Orgasmo tântrico: saiba como ter orgasmos mais intensos e longos!

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Orgasmo tântrico: saiba como ter orgasmos mais intensos e longos!

Vamos ser sinceras, qualquer orgasmo é uma ótima experiência. Eles nos fazem ver estrelas e nos proporcionam sensações maravilhosas, mas o que a maioria das mulheres não sabe é que podemos experimentar orgasmos melhores e profundos através do sexo tântrico. O orgasmo tântrico tem como principal pilar rejeitar a vergonha, rejeitar o julgamento e aproveitar o momento. É uma experiência que vai além do físico. Ficou interessada? Então veja o que é orgasmo tântrico e os benefícios que ele pode trazer para a sua vida.

orgasmo tântrico

No texto de hoje vamos falar sobre

  • O que é orgasmo?
  • O sexo tântrico
  • Orgasmo tântrico x clássico
  • Orgasmo energético de corpo inteiro
  • Como acontece
  • Remoção de bloqueios e velhas emoções (incluindo trauma)
  • Orgasmos múltiplos
  • Como conseguir um orgasmo energético
  • Outros tipos de orgasmo tântrico
  • Por que não experimentar?

O que é orgasmo?

Os orgasmos são espiritualmente importantes porque tiram você do corpo e da mente. Mentalmente, os orgasmos colocam você em um estado de relaxamento. Eles enchem o corpo com hormônios como serotonina, dopamina e ocitocina. Todos essas substâncias químicas fazem você se sentir feliz.

O estado de orgasmo também é um estado de energia muito alta – como uma eletricidade que vai dos genitais até a coluna e todo o sistema nervoso. É isso que lhe dá aquele “brilho orgástico” o dia todo. Trata-se da carga sexual sexual que vem de dentro.

O sexo tântrico

O tantra é uma tradição milenar indiana que, em sânscrito, significa “expansão através da consciência”. Na realidade, o tantra é uma técnica espiritual e uma filosofia de vida que utiliza a energia sexual para conseguir conectar-se consigo mesmo. O tantra é composto por práticas muito específicas de respiração, sons, movimentos e símbolos para ativar a energia sexual.

O sexo tântrico consiste na aplicação de técnicas do tantra no momento da relação sexual. O ponto-chave do tantra é a energia sexual que flui do centro do corpo para os órgãos genitais e percorre todo o organismo. O sexo tântrico também inclui exercícios de meditação e ioga para o praticante aprender a estimular esse percurso da energia pelo seu corpo e até o do parceiro. Esta prática de origem oriental não dá tanta importância à ejaculação, mas permite que o casal desfrute de cada momento da relação sexual. Os orgasmos proporcionados pelo sexo tântrico são muito mais poderosos e longos que os tradicionais.

Orgasmo tântrico x clássico

O orgasmo tântrico é muito diferente do orgasmo clássico, que na maioria das vezes é reduzido às nossas zonas genitais ou erógenas. Na maioria das vezes nos concentramos sobre a emoção dessas zonas, cujo efeito colateral é expandir o resto do corpo em torno do nosso sexo. O tantra, por outro lado, propõe uma visão “unificadora”, onde todo o nosso corpo participa de prazer.

O orgasmo tântrico favorece uma melhor circulação de nossa energia. Às vezes, o orgasmo clássico pode ser acompanhado por uma sensação de perda de energia, tanto no caso de mulheres quanto de homens. É como se fosse uma descarga: o relaxamento que se segue é muitas vezes devido à liberação de tensões.

Já o orgasmo tântrico permite a livre circulação de nossa energia e, no final, a recuperação da vitalidade, além de uma sensação de plenitude. Se você permanecer alerta, vai notar mudanças na energia do seu corpo. Haverá menos pensamentos em sua mente e seu coração se abrirá. E então você e seu parceiro serão apenas um, algo a alcançará e o orgasmo virá.

Orgasmo energético de corpo inteiro

Desde que haja energia suficiente, podemos experimentar um orgasmo em qualquer parte do corpo. Essa é uma das principais características do orgasmo tântrico. Quando todo o corpo está envolvido, é chamado um orgasmo energético de corpo inteiro. Envolve muito mais do que a liberação de tensão ou ejaculação genital e tem muito a ver com o movimento de energia em todo o corpo. Surpreendentemente, isso pode ser conseguido sem usar o toque ou tirar a roupa.

Na abordagem “normal” da “sexualidade baseada na fricção”, ou naquilo a que normalmente nos referimos como sexo, parece que queremos nos livrar da nossa energia sexual através da ejaculação ou do orgasmo de libertação de tensão.

Em uma sessão de orgasmo de corpo inteiro, a energia é encorajada a se mover através do corpo, ao invés de direcioná-la para fora dele através de nossos órgãos sexuais.

orgasmo

Como acontece

Desviando a energia sexual para cima e redirecionando e expandindo a energia da área genital, você começará a senti-la pulsar por todo o corpo. Se houver dor ou energia estagnada (bloqueios) residindo em seu corpo, você pode sentir isso como uma emoção que está procurando expressão. Você pode sentir emoções de raiva, tristeza ou culpa. Uma vez expressa e liberada, sentirá um aumento de prazer em todo o corpo. Isso pode durar horas, ao contrário de um orgasmo genital que geralmente dura segundos.

Qualquer pessoa que tenha experimentado um orgasmo de corpo inteiro relatará um sentimento de liberação, vivacidade e liberdade emocional.

Remoção de bloqueios e velhas emoções (incluindo trauma)

O que geralmente surge para as pessoas nas primeiras tentativas de orgasmo energético são as emoções associadas ao seu condicionamento sexual como culpa, vergonha e medo, bem como as histórias emocionais de sua vida. É por causa desses bloqueios que é raro alguém conseguir esse tipo de orgasmo na primeira tentativa.

Orgasmos múltiplos

Homens e mulheres podem desfrutar de orgasmos múltiplos repetidamente. As mulheres em relacionamentos de longo prazo recuperam suas vidas sexuais e os homens que estão abertos às práticas tântricas descobrem que são capazes de permanecer excitados por horas. O objetivo não é o orgasmo, é um profundo desapego e entrega total à pessoa com quem você compartilha o espaço. É uma experiência que irá fortalecer a sua paz interior, força e autoconfiança, bem como revolucionar a sua compreensão do sexo, como é comumente conhecido hoje.

orgasmo

Como conseguir um orgasmo energético

Aqui estão algumas dicas importantes, se você quiser ter um  orgasmo energético:

  • Faça uma respiração muito rápida, em vez de uma respiração profunda e relaxante. Você pode definitivamente ter um orgasmo de energia a partir de um trabalho de respiração mais profundo, mas esta é a maneira mais rápida de realmente gerar energia orgástica a partir da respiração.
  • Comece a respirar na área do períneo (base ou primeiro chakra) e suba sequencialmente até o segundo chakra (genitais), terceiro chakra (plexo solar / barriga), quarto chakra (centro do coração), quinto chakra (garganta), sexto chakra (espaço entre sobrancelhas ou terceiro olho) e sétimo chakra (topo da cabeça). Cada vez que você se mover para o próximo centro de energia ou chakra, traga a energia e a respiração com você.
  • Incorpore as contrações musculares do pompoarismo na sua respiração. Este é um ingrediente chave e é consideravelmente mais difícil gerar esse tipo de orgasmo de energia sem ele. As contrações musculares ajudam a gerar energia sexual em nossos órgãos genitais e a conexão com essa energia sexual intensifica a liberação orgástica.  
  • Faça uma respiração mais profunda. Isso envolve respirar profundamente três vezes e segurar o último suspiro enquanto você aperta os músculos do assoalho pélvico todos os músculos, incluindo o rosto e os punhos. Segure essa respiração por pelo menos 30 segundos e depois solte.

Outros tipos de orgasmo tântrico

Existem vários tipos de orgasmo comuns (cerca de 11), porém os alcançados no tantra são um pouco mais específicos. Além do orgasmo energético, podemos ressaltar quatro:

1. O orgasmo clitoriano

É chamado “sahajoli” ou “o raio”, porque o clitóris tem mais de 8 mil terminações nervosas. Isso é o dobro de um pênis! Ativar essas terminações nervosas cria uma incrível quantidade de eletricidade.

2. O orgasmo vaginal

A vagina é chamada “yoni” em sânscrito, que se traduz livremente como “um espaço sagrado”. Na filosofia tântrica, nos aproximamos da vagina a partir de um lugar de amor e respeito absoluto, de modo que a massagem yoni é uma prática destinada a honrar verdadeiramente uma mulher e a dar-lhe prazer altruísta.

O “moola bandha” (orgasmo) gira em torno da raiz do colo do útero, que é, energeticamente, psicológico e espiritual. A energia desse orgasmo percorre o centro da espinha e se ativa no coração – parece mais um bumbo profundo.

3. O orgasmo do ponto G

As traduções originais do Ananga-ranga, conhecido como o indiano Kamasutra, referem-se especificamente ao ponto erótico no interior da parede vaginal – o sadpanda nadi.

Para encontrar o ponto G, curve seus dois primeiros dedos como a letra C e deslize-os para dentro da vagina. Sinta um pouco de pele macia e esponjosa atrás do clitóris. Você pode massageá-lo fazendo um movimento com os dedos curvados. Varie entre golpes rápidos e lentos.

Não se surpreenda se este tipo de estimulação levar a uma súbita explosão de umidade ou ejaculação. O líquido que acompanha alguns orgasmos é chamado de amrita ou “néctar da deusa”, e é sagrado.

4. Seios

A massagem sensual na mama é considerada uma atividade poderosa para as mulheres. Shyama é a deusa tântrica do coração. Dizem que despertar o prazer através dos seios e mamilos desperta a deusa responsável pelo amor e pelo vínculo.

Estudos científicos modernos sustentam essas antigas tradições. A estimulação do mamilo libera a ocitocina e nos dá sentimentos de amor e união. Você pode usar isso como uma prática de auto satisfação, massageando-se com óleo de coco no chuveiro, ou você pode trazê-lo para o quarto com seu parceiro.

seios orgasmo tantrico

Por que não experimentar?

O orgasmo tântrico é basicamente sobre ir devagar e, assim como acontece com as práticas de yoga ou meditação, requer prática, paciência e tempo. Quando as pessoas dizem que fizeram sexo tântrico por quatro horas, elas não querem dizer que estão tendo relações sexuais por todo esse tempo, o que elas fizeram foi prolongar a penetração e o orgasmo pelo maior tempo possível para construir uma verdadeira excitação no corpo e na mente. Tudo isso através do trabalho da respiração, meditações, preliminares sem toques e preliminares genitais.

Portanto, se você não conseguir das primeiras vezes, não se preocupe, continue praticando até ficar expert no sexo tântrico. Depois de um tempo, você verá como suas relações sexuais e seu relacionamento vai melhorar. No final, você alcançará orgasmos de qualidade e ao mesmo tempo, conhecerá melhor a si mesma. Vale a pena!

Gostou do artigo de hoje? Deixe seu comentário e sua sugestão de post.

Super beijo!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas:

Os comentários estão desativados.