Como acabar com a falta de desejo sexual do parceiro?

Se você gostou desse Blog clique no +1:

Como acabar com a falta de desejo sexual do parceiro?

As mulheres não são as únicas que sofrem com a  falta de libido em um relacionamento, esse problema também afeta os homens e é muito mais comum do que imaginamos. Quando isso acontece, pode ser muito complicado de superar e gera conflito entre os casais. Quando o marido evita o contato sexual faz com que muitas mulheres tenham sentimentos de vergonha e remorso, e até mesmo acreditam ser a causa do problema. Afinal, geralmente é comum afirmar que todos os homens estão sempre dispostos a fazer sexo a qualquer momento, em qualquer lugar. Já eles se sentem muito frustrados quando sentem falta de apetite sexual, porque a condição entra em conflito com o tipo de crença sobre a potência sexual masculina. No texto de hoje, vou explicar o que causa esse problema nos homens e mostrar as diferentes maneiras e truques para acabar com a falta de desejo sexual do seu parceiro.

falta-de-desejo-sexual-catia-damasceno

Com a convivência e a passagem dos anos pode ocorrer uma diminuição do desejo entre o casal. Sem saber a causa do problema, a paixão é afetada. Se isso acontecer com você, não se sinta culpada! Esta disfunção sexual afeta aproximadamente 31% dos homens e 43% das mulheres no mundo! E, de acordo com especialistas, acontece com todos os casais pelo menos uma vez ao longo de suas vidas.

No texto de hoje vamos falar sobre:

  • Autossabotagem
  • Problemas no relacionamento
  • Causas
  • Tratamento
  • Dicas para acabar com a falta de desejo sexual
  • É realmente um problema?

Autossabotagem

A pessoa que sofre com a falta de desejo sexual não percebe, mas acaba sabotando inconscientemente o relacionamento com mil inconvenientes. E é fácil, porque atualmente temos uma sobrecarga de atividades com um tempo limitado: trabalho, tarefas domésticas, cuidados pessoais, compras, atenção às crianças, relações sociais, compromissos familiares, viagens, cinema, música, leitura, videogames, televisão a qualquer hora. Fora o tempo que passamos em frente a computadores e celulares conectados à Internet. Quem tem tempo para o sexo? Há muitas coisas para fazer…

É assim que um homem com falta de libido vê a vida. Ele tem tempo para tudo, exceto para manter a intimidade sexual com outra pessoa.

Problemas no relacionamento

A falta de desejo sexual geralmente tem um impacto significativo sobre o relacionamento, especialmente se é o homem que tem esse problema. A falta de desejo sexual por parte do parceiro é traduzida por mulheres como uma falta de desejo por elas. Elas se sentem desprezadas e culpadas por não despertarem a paixão sexual nele. Começam a se sentir indesejáveis, frustradas e, o que é pior, não amadas. A autoestima diminui e nesse ponto é elas que começam a evitar a relação sexual. Em vez de incentivar o parceiro, o problema piora e se aprofunda, e a vida sexual fica nula.

falta-de-desejo-sexual-catia-damasceno

Causas da falta de desejo sexual

Depressão

A depressão altera todos os aspectos da vida do paciente. É normal que, quando se sentir deprimido, o homem experimente uma falta parcial ou total de apetite sexual. A diminuição da libido também pode ser um efeito colateral de alguns antidepressivos.

Baixos níveis de testosterona

A testosterona é um hormônio masculino muito importante. Nas mulheres também está presente, mas em quantidades menores. Nos homens, este hormônio é produzido principalmente nos testículos e é responsável pela construção de músculos, massa óssea e estimula a produção de esperma, além de influenciar o desejo sexual. Se o homem tem níveis baixos de testosterona pode ter uma deficiência. Isso é normal quando ele envelhece.Uma queda drástica pode influenciar a falta de apetite sexual.

Doenças crônicas

Quando a saúde é afetada pelos efeitos de uma doença crônica, é provável que o sexo não esteja mais na sua lista de prioridades. Certas doenças como o câncer podem diminuir a contagem de esperma. Isso ocorre porque o corpo se concentra na luta contra a doença.

Medicamentos

Existem certos medicamentos que podem diminuir os níveis de testosterona, por isso causam falta de apetite sexual. Entre aqueles que causam mais problemas a este respeito, encontramos:

  • Alguns medicamentos para a pressão arterial
  • Antidepressivos
  • Medicamentos contra a calvície
  • Anti-histamínicos
  • Maconha medicinal
  • Medicamentos anticoagulantes
  • Betabloqueadores
  • Benzodiazepínicos

Estresse

Quando o homem está muito estressado ou mesmo ansioso seu desejo sexual pode diminuir drasticamente. Isso ocorre porque o estresse altera o nível de seus hormônios e afeta a testosterona. Por outro lado, as artérias podem endurecer em tempos de estresse e se tornarem mais estreitas. Isso restringe a passagem do sangue, que causa disfunção erétil.

Crise entre o casal

Parece um pensamento lógico que um relacionamento ruim leva a uma falta de desejo. No entanto, é surpreendente o número de casais tentando cobrir um relacionamento ruim com o sexo. Esta solução está muito errada. A comunicação afetiva e sensorial é uma das bases do bom sexo. Se estou com raiva de você, não posso sentir vontade de lhe dar prazer. Os argumentos, maus tratos ou ressentimentos diários contribuem para matar o erotismo no casal.

Rotina

A pode acabar com a vida sexual de um casal. Na verdade, a rotina pode acabar com o prazer de qualquer atividade humana. Quando a relação sexual é realizada da mesma forma, com dias e horários definidos… É muito provável que as fantasias sexuais voem em busca da intensa adrenalina e do prazer associado ao sexo. Este é um dos pontos onde a infidelidade começa a infiltrar.

Baixa autoestima

O homem ferido em sua auto-estima, especialmente se tiver relação com um detalhe sexual, está bloqueando o desejo por medo de não responder satisfatoriamente a sua parceira. Por exemplo, se ele desconfia que pode ter alguma disfunção erétil, poderá bloquear de forma inconsciente, o desejo sexual.

falta de desejo sexual

Tratamento

Seja qual for a causa da falta de desejo sexual, é aconselhável consultar um especialista. Um clínico ou psicólogo que pode ajudar a encontrar a causa raiz e a solução. Primeiro, ele irá investigar se o problema é físico e nesse caso, poderá receitar um tratamento com medicamentos específicos.Descartada a hipótese de problemas físicos, o médico irá investigar o histórico do paciente e irá indicar um tratamento psicológico. Neste caso, terapia de casais com um terapeuta sexual produzem resultados interessantes.

Dicas para acabar com a falta de desejo sexual

Exercícios

Não há nada melhor para a saúde sexual (e, por extensão, saúde em geral), do que exercitar muito. Faça caminhadas com ele ou procure por uma academia ou grupo que pratique um esporte ou exercício específico. Quanto mais ativo vocês forem, melhor será a sua vida sexual.

Luta contra estresse

O estresse causado pelo trabalho ou por qualquer outra circunstância pode estragar a vida de qualquer pessoa. Se o seu parceiro ou marido estiver nessa situação, precisará do seu apoio. Incentive-o a procurar ajuda, seja ela de um bom amigo ou mesmo de um terapeuta especializado.

Comunicação

Não é conveniente esconder o assunto sob o tapete. Se quiser mais atividade sexual, é melhor conversar com seu parceiro, mas não converse em um tom de confronto. Não o acuse ou o insulte, mesmo que seja indiretamente (“Eu posso pensar em muitos homens com quem eu poderia fazer sexo”). Em vez disso, levante o seguinte tema: “Estamos fazendo sexo com menos frequência do que antes. Sinto falta de estar com você. Não podemos fazer algo para para resolver isso?”

Abra o jogo

Não fique sentada esperando que ele faça o primeiro movimento. Se você quer mais sexo em sua vida, corra atrás. Beije-o apaixonadamente pela manhã, surpreenda-o no banho ou quando ele menos espera, seja generoso com elogios e positivo em seus comentários. Isso fará com que ele se sinta sexy e desejável e poderá melhorar seu humor e seu apetite sexual.

Ajude-o a tomar as decisões mais saudáveis.

Um jantar abundante e alguns copos de vinho podem parecer uma maneira fantástica de terminar o dia, mas eles também podem deixar os dois muito cansados para ter uma sessão de sexo mais tarde. Prepare refeições leves e nutritivas, limite a ingestão de álcool (ambos).

Saia da rotina.

Em vez de passar o tempo em frente à TV tente fazer alguma coisa diferente com o seu parceiro. Façam passeios, visitem locais diferente, deem uma fugidinha rápida para um local longe da sua casa. A ideia é que você e seu parceiro saiam da zona de conforto e fujam da rotina!

Ouse

Acabe com tabus sobre idade e sexo, fujam da rotina e realizam essas fantasias sexuais que sempre desejaram. Não tenha medo de mudar as coisas e tentar coisas novas.

É muito importante não nos deixar levar pela preguiça, falta de imaginação e entusiasmo nos nossos encontros sexuais. Pense e viva como amante do nosso companheiro do dia a dia. Mime e cuide da intimidade de vocês, cuide da sexualidade para enriquecê-la, se divertindo com o sexo e proponha ao seu parceiros emocionantes jogos eróticos, fantasias sexuais, e alimente o desejo com livros e tudo o que nos estimule sexualmente…

falta-de-desejo-sexual-catia-damasceno

É realmente um problema?

Não é incomum que as pessoas, sejam homens ou mulheres, passem por períodos de baixa atividade sexual. O essencial é não perder o fio de ligação do casal e sempre conversar sobre o problema caso o problema surja.

Felizmente, a falta de desejo sexual pode ser superada. A chave é conhecer melhor o corpo, com suas limitações e modificações, especialmente após uma certa idade. Mas, além disso, é bom ter em mente que superar uma crise não é excessivamente complicado. Para alcançar um “sexo feliz” é necessário recuperar a confiança na cama, comunicar-se sexualmente e delimitar bem os limites da relação sexual. O casal não deve ser orientado pela frequência com que mantém relacionamentos, mas pelo nível de paixão que eles têm: quanto mais se entendem, mais tempo irão gastar na cama e terão mais relações sexuais de qualidade.

Gostou do artigo? Então você vai adorar as lives que acontecem todas às terças e quartas-feira no meu Facebook e Instagram. Nelas eu abordo assuntos que são de interesse de todas nós mulheres. Participe e tire as suas dúvidas. Te espero lá!

Super beijo!

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com suas amigas: