós mulheres, principalmente as da Geração X ou anteriores, tivemos que lidar com repressões desde criança. A genitália feminina sempre foi algo amedrontador para muitas! Seja por falta de conhecimento do próprio corpo e do próprio prazer, seja por opressão social e outros motivos, ficamos sem saber que a masturbação é algo saudável, criando um medo de nos tocarmos. Isso tem fundamentação histórica e faz parte de nossa cultura.

A mulher, antigamente, era vista apenas para procriação. No século XIX, inclusive, o orgasmo tinha outro nome — paroxismo histérico — e era um tratamento para mulheres doentes, que, após terem seus clitóris manipulados, ficavam mais calmas. Por que será?

Somente em 1952 os “sintomas” deixaram de ser intitulados como doença, conforme a Associação Americana de Psiquiatria. Nesse período, muitas mulheres já se tocavam em casa, com os primeiros vibradores que surgiram na época. Contudo, o machismo e a opressão são tão enraizados que não muito tempo depois surgiu a associação da masturbação feminina com a vulgaridade, colocando para debaixo do tapete, de novo, todo o universo do prazer feminino.

Nesse contexto foram criadas diversas gerações de mulheres com medo de se tocar. Afinal, elas somente poderiam pensar na própria vagina como uma ferramenta da procriação da espécie e ficaram sem entender a dimensão do próprio prazer, desconhecendo o próprio corpo.

como é a masturbação feminina

Vamos falar (mais) de masturbação feminina!

Mas — ainda bem — a situação vem se modificando. As diversas campanhas na internet e as discussões acerca do prazer feminino contribuem cada dia mais para que mulheres não sintam vergonha de descobrir o próprio corpo.

A masturbação, sabe-se hoje, traz inúmeras vantagens e, quando aliada à ginástica íntima, pode trazer sensações maravilhosas. Os benefícios são para a saúde, para o bem-estar, autoestima e relacionamentos. E vamos falar disso tudo mais a frente, porque agora vamos focar em nossas vaginas!

Para quem nunca praticou a masturbação, existem diversas técnicas, mas para começar é preciso exatamente isso: olhar para nós mesmas! Tocar-se! Conhecer-se! Pegue um espelho e veja a anatomia, sem medos e sem tabus.

Toque no clitóris e faça movimentos circulares. A nossa vagina tem uma série de terminações nervosas, todas preparadas para trazer sensações incríveis. Ao mesmo tempo, busque fazer movimentos da musculatura interna, com o pompoarismo. Você vai às alturas, e sem precisar de ninguém.

Ter seu prazer de forma independente é um dos marcos das novas gerações. E isso faz parte de uma cultura, que não trata a masturbação como algo errado ou sujo, mas como mais um meio de ser feliz.

Homens são sortudos por serem estimulados a se masturbar?

Podemos responder de cara que “lógico que sim! Como eles são sortudos por serem estimulados a se masturbarem!”. Mas, podemos também analisar por outro lado… O fato de eles serem estimulados e as mulheres serem oprimidas passa a ser um problema, também para os homens.

Falo isso quando pensamos em relacionamentos. Temos sempre a diferença entre o que a mulher quer e deseja e o homem pretende. Então, fica um desequilíbrio entre o caso: ele, de um lado, sentindo-se à vontade para se masturbar; ela, do outro, reprimindo o próprio desejo, muitas vezes. Além disso, quando o homem percebe que a mulher se masturba, voltada tão somente para o orgasmo feminino, isso pode ser motivo de surpresa, deixando-a até com vergonha. Alguns podem até estranhar mesmo, desencorajando-a.

Para isso tudo existe uma solução: as mulheres precisam estar seguras de que podem — e devem — se tocar, seja por que motivo for! E digo mais: isso pode ser até um momento gostoso, para fazer perto do namorado ou marido, dando uma apimentadinha gostosa no relacionamento e sair da rotina.

casal

Peça que ele se masturbe na sua frente a faça o mesmo. A brincadeira, aqui, é um não tocar no outro em nenhum momento, apenas tocar a si mesmo e deixar que o seu parceiro ou parceira vejam tudo, fazendo voyeurismo. Será muito excitante e libertador! Aproveite para seduzir o seu parceiro! Vale também ter uma conversa franca, para falar sobre como masturbação é bom e não haver nenhum tipo de repressão: por nenhum dos lados.

Como as mulheres se tocam e o que isso pode trazer de bom?

Muitas vezes, o bom da masturbação é o proibido. Ter um prazer escondido pode ser algo estimulante. Até aí nada de mais: o importante é não deixar, nunca, que seu prazer seja algo sujo ou indevido. Superado esse tipo de sentimento, seja trancada no banheiro, embaixo das cobertas ou até em um momento diferente, vale sempre estar em contato com o seu prazer.

Para todas, independentemente da idade, é importantíssimo aproveitar as sensações orgásmicas, pois elas fazem um bem danado, menina!

masturbação

Os benefícios da masturbação feminina para o corpo, para vida e para os relacionamentos!

E para completar nosso artigo de hoje, você vai ver agora os benefícios e motivos que existem para todas as mulheres se tocarem, se masturbarem e se amarem muito!

  • Autoconhecimento;
  • Tonificação da musculação pélvica;
  • Melhora do sistema imunológico;
  • Combate à depressão;
  • Prevenção de infecções cervicais e urinárias;
  • Alívio do estresse;
  • Redução da insônia;
  • Bom humor;
  • Ajuda para alcançar melhores orgasmos durante o sexo;
  • Aprender a lidar com as próprias fantasias sexuais;
  • Auxílio contra a incontinência;
  • Diminuição dos sintomas da TPM e alívio de cãibras;
  • Elevação da libido;
  • Redução das dores menstruais;
  • Alívio de outros tipos de dor;
  • Aumento da intimidade entre o casal e melhora do relacionamento;
  • Entre outros!

Isso tudo acontece porque o orgasmo — consequência da masturbação — além da questão psicológica e emocional envolvidas, libera diversas substâncias em nosso corpo, como endorfinas, citocinas e catecolaminas, responsáveis pelas sensações de bem-estar e felicidade. Acontecem também outras reações químicas, com poder analgésico, e também aumenta a nossa imunidade, devido ao aumento das taxas de anticorpos.

Viu como nosso corpo é algo tão perfeito? Tudo o que nos faz bem é sinalizado pelo nosso organismo. E a masturbação, definitivamente, pode trazer tudo isso. Basta se tocar e sentir!

Faça o download do meu ebook de Pompoarismo e aprenda um passo a passo o exercício hoje mesmo.

Neste guia que virou febre entre as mulheres e já tem mais de 200 mil downloads.