Ducha Vaginal: Cuidados que toda mulher dever ter

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Ducha Vaginal: Cuidados que toda mulher dever ter

No vídeo de hoje eu vou falar sobre higiene íntima feminina e os cuidados que você deve ter com ducha vaginal. Outro dia eu assisti um vídeo que me deixou preocupada, uma moça gravou um vídeo recomendando o uso indiscriminado da ducha vaginal e eu achei que deveria criar um post para esclarecer várias dúvidas aqui para vocês.

Antes de mais nada, é bom ressaltar a importância de você checar a fonte de onde você busca informações, principalmente quando é a sua saúde que está em questão.

Eu sou fisioterapeuta, especializada em uroginecologia e tenho propriedade para abordar os temas relacionados a saúde íntima da mulher.

Mas mesmo assim eu não posso te recomendar o uso de uma ducha vaginal. Somente um médico pode te orientar esse procedimento, e de forma alguma, assim pela internet, sem nem ao mesmo te examinar, e nesse artigo eu vou te explicar porque.

O seu corpo limpa naturalmente o corrimento vaginal, sangue e sêmen. Muitas mulheres fazem ducha para limparem-se depois da menstruação, enxaguar corrimento ou para limpar o sêmen após uma relação sexual. Mas isso não é necessário. A vagina tem o seu próprio sistema de limpeza, ou seja, você não precisa usar sabonetes e enxaguar a parte interna dela para mantê-la saudável.

A higiene íntima é muito importante e deve ser feita adequadamente para não prejudicar a saúde íntima da mulher. A vagina possui um pH próprio com uma ligeira acidez que deve ser mantido, e lavar-se exageradamente, usar produtos inadequados ou depilar-se quase que totalmente são hábitos que causam um desiquilíbrio no pH e flora vaginal natural e que pode levar a irritações, infecções ou micoses vaginais.

Não use a ducha para se livrar de coceira ou de queimação

Há mulheres que acham que a ducha pode ajudar a limpar o interior da vagina, livrando-se assim de sintomas indesejáveis. Na verdade, elas estão apenas encobrindo uma infecção que precisa de tratamento. A invés de fazer ducha, consulte um ginecologista e explique os sintomas que estão lhe incomodando.

Cuide bem da higiene externa da vagina

A parte interna fica por conta do próprio organismo. Se você lavar a vagina do lado de fora com um sabonete próprio para a área genital e água morna, isso já é o suficiente para remover o suor e outros resíduos da região.

Como fazer a higiene íntima corretamente?

Em já falei sobre higiene íntima da mulher num outro vídeo que publiquei aqui no blog há algum tempo, recomendo que passe lá para assistir esse vídeo e tirar todas as suas dúvidas.

ducha vaginal

Como fazer a Higiene Íntima depois da relação sexual?

Depois do sexo, é importante que faça sempre uma boa higiene íntima para evitar infeções ou doenças. Logo após o contato íntimo, deve tentar urinar para evitar o surgimento de infeções urinais e logo em seguida deve lavar abundantemente a região íntima com água e apenas um pouco de sabonete íntimo, e trocar de calcinha ou de protetor diário.

Outro cuidado importante, consiste em trocar diariamente o protetor diário e em casos de corrimento abundante este deve ser trocado mais de 1 vez por dia, estando sempre atenta à quantidade, cor e cheiro do corrimento para informar o ginecologista.

Além disso, sempre que notar alguma alteração na vagina, como um cheiro diferente, corrimento amarelo ou esverdeado, coceira ou ardor, deve de ir no ginecologista, pois esses podem ser sinais de doenças como candidíase, herpes genital ou infeção urinária por exemplo, que precisam de tratamento.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 avaliações, média: 5,00 de 5)