Se você gostou desse Blog clique no +1:

O que fazer no primeiro encontro: 10 coisas que você precisa saber

A vida é a arte dos encontros, mas quando a gente passa pelo primeiro encontro, o peso das dúvidas que surgem entre as várias borboletas inquietas no estômago. A ansiedade por trás disso tudo tem razões bastante simples: as expectativas que criamos e a vontade de agradar o homem e de ser aceita.

Hoje vamos falar sobre:

  • Como lidar com a ansiedade do primeiro encontro

  • 10 dicas para passar pelo primeiro encontro com sucesso

Pensando nas várias histórias que me contam, nas dúvidas que recebo e nos padrões de comportamento que assumimos, preparei 10 dicas sobre coisas que toda mulher precisa estar ciente no primeiro encontro.

primeiro encontro

Pode até parecer machista colocar as coisas dessa forma, mas eu lhe digo com toda a certeza de que essa é a uma sensação experimentada por homens e mulheres, independentemente da idade. E não só pelos humanos, viu? A arte da conquista é um instinto de todos os animais,  e, logicamente, com a gente não seria diferente. Isso tudo porque o novo traz em si traz a insegurança, e o desconhecido é um território pronto para ser desbravado.

Vamos às dicas sobre o primeiro encontro?

#1 Segurança em primeiro lugar

O meu primeiro conselho para um primeiro encontro pode parecer piegas, já que nós somos mulheres bem grandinhas, mas nunca é demais reforçar que a nossa segurança está em primeiro lugar. Ainda mais nos tempos de hoje, em que o cupido virou digital, e as antigas flechadas se tornaram “likes” nos aplicativos amorosos.

A ideia de buscar alguém em um cardápio do amor pode parecer um pouco impessoal no começo, mas acredite: a Internet é uma mão na roda pros mais tímidos, pois dá uma sensação de proteção para aqueles que demoram um tempo a mais para conhecer alguém.

Por isso, se você esbarrar com uma pessoa legal em um aplicativo, com quem a conversa flua e desperte a  vontade de marcar um primeiro encontro, faça isso, mas tome alguns cuidados. Não dê o seu endereço ou aceite caronas. Vá com o seu carro e marque o encontro em um local público: restaurantes são ótimas pedidas, assim vocês podem ter a oportunidade de conversar em um lugar tranquilo.

paquera online

#2 Esteja aberta para algumas possibilidades

Assim como tudo na vida, os encontros têm duas possibilidades: de ser um sucesso, ou, então, não suprir as expectativas.  Por isso, é importante que você esteja aberta para essa incerteza, e, independentemente do resultado, encare-o como uma tentativa válida.

Eu costumo ouvir histórias de mulheres que não encontraram o amor das suas vidas no primeiro encontro, mas que fizeram amigos para uma vida inteira.

#3 Se vista para se sentir confortável

É claro que a gente quer causar uma boa impressão, e demorar horas para escolher o que vestir e se arrumar faz parte do pacote. Esses são momentos saudáveis, rituais em que trabalhamos a nossa autoestima – ponto essencial para um primeiro encontro -, mas é preciso ficar atenta a alguns pontos que, ao invés de te ajudarem, podem jogar contra.

A escolha errada da roupa é um deles. Poucas coisas causam tanta saia justa como não se sentir bem com aquilo que está vestindo, e isso interfere diretamente na segurança, fazendo com que ela fique abalada, principalmente nos primeiros encontros. Portanto, escolha uma roupa com a qual você se sinta bem, e não como uma personagem desenvolvendo um papel que não corresponde a quem você é. É claro que é interessante sair um pouco da sua zona de conforto, mas sem exageros, ok?

confortavel no primeiro encontro

#4 Um drink pode ajudar a descontrair

Sabe aquela sensação que sentíamos no colegial, quando aquele menino de quem gostávamos passava por perto? Mesmo que os anos tenham passado, você tenha casado, se separado, tido filhos, se sentir essa sensação de novo, não fique se condenando por parecer uma garotinha de 15 anos. Ficar ansiosa é sinal de que você está mais viva do que nunca e tem expectativas sobre as novidades da vida, o que é maravilhoso!

Use o passar do tempo a seu favor: enquanto lá atrás não tínhamos muitos recursos para disfarçar a insegurança, hoje, por outro lado, temos uma carta de vinhos à escolha. Um drink também sempre cai bem no primeiro encontro, e pode ser uma ótima forma de criar uma conversa entre vocês. Sobre isso, vou falar mais na próxima dica.

#5 Evite, mas se acontecer, saiba contornar o silêncio

Se vocês estão saindo juntos pela primeira vez, mas já se conhecem, têm amigos em comum ou trabalham na mesma empresa, as chances da temida falta de assunto invadir o encontro diminuem, mas, mesmo assim, é preciso estar preparada para ela.

Apesar de um pouco constrangedor, o silêncio é resultado da razão por vocês dois estarem naquela situação. Quando você está conhecendo alguém, é natural que, assim, de cara, não tenha intimidade ou identifique pontos em comum para engatar conversas intermináveis. É claro que o oposto também pode acontecer, mas não na grande maioria dos primeiros encontros. Portanto, lide com momentos de silêncio da melhor forma possível. Fernando Pessoa já dizia que “existe no silêncio uma tão profunda sabedoria que, às vezes, ele se transforma na mais perfeita resposta”.

E quem vai discordar do mestre? Agora, se você quer uma dica para se sair bem dessas situações, e que funciona com tantas outras, acredite em mim, use o bom humor: poucas pessoas resistem ao humor inteligente, então, se você souber dosá-lo na hora certa, ponto!

#6 Beijo no primeiro encontro

Há quem diga que o beijo é o termômetro para qualquer relação, seja ela aberta, tradicional, sem compromisso ou de amizade colorida. Vai por mim: se a sintonia entre vocês for legal e pintar a vontade, por que não?

O beijo é uma forma de conhecer o outro, também, e vai lhe ajudar a tirar as suas conclusões sobre o primeiro encontro.

#7 Sexo no primeiro encontro

Faça uma reflexão: as pessoas que falam para você não ir pra cama no primeiro encontro são as mesmas que têm um relacionamento exemplo, digno de contos de fada?

Eu não gosto de dizer o que é certo ou errado em relação ao sexo, porque, cá entre nós, não existe uma fórmula perfeita que se aplique a todas as pessoas. Cada uma tem uma relação diferente com a sua sexualidade, e muitas podem encontrar o amor da sua vida em uma noite picante de sexo sem antes mesmo saber o nome do outro. E também há quem prorrogue o sexo e crie uma expectativa em cima da troca intelectual, mas que, quando finalmente chega na hora H, descobre que não vai passar daquela noite.

O segredo pra que você se saia bem dessa questão de transar ou não no primeiro encontro é fazer o que estiver vontade no momento. Se desapegue de pudores ou do que os outros vão pensar com a sua atitude. O corpo é seu, e só você tem o direito de escolher o que fazer com ele.

sexo no primeiro encontro

#8 Como enlouquecer um homem no primeiro encontro

É claro que as dicas não podem ficam apenas na máxima de “seja você mesma”. Valorizar alguns pontos para chamar a atenção e enlouquecer um homem no primeiro encontro é super importante, desde que essa estratégia seja colocada em prática nos pequenos detalhes. Na roupa, por exemplo, decotes que mais escondem do que revelam atiçam a imaginação, assim como as peças de roupa que valorizam as suas curvas. Mas, de novo, cuidado para não pesar a mão e fazer com que o efeito seja o oposto do que você deseja para a ocasião. O mesmo conselho vale para a maquiagem e acessórios. Use a sua sensualidade a seu favor, e distribua sorrisos e olhares que instiguem o homem a querer descobrir mais sobre você.

#9 Mensagens depois do primeiro encontro

Esse também é outro ponto que eu digo que não existem regras. O desenrolar do primeiro encontro vai depender das impressões de ambos, e tanto pode caminhar para um segundo programa a dois como representar que esse foi o único. Agora, se você ficou com vontade de agradecer a companhia, e demonstrar o seu interesse, por que não mandar uma mensagem para ele? Desde que delicada e que não seja muito invasiva, ela pode ser o estímulo ideal para que vocês continuem se conhecendo.

#10 Busque não avançar as etapas

O encontro foi maravilhoso, as conversas sobre diversos assuntos fluíram e isso fez com que você tenha ficado com vontade de conhecê-lo melhor. Até aí não há nada de errado, muito pelo contrário: a gente marca encontros porque está aberto a conhecer pessoas. Mas existe uma diferença entre o primeiro encontro ter sido um sucesso e vocês engatarem uma relação a partir dele.

Mesmo que essa seja a sua expectativa, tome cuidado para não avançar as etapas e acabar enfiando os pés pelas mãos. Vá sentindo como a troca entre vocês flui, e, se for para ser, ambos vão assumir esse desejo naturalmente, sem pressão ou atitudes precipitadas.

primeiro encontro engracado

Resumindo, minhas amigas, essa é a graça da vida: apesar de acharmos que temos as rédeas sobre as nossas, na verdade, nem tudo pode ser planejado do jeito que gostaríamos. Mas nós podemos usar os nossos truques para dar uma forcinha para o destino. Que bom, não é mesmo?

Gostou deste artigo? Tem alguma história divertida para contar sobre seu primeiro encontro? Vamos conversar nos comentários. Super beijo!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas: