A autoconfiança está entrelaçada no autoconhecimento. Pense comigo: é muito mais fácil você ir para o trabalho por um caminho que você normalmente passa, que você conhece, não acha?  

Se conheça 

Embora seja bem clichê, essa questão diz muito sobre você. É ela que vai revelar os seus gostos, as suas atividades preferidas e até mesmo os trabalhos que te deixariam mais feliz profissionalmente. 

Se a sua intenção é conhecer a si mesma em diversos aspectos, descobrir o que te faz feliz é o melhor jeito de começar.

É importante que você saiba onde termina seus pontos fortes e onde começa suas fraquezas. Por acaso você tem consciência do que te faz bem? Quais são suas qualidades, habilidades e dons?

Isso é de extrema importância para que você saiba para onde deve ir, porque se você não se conhece, é mais fácil se perder naquilo que tem vontade de realizar.

O que você deve fazer

Existem seis passos que você pode seguir para desenvolver o autoconhecimento. Vamos lá?

  1. Fique em silêncio
  2. Perceba quem você realmente é, não quem você deseja ser
  3. Descubra no que você é boa e naquilo que não é
  4. Descubra pelo que você é apaixonada
  5. Peça uma avaliação
  6. Examine seus relacionamentos

Fique em silêncio

Há muitas possibilidades que você desconhece simplesmente porque não para um segundo e escuta o que está acontecendo dentro de você. Você já calculou quanto tempo passa somente na sua companhia?

Ao ficar sozinha, você vai identificar muitas coisas que estavam mal resolvidas. Você vai ser capaz de ver todas as facetas da sua vida.

Perceba quem você realmente é, não quem você deseja ser

Existe uma larga diferença entre aquilo que você idealiza e aquilo que você consegue colocar em prática. Isso tanto para fatos da vida, quanto para aspirações pessoais. 

Por exemplo, você deseja ser mais calma, mas a realidade é que você é alguém que mal consegue se conter quando alguma situação inesperada acontece. O que você deseja é uma coisa, a realidade é outra.

Por isso, os momentos que você fica em silêncio são extremamente importantes para que o entendimento daquilo que você é aconteça. Muitas questões, mas muitas respostas surgirão neste momento que você fica em silêncio.

Para te dar um empurrãozinho, você pode ter uma noção da sua personalidade a partir deste teste.

Descubra no que você é boa e naquilo que não é

Um ser humano é composto de diversas características, boas e ruins. Você nunca vai ser uma coisa somente. É importante que você saiba como conciliar essas duas partes e fazer com que elas, juntas, estejam ao seu favor. 

Saber aquilo que você é vai te levar a descobrir habilidades que até então você não sabia. Uma descoberta está diretamente ligada à outra. Saber o que você é irá te mostrar como ter autoconfiança. 

Descubra pelo que você é apaixonada

A paixão é energia pura. Pense só na quantidade de coisas que você faz quando está apaixonada. Você fica mais disposta, com mais vontade de fazer tudo aquilo que pode e consegue pela sua paixão.

É mais fácil se esforçar quando existe a emoção, porque ela te impulsiona a realizar as coisas. Por isso, se você descobrir pelo quê você é apaixonada, sua tarefa será menos uma obrigação e mais uma fonte de prazer e satisfação. 

Ao fazer algo que te incita e te move natural e apaixonadamente, você tem mais chances de realizar com excelência, vai ser mais fácil para você pensar, executar, ter mais êxito. 

A paixão faz com que você se esforce e o esforço traz recompensas e resultados incríveis.

Peça uma avaliação

Converse com as pessoas que estão ao seu redor, entenda que elas convivem com você e conhecem suas manias, seus jeitos, sua personalidade. Peça para elas falarem simplesmente isso: o que elas acham de você.

Se você não sabe nem por onde começar a se conhecer, essa etapa é a mais importante, porque vai te dar um norte e você vai começar a saber para onde ir. 

Peça para vários amigos e pessoas do seu convívio, não se limite. Depois que fizer isso, reúna todas as informações e faça um resumo do que eles disseram sobre você.

Quais são as coisas com as quais você concorda? O que você acha que não tem nada a ver com sua personalidade? Você se sentiu ofendida com alguma observação? Com o quê? E por que se ofendeu?

A partir dessas perguntas você vai encontrar as respostas necessárias para poder melhorar como ser humano.

Avalie seus relacionamentos

Se você não se conhece, você dificilmente vai ter um relacionamento saudável, porque ao saber seus limites você não só entenderá que as pessoas também têm os delas, como vai conseguir lembrar o seu limite para o outro, quando necessário. 

O tanto que você necessita ter autoconhecimento para saber como ter autoconfiança é o mesmo tanto que alguém precisa te conhecer para ter confiança em um relacionamento. 

É importante você usar seu autoconhecimento para lutar contra seus medos, porque quando você entender quem você deve ser o propósito da sua vida vai ser maior do que seus medos, suas inseguranças, sua falta de força de vontade. 

Mas os benefícios do autoconhecimento vão muito além disso. 

Quais os benefícios do autoconhecimento

Se souber quais são seus pontos fortes e suas fraquezas, você vai poder agir de forma com que elas te beneficiem. Mas, calma, eu vou te explicar isso melhor.

Quando você sabe, por exemplo, que é boa em fazer maquiagem você não vai mais precisar se preocupar em ir ao salão. E você só vai descobrir isso caso tente se maquiar algum dia. O autoconhecimento de algo que você tem como habilidade vai te mostrar como ter autoconfiança.

Olhe ao seu redor e pergunte às pessoas que mais convivem com você o que elas acham que você tem de qualidades e, eventualmente, questione-as a respeito dos seus defeitos também.

Ao descobrir que você é uma pessoa impaciente, por exemplo, você vai tentar não se colocar em situações que tiram a razão. 

E é óbvio que muitas das suas características você já conhece. A convivência que você tem consigo mesma é diária, mas você tem usado aquilo que sabe sobre si mesma ao seu favor? 

Autoconhecimento sem uma atitude transformadora e inspiradora é inútil. Se você se conhecer, você pode e deve fazer alguma coisa a respeito. 

A partir das respostas negativas que receber das pessoas que são próximas a você, você tem a opção de aprimorar sua personalidade e de se tornar uma pessoa melhor. 

Você vai notar, quando começar a fazer esse exercício, que as pessoas ao seu redor vão te elogiar, vão dizer o quanto você é equilibrada e como você inspira confiança. 

Situações ruins existem, mas você vai estar melhor preparada para elas. Vai ser difícil alguém conseguir te tirar do eixo, porque você sabe exatamente o que é, por isso, o que os terceiros irão falar ou pensar de você, principalmente. Se eles vierem mal intencionados, você estará preparada para isso. 

A importância do autoconhecimento para a sua carreira de trabalho

Uma boa parte de ter conhecimento sobre si própria é saber o que te tira de você e não permitir que isso aconteça. Você se torna mais capacitada para lidar com o próprio estresse. 

Saber até onde você é capaz de aguentar vai te poupar de esgotar sua energia. Antes que ela acabe você vai tirar um tempo para descansar, você vai conseguir dizer não para o que sabe não ter condições físicas ou psicológicas para fazer.

Além do mais, isso não vai beneficiar somente você. As pessoas vão sentir confiança em se aproximar, porque o caminho para saber como ter autoconfiança também envolve transmitir essa energia para os que convivem com você.

Quando você tem autoconhecimento e logo em seguida aprende como ter autoconfiança, você fica mais maleável e consegue receber críticas negativas sem se sentir ofendida. Você sabe o que é, entende que críticas existem e que elas podem ser uma oportunidade de crescer.

Dessa forma, trabalhar com você não vai ser um desafio, você se tornará uma funcionária cada vez melhor ou até uma líder excelente.

O caminho para se tornar autoconfiante

Eu não vou mentir para você: tudo isso exige dedicação. É provável que, no começo, você se sinta desconfortável com as respostas que vai obter, mas saiba que elas são essenciais para o seu desenvolvimento.

Estabelecer um nível elevado de autoconfiança não é uma tarefa imediata, você precisa começar com pequenas ações e, com o passar do tempo, vai se tornando mais segura de si.

Por isso, não tenha medo de olhar para dentro.

Visualize as mudanças e benefícios que irão ocorrer na sua vida e deixe que eles te motivem; pense em como você fará escolhas mais conscientes, pois terá controle das suas ações e emoções.

O autoconhecimento é fundamental para quem espera ter uma vida harmoniosa em todos os sentidos. 

Quanto mais nos conhecemos, mais autoconfiantes ficamos, não ficamos paralisadas diante de situações desafiadoras. E ter autoconfiança é saber do seu potencial e correr atrás daquilo que quer.

É a autoconfiança que nos dá segurança para expressar as nossas ideias e opiniões, em relação à aparência, para lidar de forma madura com os obstáculos de um relacionamento amoroso e para não ter medo do próprio sucesso.