O fim de um relacionamento é a dura etapa final de um longo processo de rompimento  na relação de um casal, que já pode estar acontecendo por um bom tempo, anunciando a crise no relacionamento.

É importante entender que existem duas etapas anteriores a este momento tão delicado na vida de um casal, que são: a crise no relacionamento e as causas da crise.

Para ficar mais fácil de entender vamos colocar essas coisas numa ordem cronológica; primeiro existem os pequenos comportamentos que vão alimentando lentamente o segundo estágio que é a famosa crise no relacionamento, esta leva para a etapa final que é o difícil fim do relacionamento.

Geralmente, o que encontramos de informações são exatamente as situações que sinalizam que seu casamento já está em crise, o que seria o nossa segunda etapa, a crise no relacionamento.

É importante saber identificar se o seu relacionamento está em crise ou não, o mais rápido possível para ter tempo de encontrar as alternativas que possam contornar uma situação mais chata e delicada que é o fim da relação.

Catia Pompoarismo Casal em Crise no relacionamento

Os sinais de uma crise no relacionamento

O que muitos não sabem, e vou te contar hoje, são os comportamentos que acontecem antes da crise, e que podem estar sendo alimentandos silenciosamente neste exato momento sem que você perceba.

Existem muitos sinais que indicam que as coisas não estão indo bem num relacionamento, e para muitos pode ser um grande choque perceber que deixaram as coisas chegar ao ponto de uma crise e que o momento, onde um dos dois, vai finalmente encontrar coragem para acabar a relação.

Lidar com essa situação, para muitos casais, pode ser tão difícil quanto encontrar as forças necessárias para trabalhar o possível resgate dela.

Por isso o que tenho para te falar é tão importante, pois saber o que pode causar uma crise, pode deixar as coisas um pouco mais fáceis de serem contornadas.

Perceber as coisas contraditórias de uma relação antes de uma crise ser instalada ajuda o casal a ter mais clareza e obter melhores respostas para a solução dos problemas. 

Vocês sabem que juntos são mais fortes para encarar as dificuldades que a vida naturalmente já imprimi, por isso a separação nunca é a melhor opção para ambos.

Ao términa de ler esse texto você estará pronta para saber:

  • Por que evitar uma crise no relacionamento? 
  • As consequências de uma crise mal resolvida
  • O que é egoísmo?
  • Como saber se você ou seu parceiro estão sendo egoístas no relacionamento?
  • 5 comportamentos que podem gerar a crise do relacionamento?

Por que evitar uma crise no relacionamento? 

Mulher triste e desolada com crise no relacionamento
Young sad and depressed woman indoors by window at home. Shot through glass.

Numa crise, é muito comum experimentar uma tempestade de sentimentos negativos como a tristeza, a dor e a mágoa, principalmente se você é a pessoa que está para ser deixada.

A sensação de abandono pode gerar pensamentos bem duros de se encarar como, pensar numa possível traição do parceiro e uma forte sensação de abandono, que gera coisas do tipo “ele está desistindo de mim” ou “sou um fracasso como esposa”.

Embora esses sentimento pareçam muito reais não devem, neste momento, causar uma mudança repentina de humor, como irritação ou raiva, que possam te impedir de analisar calmamente a situação e conseguir obter minimamente o equilíbrio para conversar com o parceiro.

Manter o equilíbrio e a paz de espírito serão essenciais para que impedir que o calor da situação possa criar situações tão desagradáveis que acelerem o processo de término, no momento em ainda era possível resgatar a relação.

Em resumo, uma crise no relacionamento pode acabar atingindo os parceiros de maneira tão radical que coloca toda bela história do casal a perder. Se você pode evitar essa situação, por que não tentar.

As consequências de uma crise no relacionamento mal resolvida

As incertezas causadas pelo fato de não saber ao certo se um relacionamento está em crise ou já está nas vias do término é um momento incrivelmente difícil.

casal em crise tirando aneis de casamento
Couple breaking up the relationship

Você pode se vê lutando com sua série de emoções bastante difíceis de lidar que podem trazer graves consequências para sua capacidade de agir em outras áreas de sua vida pessoal e profissional.

Nessas situações, algumas pessoas podem apresentar problemas de insônia e  falta de apetite, outras podem começar despertar outros comportamentos como se entregar à comida como uma maneira de amenizar os sentimentos e aliviar a dor. 

Outras podem se entregar a bebidas e às drogas mais do que o normal para bloquear sentimentos negativos algo que inevitavelmente prejudicial, pois não conseguem voltar ao normal de forma equilibrada quando essas coisas acabam.

Muitas podem mergulhar profundamente no trabalho para tentar se livrar do que está acontecendo no relacionamento, enquanto outras têm dificuldade real em se concentrar e manter um nível normal de produtividade. 

A ansiedade é outro fator que pode surgir nesse período, pois a incerteza do que pode estar por vir gera uma grave instabilidade emocional podendo até causar ataques de pânico, só de pensar no término do relacionamento. 

Alterações repentinas de humor, devido ao aumento da baixa autoestima, podem gerar uma verdadeira montanha russa emocional. 

Em fração de segundos, pessoas podem estar se sentindo tristes, rapidamente podem sentir raiva e demonstrar alta irritabilidade com os outros perdendo a paciência muito mais rápido do que o normal. 

Todas essas reações e uma infinidade de outras são comuns a um relacionamento em crise, pois ele, sem dúvidas é uma situação muito traumática e estressante.

Casal discutindo o relacionamento no sofá

Você está prestes a saber qual é a verdadeira raiz de separações, divórcios e relacionamentos infelizes.

Todos os comportamentos que podem gerar uma crise no relacionamento são oriundos de um mesmo sentimento negativo que muito precisa ser trabalhado em algumas pessoas. Estou falando do “egoísmo”.

O que é egoísmo e como ele influi na crise do relacionamento?

Egoísta é aquela pessoa que se preocupa excessiva ou exclusivamente com ela mesma, sempre buscando tirar vantagem, prazer ou bem estar de uma situação ou relação.

O grande problema é que elas não têm noção das consequências de suas atitudes acreditando que são apenas pessoas com personalidade forte e autênticas.

Outra situação delicada do egoísmo é que como a pessoa está sempre em busca da própria felicidade a qualquer custo ela não se preocupa com os sentimentos alheios.

Geralmente pessoas mais cuidadosas e emocionalmente mais prestativas são as principais vítimas dos egoístas, sendo constantemente usadas e abusadas. 

No início de um relacionamento, por exemplo, elas demonstram muito afeto e carinho, fazem de tudo para mimar você, mas isso dura apenas até o momento em que você abaixa a guarda.

Como saber se você ou seu parceiro estão sendo egoístas no relacionamento?

Casal se desentende durante a terapia de casais
  • A primeira coisa que você precisa saber é que uma pessoa egoísta jamais permite demonstrar sua vulnerabilidade, a partir disso temos as seguintes características do egoísmo:
  • Pessoas egoístas sentem que possuem as coisas por pleno direito a elas. Se num relacionamento você faz algo de especial, ela pode simplesmente acreditar que você não fez mais do que sua obrigação.
  • Pessoas egoístas dificilmente reconhecem quando estão erradas. Num relacionamento isso é muito complicado pois cada conversa torna-se muito desgastante. Pode-se chegar ao ponto que o parceiro não queira nem mais ter qualquer tipo de conversa, fragilizando assim a cumplicidade da relação.
  • Se o assunto não lhes interessa, essas pessoas tendem a não levar nada à sério e estão sempre despreocupadas com o seu sentimento. Por isso quando o relacionamento está em crise e você estiver demonstrando fragilidade emocional ela pode simplesmente te fazer sentir-se uma idiota por se comportar dessa maneira.
  • Elas são incrivelmente manipuladoras, por isso são incapazes de medir as consequências de suas próprias ações. Num relacionamento, mesmo que o erro tenha sido muito grave, como uma traição, jamais espere que ela reconheça estar errada.  

Mostrei para você as características mais marcantes de um egoísta nato, mas em nossas vidas podemos demonstrar comportamentos e atitudes egoístas mesmo que não o sejamos de maneira radical.

Num relacionamento, onde o casal não se percebe como um time e que fique disputando vaidades, o egoísmo pode se manifestar de forma muito intensa e apresentar comportamentos que facilmente tenderão a uma crise.

Veja os principais comportamentos egoístas que podem gerar uma crise no seu relacionamento:

5 comportamentos que podem gerar crise no relacionamento

1 – Falta de respeito com os sentimentos do parceiro, são sintomas de crise no relacionamento.

Quando os seus sentimentos e os do parceiro começam a ser utilizados com o único intuito de ferir ou mesmo para que um resultado seja atingido, como acabar com uma discussão um sinal de alerta deve acionado imediatamente. 

A frieza como sentimento do outro pode se caracterizar como chantagem emocional que é quando há uma tentativa de controle do outro a partir de suas emoções. Trata-se de um jogo muito injusto e extremamente perigoso.

2 – Distância emocional

Quando vocês estão fisicamente presentes, mas emocionalmente distantes eis um dos sinais de que o relacionamento pode começar a entrar numa crise ou mesmo se encaminhar para um futuro término.

Colocar seu marido ou namorado contra a parede por estar distante ou na defensiva pode não ser o método mais eficaz de superar a distância emocional! Você conhece seu parceiro; tente abordá-lo da maneira mais leve possível.

O distanciamento emocional pode ser causado pela falta de novas experiências para serem compartilhadas pelo casal, principalmente sexuais.

Você pode propor novas experiências sexuais com joguinhos, brinquedinhos e testar lugares diferentes sem falar dos prazeres que vocês podem sentir juntos com o pompoarismo.

Não enviamos SPAM. Ao se cadastrar você autoriza receber newsletters e informações da Cátia Damasceno.

3 – Mentiras no relacionamento

Relacionamentos devem ser construídos com base na confiança, você já pode ter escutado isso um milhão de vezes, mas tenho que repetir por que é a mais pura verdade.

A mentira é frustrante, especialmente quando vem de alguém com quem você realmente gosta, além do mais quando você não tem certeza se está sendo enganada ou não.

Você pode começar a perceber que algumas histórias contadas por ele não batem, sua linguagem corporal muda sempre que ele está em contato com o telefone e ele agora só se expressa com você com respostas diferentes, frias e distantes.

Observe bastante esses comportamentos e proponha sempre uma conversa quando perceber esses movimentos dele.

Se você esta com uma pulguinha atrás da orelha com seu parceiro e sente que a confiança está abalada, veja como melhorar a confiança no seu relacionamento com este vídeo que vou deixar aqui abaixo para você.

4 – Elogios ficam cada vez mais raros

Os elogios são uma forma de comunicar apreço por alguém.

Lembre-se de como vocês se admiravam apaixonadamente na fase de namoro. Com certeza haviam trocas de carinhos, músicas, apelidos e principalmente elogios, a troca de vocês era sempre positiva.

Com a rotina e o desgaste da relação fica mais fácil apenas perceber as coisinhas mais irritantes do parceiro e ficamos cada vez mais especialistas nisso, não passa absolutamente nada, e isso é cansativo para ambos.

John Gottman, um conhecido pesquisador de satisfação conjugal, apontou que uma boa regra para muitos relacionamentos é algo chamado “proporção de 5: 1”.

Ele afirmou que, para que a satisfação de um casal seja alta, é preciso haver cinco vezes mais interações positivas entre os parceiros do que negativas.

Analise e perceba como estão as interações positivas e negativas do casal, se estiver em desequilíbrio comecem a adotar práticas positivas entre vocês como voltar a trocar elogios.

5 – Tentar mudar o outro

Mulher sentada a mesa observa as ameaças do marido

Nós só conseguimos mudar uma pessoa no mundo, nós mesmas.

Quando você entrou no relacionamento o seu parceiro já tinha vivido diversas experiências que moldaram o seu jeito de ser.

Podemos conversar sobre a mudança de comportamentos que ajudem a melhorar, mas não temos o poder de mudar uma pessoa.

Esta tentativa cria bastante desgaste na relação para ambos, por isso o melhor a se fazer é tentar resgatar o que de positivo e o que despertou encantamento por ela quando vocês se conheceram para uma melhor convivência.

Se você está percebendo que é ele quem está tentando te mudar, proponha uma conversa e coloquem as coisas nos seus devidos lugares. 

Existem outros sinais que podem provocar uma crise no seu relacionamento, como focar apenas os aspectos negativos do seu parceiro ou mesmo perceber que um de vocês não reconhece a necessidade de ajuda com os problemas pessoas que estão enfrentando.

Uma relação saudável é aquele que tem força e condições para sempre permitir uma conversa franca e honesta sempre que for necessário.

Existem especialistas na área de relacionamento que podem ajudar o casal a perceber as pequenas falhas que podem se transformar em grandes crises. Não tenha medo de procurar ajuda sempre que precisar.

Gostou do post? Meu blog, e minhas redes sociais estão sempre trazendo ótimas informações para que você viva plenamente a sua relação.

Super beijo,

Texto de Cátia Damasceno

Cátia Damasceno é Fisioterapeuta especializada em uroginecologia, coach, palestrante e idealizadora do Programa Mulheres Bem Resolvidas.